Terça-feira, 4 de Janeiro de 2005

Maldição!

tab19 copy.jpg


Um amigo meu mandou-me este texto...pediu o anonimato, e assim farei. É uma história de amor/ódio.Quem ainda não viveu uma situação destas? Gostar e ao mesmo tempo detestar essa pessoa, sem entender bem a razão desses sentimentos contraditórios. Pode ser amor, paixão, ou amizade... a verdade é que nos sentimos a balançar entre polos opostos! Como é possivel algo tão bom, pode fazer-nos sentir tão mal.



tab_07.gif

Maldito seja o dia em que te vi,
Quando te desejei,
Quando te conheci,
Quando telefonei,
Quando saí e te encontrei,
Mesmo sabendo que era tudo um capricho da tua vaidade...



Fiz-me prisioneiro de um desejo,
Escravo de uma beleza perigosa e contraditória
Que me faz gozar com um beijo,
Mas nunca traz a certeza no final da história...



Mais uma conquista barata,
Mais uma conversa de bar,
Mais uma conserva de lata,
Consumida toda, inteira,
Lentamente, bem devagar...



Não gosto de pensar como teria sido sem ti...
Prefiro acreditar que foi coisa do destino,
Que não havia escolha possível...



Tenho saudades tuas,
Mas prefiro manter-me calado,
Para outra vez te conquistar,
Por não suportar ter sido rejeitado
Por não te ter mais ao meu lado
Para te ter nas minhas mãos e depois te abandonar...



Anónimo
(#30-50)




tab22 copy.jpg




Impressão Digital Cereza às 00:00
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
33 comentários:
De Selvagem Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 00:50
Boas noites, é um tema delicado...
Pois quando se fala de relações é sempre complicado.
O pior é quando numa relação um casal tem uma discussão ou algo parecido e depois de resolvida, ficam mais proximos.
Pois depois disso, ao verem que ficaram mais próximos, quase que teem necessidade de se odiarem e constantemente se chatearem para estarem mais proximos. Dai a relação AMOR/ÓDIO.
O "AMOR" é algo complexo e complicado.Miguel (Criador_Sonhos)
(http://apenasmaisumblog.blogs.sapo.pt)
(mailto:miguel24lx@sapo.pt)


De Selvagem Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 00:56
pessoalmente acho que neste tipo de relacção, não se consegue viver com, e não se consegue viver sem! cereza
</a>
(mailto:lis_tv@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 02:20
Cof... cof... cof... Desculpem... engasguei-me! Que ódiooooooooo!!!!!! LOLOLalic
</a>
(mailto:mceciliabpm@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 10:23



MR
</a>
(mailto:mr_mit@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 11:06
Quem é Cereza??? hihihihihihi(just joking) :P aiii!!!!! estas vidas sentimentais provocadas pelo IRC ...... no coments!!!! (se tiver enganada? digam-me sff)^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 11:49
Retive a ultima frase....Por que é que as pessoas não aceitam que o gostar e o deixar de gostar,acontece...não se consegue controlar....desde que haja verdade, tudo é natural,tudo é normal, porquê os ressentimentos??!!Cuidado,com essa ansia de magoar.....não vá o feitiço virar-se contra o feiticeiro.....marta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 11:52
Vou começar pela ^Erina^...sim há vidas sentimentais começadas no IRC, e tanto quanto sei estão muito bem. Em relação ao post, isso já aconteceu a toda a gente, e não necessáriamente SÓ a utilizadores do IRC. Já todos conhecemos alguem que nos provoque qualquer tipo de dependencia, atração fisica...chamem-lhe o que quiserem. A questão está em saber lidar com isso, e não deixar que isso se torne uma "prisão". Afastem a parte do ódio, o amor só por si faz com que a maior parte das coisas se resolva.formasdolhar
</a>
(mailto:formas_de_olhar@sapo.pt)


De Selvagem Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 12:35
Eu li bem? Nunca traz Cereza no fim da historia? :)PPWatergod
</a>
(mailto:a@a.com)


De Selvagem Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 13:06
Formasdolhar ok! não me batas :P^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 13:27
watergod, tou loira, não entendi nada!
water não fui a autora do texto (infelizmente) mas fui eu que escolhi as fotos, que estão LINDAS!cereza
</a>
(mailto:lis_tv@hotmail.com)


Ah... Comenta-me