Quinta-feira, 9 de Dezembro de 2004

O meu Segredo!



blog12.jpg

“Beba meu sangue e viva para sempre”. Recusava uma proposta destas? Os encantos da noite. Os prazeres do submundo. Uma eternidade para se divertir. Mas e a sua consciência? Aguentaria sobreviver às custas de outras vidas?
Parece deseperante, mas não é! Passo a explicar o gozo que me dá ser uma vampira... o sangue é a substância mais sublime que podemos saborear, é também a única! Ela satisfaz-nos a fome, como a fome dos humanos, mas para além disso fornece-nos uma incrivel sensação orgásmica, tal como num acto sexual, só que muito mais intenso,e muito mais poderoso. Não me recordo ter tido sexo tão extasiante quanto a pior de minhas refeições. Também não creio que qualquer outro que não de nossa espécie o tenha feito. Precisamos do sangue frequentemente para nosso sustento. Pode parecer cruel para vocês mortais, e pareceria cruel para mim mesmo se ainda fosse uma mortal, só que não podem nos culpar por isso. Somos uma espécie que luta para viver. Caçamos nossas presas assim como vocês matam bovinos, suínos e outros animais menos inteligentes para os mesmos fins.




blog10.jpgblog8.jpg




De facto somos criaturas que causamos conflitantes, de pavor e pena, mas, ao mesmo tempo, que também fascinamos por oferecermos a chance de viver ternamente.



Nós vampiros somos mestres na arte da sedução e do sexo... Recordo muitas vezes as minhas vitimas, possuidas por mim em bêcos e ruelas sombrias... Quando me olham nos olhos, já rendidas pedem-me num sofrimento extasiante, que não me arrependa de lhes dar o suave nectar da vida eterna. Ao sugar-lhes o sangue, gemem e gritam de prazer, os olhos delas pedem mais...a partir daí a mim pertencem. Não há sensação mais gloriosa, e mais poderosa!



E tudo começa num olhar...



blog9.jpgq11.jpg




Possuimos um fascínio de grande poder de sedução; seres noturnos sabemos como ninguém usar a magia e o encanto da noite, prometendo a vida eterna. Assim, é difícil resistir à sedução do vampiro.
Quando encontramos alguem que nos agrade, procuramos olhar fixamente nos olhos dessa pessoa para que os nossos poderes paranormais penetrem no seu inconsciente... Ao dormir, passam a ter sonhos eróticos conosco... sendo que tais sonhos permanecerão por alguns dias, até que cedo ou tarde, a vítima nos convide para a sua cama, onde nos envolvemos em intensos e sangrentos actos sexuais.



q02.jpg




As orgias também são do nosso agrado... Porque temos o poder de nos tornarmos em criaturas com as mais estranhas formas, é comum nas orgias vampirescas ocorrerem relações envolvendo seres grotescos e medonhos, portadores de garras afiadas e aberrações eróticas.
As nossas histórias envolvendo rituais orgiásticos são inúmeras... através dos nossos poderes telepáticos e hipnóticos, conseguimos atrair dezenas de pessoas para sombrias localidades, onde estas debruçam-se em extasiantes orgias. No fim destas maratonas sexuais escolhemos algumas para saciar a nossa sede. Somos portadores do desejo e da promessa da vida eterna através da comunhão pelo sangue e pelo sexo, rondamos as mentes e a imaginação, libertando as fantasias do desejo e da imortalidade.



Ja o meu amigo Sigmundo Freud estudou estes sonhos eroticos com a nossa espécie... e segundo a sua interpretação, significam um desejo obssessivo de posse sexual chegando ao extremo de um parceiro querer incorporar o corpo de seu amante. Ele complementa afirmando que para esse estado ser superado é necessário que o indivíduo passe a manter relações sexuais anormais e abundantes para saciar essa ansiedade voraz... Inteligente este meu amigo Freud... sim, ainda vive...mas no nosso mundo... numa noite de extase, alimentou a minha sede, e conquistou a vida eterna. Continua a estudar o comportamento... mas agora dos vampiros!



blog13.jpg




A nossa imagem mudou com o passar do tempo... deixamos de ser aquelas criaturas feias, que se escondem de tudo e todos, para nos tornarmos numa bela, e explendida espécie.
Outra amiga, a escritora Anne Rice (que por acaso, também vive entre nós) foi a responsavel por essa transformação...quando escreveu Interview with the vampire (Entrevista com o vampiro), trouxe para o mundo, um universo absolutamente romântico onde vampiros deixavam de ser criaturas malévolas e sanguinárias e passaram a ser mais humanas, repletas de beleza, desejos e paixões conhecidas dos humanos junto com a capacidade de uma vida eterna para viver, errar ou acertar, buscando experimentar tudo o que a vida pode oferecer, de forma absoluta.
Tom Cruise e Brad Pitt são a prova da beleza vampirica...A atracção entre ambos, mostra que não escolhemos sexo... existe é desejo... homem ou mulher, tanto faz!



blog5.jpg



Os sitios onde vivemos são fascinantes, temos um gosto requintado...Os palácios e castelos abandonados são a nossa primeira escolha!As paredes de pedra,o veludo vermelho sangue que cobre a cama,os candelabros gigantescos com centenas de velas que reproduzem as sombras da nossa alma. É aí que damos asas á nossa imaginação com as mais recentes presas.



Ao vê-los entrar no meu sumptuoso templo, por vezes sinto-me como uma rosa tingida de vermelho escarlate, que cai sozinha na noite, e com os meus espinhos aprisiono e abraço dando vida novemente... É um estranho e sedutor feitiço... um suave e profundo beijo nas Trevas da vossa mortal e fraca alma...Depois nunca mais se esquecerão de mim, vivam eles 1000 anos, uma eternidade!



BLDROSE.gifblog1.jpg

Por isso agora vos ensino:
O que fazer se levar uma dentada minha, ou de qualquer outro vampiro? Relaxe e goze. Aceite o facto, e prepare-se para um mundo novo, cheio de novidades. Terá vida eterna. Mas cuidado: tem sempre um caça-vampiros neurótico á sua espreita,cheio de frustrações na vida... louco para te enfiar a estaca no coração.... por isso é preciso ser discreto e andar sempre pelas sombras, mas tem as suas vantagens....não se envelhece, não se fica doente, não há ressacas...e a noite torna-se numa festa... eternamente!



vamp1.jpg

E agora, mind if I drink Your blood?




across2.gif

Impressão Digital Cereza às 23:30
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
23 comentários:
De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 00:59
realmente as historias de vampiros são fascinantes....e em todas elas a uma preocupação de todo e qualquer promenor ser levado ao limite da beleza.....essas historias sempre me prenderam.....e nelas sempre gostei de me deixar levar......tamanha e a beleza nelas inseridas que os nossos pensamentos extasiam se pela viagem nos limites da fantasia..talvez ate nem seja fantasia.....mas o reflexo das historias vampiricas e talvez um submundo que todos gostavamos que existisse......!heaven-hell
</a>
(mailto:heavenhell72@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 01:21
Vampiros... penumbra... trevas... imortalidade pelo sangue... criaturas fantásticas que tanto sentem repúdia pelos humanos, como interesse pelos mesmos. Afinal, somos o seu "gado"...
Seres tão parecidos conosco fisicamente, mas completamente diferentes a nível psicológico. Quase amorais. Se é que não o serão totalmente.
Fascinantes? Sempre.
Temidos? Também... Porém, a tendência será sempre para os acharmos tão interessantes, ao ponto de querermos ser como eles.
Contraditório? Sim, é... porque teríamos pudor em alimentarmo-nos do que já fomos... por outro lado, a tentação da imortalidade, do "jovem e belo" para sempre, seduz-nos bastante.
O que escolher?
Provavelmente, a segunda hipótese... e depois, todo e qualquer pudor desapareceria.
Sim, é algo que também me fascina, já desde muito novita. Li algumas coisas sobre o assunto e creiam que, deveras interessante.
Gostei do que escreveste, Cereza. Poderei complementar com outras coisas. Gostei muito das imagens que escolheste. Uma delas é de Luis Royo, certo? Adoro.Queen_Akasha
</a>
(mailto:naoseinaodigo@nada.pt)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 10:08
Ensandeceu de vez..... loolllll
Apesar disso o texto está muito bom e as fotos ao nível de sempre.
Mas realço que estás realmente louca! lolWatergod
</a>
(mailto:a@a.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 11:23
Bem!!!Fantástico...Nem sei o que dizer??!!Talvez pegando nas tuas palavras..´existe é desejo`e lembre uma coisa simples...o desejo de um abraço......bem dado....apertado....colado....marta
</a>
(mailto:matarax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 12:03
Cereza!!!! o texto está brilhantemente sanguinário!!!! adorei!!!!!!!e tinhas de escolher aqueles vampiros Tom Cruise e Brad Pitt, ai jasus!!!! mordam-me!!! mordam-me!!!! ehehehehehe. ^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 12:19
Erina não posso ser eu a morder??? lolllllcereza
</a>
(mailto:lis_tv@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 14:23
Cereza!! não desfazendo... mas morder por morder que seja o Tom Cruise ou o Brad Pitt ou os dois!!!! Ups!!!LLLLLLOOOOOLLLLLLLLLL. Watergod o que tu não davas por uma dentadinha vampiresca??? vá confessa a tua loucura!!! ahahahahahahah^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 17:33
É um daqueles temas que fascinam e chocam, claramente a toda a vertente mitica que estas "lendas" trzem consigo ... Qualquer historia de Vampiros, acaba por trazer consigo relatos de drama e horror, deixando quase sempre "oculta" a parte do romance que ela procura transmitir... De todas as historias que conheço, o "monstro" é descrito como um ser sem escrupulos, esfomeado e sedento por sangue, mas que acaba por revelar a sua face quando colocado frente a frente com a sua paixão ... Sangue dá vida, Amar é viver ...Fonz
</a>
(mailto:malcato@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 20:22
Bem...vampiros...não...mas se for um vampiro em forma de Santana Lopes...para puder morde - lo pelas maldades que anda a fazer no nosso País...
Cereja mais uma vez um texto bem conseguido....parabéns Miuda.Ines
</a>
(mailto:menalmeida@netcabo.pt)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 22:29
PARABÉNS!
Cereza, és uma escritora de se lhe tirar o chapéu :) É o melhor que já li num blog.

boavisteiroboavisteiro
</a>
(mailto:boavisteiro@portugalmail.pt)


Ah... Comenta-me