Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2005

Lança os dados!

ero9.gif


Cada vez mais homem e mulher vivem o erotismo de maneira semelhante! Cada vez mais apreciam os jogos psico-eroticos, ultrapassar barreiras, desafiar o proibido... no entanto a maneira como se estimulam é diferente, mas não incompativel.

As mulheres possuem uma sensibilidade táctil, muito mais apurada que a dos homens. Elas possuem um extraordinário erotismo cutâneo... por isso os perfumes, as roupas íntimas delicadas, os saltos altos, constituem em seu conjunto, um complexo de estímulos de altíssima carga auto-erótica.

Por sua vez, os homens, sempre se ocuparam mais com as zonas erógenas focadas pela óptica masculina: os seios, as nádegas, e a zona genital. Mas nunca se ocuparam com a pele, porque nunca lhes passou pela cabeça que fosse exatamente a pele a zona erógena feminina por excelência.

Resumindo, o erotismo masculino é mais visual, mais genital. O feminino, mais táctil, muscular, auditivo, mais ligado aos odores, à pele, ao contato...aos sentidos!



French_Box-Nicole_Kidman60 copy.jpg

Ele propos um jogo: uma venda negra e a exaltação dos sentidos! Ela aceitou impávida. Sorriu... um sorriso meigo e perverso, como que a desafia-lo. Atou-lhe a venda de seda preta, amarrou-lhe as mãos com a gravata que acabara de tirar, e deitou-a na cama... Ficou a admirá-la, silencioso, a imaginar o que faria a seguir.


Durante uma eternidade( ou seriam segundos?) sentiu-se perdida, sozinha, sem saber o que iria acontecer... tinha a boca seca, passou com a lingua pelos lábios, e mordeu o lábio inferior...como a pedir que se iniciasse o jogo!



jml_04.gif


Impressão Digital Cereza às 22:48
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
18 comentários:
De Selvagem Anónimo a 10 de Janeiro de 2005 às 23:32
O toque...essa coisa mágica...um simples roçar de pele faz estremecer o corpo...e no entanto parece tão futil! mas isto dava pano para mangas...Agora que o nosso segredo foi desvendado, ai, ai....zila
</a>
(mailto:zilapbl@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 11 de Janeiro de 2005 às 00:12
Não é por acaso que ainda ontem falava com um amigo sobre o facto de cada vez existirem mais lésbicas, e ele, dizia-me, "é natural, pois as mulheres são muito mais sensiveis em todos os aspectos, e como conhecem melhor o seu corpo tiram partido disso"..vá homens...corram arranjar uma amiga lésbica ;))deusa
</a>
(mailto:deusita@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 11 de Janeiro de 2005 às 01:19
A vida tem destas coisas.....felizmente algumas boas...tão boas q senti até o desejo de as partilhar... Aqui vai: "Vieste mais uma vez passar um fds a minha casa, e combinámos que era desta vez q irias conhecer as "minhas praias", aquelas q eu tanto te falava, q me davam o bronze q tu tanto gostavas de ver no meu corpo. Estava quase a anoitecer numa tarde de Outono q adivinhava uma noite chuvosa. Chegámos à "minha praia", o mar de uma azul acinzentado q se misturava com o céu, abraçava lânguidamente a areia...à muito tempo q não via assim o mar tão calmo....o sol espreitava entre nuvens carregadas de chuva e estava quase a esconder-se num tom vermelho fogo cheio de sensualidade q espevitava o desejo q ia-mos sentido....estivemos calados por momentos a contemplar aquele momento único de rara beleza...a praia deserta....o mar ....o pôr do sol...olhamo-nos nos olhos, foi como q faiscas se soltassem...começamos em beijos sedentos, como se fosse a ultima vez q nos beijavamos, beijos molhados carregados de desejo onde as nossas linguas se entrelaçavam numa só...encostaste-me a uma rocha...começamos aos beijos novamente e fomo-nos despindo à bruta....ficámos com os jeans em baixo....virei-me...dobrei-me para ti apoiada nas rochas... beijaste-me, lambeste e mordiscaste-me a nuca, sabias q ia ficar louca de desejo e puxaste-me os cabelos para me beijares a boca enquanto entravas em mim....sentia o teu membro escaldante... o teu hálito quente...a tua respiração ofegante...os nossos gemidos e gritos em unissono q explodiram ao mesmo tempo num orgasmo sublime. Abraçados olhámos o mar mais uma vez....nisto vestimo-nos à pressa ....desatamos a correr de mãos dadas até ao carro...Nãão, nãão estava ninguém a ver!!! começou foi a cair uma carga de água!!!! LOLOLOL Ai Cereza o q tu me fizeste lembrar!!!!! ;)))) Mas q foi bommmmmmmm foiiiiiii!!!!

MuitoMasMuitoAnónima
</a>
(mailto:sissacc@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 11 de Janeiro de 2005 às 04:23
........."não quero fazer amor ctg....desculpa,não quero fazer amor ctg.....quero amar te.....amar o teu corpo.....amar te ate ele perceber e sussura lo a tua alma....como poderia eu amar te num simples momento...e na confusão de um orgasmo dizer te palavras vãs....quero sim descobrir cada parte de ti mesmo....a sensualidade da tua boca ao misturar se com a minha transmitara a quimica que desperta na tua alma aquela sensação inexplicavel.....tocar te com os meus dedos e na descoberta da tua pele,ela se arrepiar e assim a electricidade que te percorre dar a luz para a tua alma conheçer o caminho para a minha....não quero fazer amor ctg.....seriam minutos de prazer...quero amar te eternamente...provocar na tua alma...a sensação que so as almas gemeas conheçem.....e assim veras e sentiras.....amar e fazer amor...consegue se com um simples olhar...pois os olhos são a porta da alma...e a nossa alma e uma so"heaven-hell
</a>
(mailto:heavenhell72@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 11 de Janeiro de 2005 às 04:45
um segredo que já foi revelado há milhares d anos... apenas as pessoas hoje têm muita pressa para tudo... até para o sexo. mesmo sem tocar consegue-se o desejo... e o segredo está em ter esse desjo ao máximo... depois... é deixar explodir os vulcões... a natureza ensina-nosmisterioso
</a>
(mailto:guest@sapo.pt)


De Selvagem Anónimo a 11 de Janeiro de 2005 às 09:18
Humm... sim... concordo com o texto..e com os comentários: nós os homens (sei que muitos não concordarão) estamos, geralmente, apenas atentos aqueles locais que estamos habituados a olhar, o acto sexual consiste em chegar ao orgasmo.(ponto)... mas com o tempo (e felizmente com indicações femininas - se elas próprias estiverem suficientemente avontade, ou o exigirem...ahaha) aprendemos que há muito mais a explorar... tanto no corpo belo da mulher, como no nosso próprio corpo. O aprender a espera..a sentir o toque, o provocar o arrepio, o brincar com todos os cms do corpo...o fazer que "arrancamos"... e a "travagem repentina"... sentindo a variação da respiração e alguma "impaciência" ... tornando o acto em verdadeira paixão... vontade de explosão dos sentidos!! Sim.. torna realmente a relação plena de desejo e satisfação.

Obrigado Cereza ****************

ps: numa outra altura falarei da venda ;) lolazeloM
</a>
(mailto:ruibrito@yahoo.com)


De Selvagem Anónimo a 11 de Janeiro de 2005 às 09:22
aiiii a venda azelom! lolllll
eu depois escrevo um post para ti :Pcereza
</a>
(mailto:lis_tv@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 11 de Janeiro de 2005 às 10:04
Apenas uma achega: a gravata tem que ser da Hermès lol Watergod
</a>
(mailto:a@a.com)


De Selvagem Anónimo a 11 de Janeiro de 2005 às 10:43
Custa-me considerar um erotismo dividido entre generos, espartilhado entre a terminação a e a terminação o! Se eu pudesse fundia-me em cada mulher que possuo e pela qual sou possuído, num torpor hermafrodita, plenamente. Imaginem que parte do meu exercício erótico é mesmo procurar bocados da minha amante, no meu corpo, durante o duche...um dia encontrarei algum ... acreditem , nem que seja a venda de seda com que alguma delas me vendará enquanto eu, tremendo, durante uma eternidade, me sentirei perdido, sozinho, sem saber o que irá acontecer a seguir...Maslow
</a>
(mailto:manuel_azevedo@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 11 de Janeiro de 2005 às 12:49
SEXO É BOM E MAINADA! LOLnome de sopa
</a>
(mailto:b_r_u_x_i_n_h_a1975@hotmail.com)


Ah... Comenta-me