23 comentários:
De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 00:59
realmente as historias de vampiros são fascinantes....e em todas elas a uma preocupação de todo e qualquer promenor ser levado ao limite da beleza.....essas historias sempre me prenderam.....e nelas sempre gostei de me deixar levar......tamanha e a beleza nelas inseridas que os nossos pensamentos extasiam se pela viagem nos limites da fantasia..talvez ate nem seja fantasia.....mas o reflexo das historias vampiricas e talvez um submundo que todos gostavamos que existisse......!heaven-hell
</a>
(mailto:heavenhell72@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 01:21
Vampiros... penumbra... trevas... imortalidade pelo sangue... criaturas fantásticas que tanto sentem repúdia pelos humanos, como interesse pelos mesmos. Afinal, somos o seu "gado"...
Seres tão parecidos conosco fisicamente, mas completamente diferentes a nível psicológico. Quase amorais. Se é que não o serão totalmente.
Fascinantes? Sempre.
Temidos? Também... Porém, a tendência será sempre para os acharmos tão interessantes, ao ponto de querermos ser como eles.
Contraditório? Sim, é... porque teríamos pudor em alimentarmo-nos do que já fomos... por outro lado, a tentação da imortalidade, do "jovem e belo" para sempre, seduz-nos bastante.
O que escolher?
Provavelmente, a segunda hipótese... e depois, todo e qualquer pudor desapareceria.
Sim, é algo que também me fascina, já desde muito novita. Li algumas coisas sobre o assunto e creiam que, deveras interessante.
Gostei do que escreveste, Cereza. Poderei complementar com outras coisas. Gostei muito das imagens que escolheste. Uma delas é de Luis Royo, certo? Adoro.Queen_Akasha
</a>
(mailto:naoseinaodigo@nada.pt)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 10:08
Ensandeceu de vez..... loolllll
Apesar disso o texto está muito bom e as fotos ao nível de sempre.
Mas realço que estás realmente louca! lolWatergod
</a>
(mailto:a@a.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 11:23
Bem!!!Fantástico...Nem sei o que dizer??!!Talvez pegando nas tuas palavras..´existe é desejo`e lembre uma coisa simples...o desejo de um abraço......bem dado....apertado....colado....marta
</a>
(mailto:matarax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 12:03
Cereza!!!! o texto está brilhantemente sanguinário!!!! adorei!!!!!!!e tinhas de escolher aqueles vampiros Tom Cruise e Brad Pitt, ai jasus!!!! mordam-me!!! mordam-me!!!! ehehehehehe. ^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 12:19
Erina não posso ser eu a morder??? lolllllcereza
</a>
(mailto:lis_tv@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 14:23
Cereza!! não desfazendo... mas morder por morder que seja o Tom Cruise ou o Brad Pitt ou os dois!!!! Ups!!!LLLLLLOOOOOLLLLLLLLLL. Watergod o que tu não davas por uma dentadinha vampiresca??? vá confessa a tua loucura!!! ahahahahahahah^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 17:33
É um daqueles temas que fascinam e chocam, claramente a toda a vertente mitica que estas "lendas" trzem consigo ... Qualquer historia de Vampiros, acaba por trazer consigo relatos de drama e horror, deixando quase sempre "oculta" a parte do romance que ela procura transmitir... De todas as historias que conheço, o "monstro" é descrito como um ser sem escrupulos, esfomeado e sedento por sangue, mas que acaba por revelar a sua face quando colocado frente a frente com a sua paixão ... Sangue dá vida, Amar é viver ...Fonz
</a>
(mailto:malcato@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 20:22
Bem...vampiros...não...mas se for um vampiro em forma de Santana Lopes...para puder morde - lo pelas maldades que anda a fazer no nosso País...
Cereja mais uma vez um texto bem conseguido....parabéns Miuda.Ines
</a>
(mailto:menalmeida@netcabo.pt)


De Selvagem Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 22:29
PARABÉNS!
Cereza, és uma escritora de se lhe tirar o chapéu :) É o melhor que já li num blog.

boavisteiroboavisteiro
</a>
(mailto:boavisteiro@portugalmail.pt)


Ah... Comenta-me