Segunda-feira, 22 de Novembro de 2004

Destinos!

Ás vezes o destino tem destas coisas. Estava eu no Irc, e subitamente começa a piscar uma janelinha de pvt. Era o Antimateria do #30-50, a dizer-me que tinha no Blog dele um texto que gostaria que eu visse. Claro fui lá logo, e li um lindo texto sobre uma Cereja, e o ciclo natural da vida... nem a proposito, como hoje faço anos, (sim, sou escorpião) pensei que seria uma maneira agradável de marcar esta data... por isso deixo aqui o texto dele, que é lindissimo, e o link para o respectivo Blog.




008-looooooo-thumb.jpg


Cereja


Uma cereja escarlate repousa no cimo de uma pedra. Perguntou aos céus, gritando, se seria sedutora. Um melro, atraído pela esplendorosa visão, bicou-a em plena voo rasante. Foi a resposta à sua pergunta.

Uma cereja escarlate, despedaçada repousa no chão, perdida pelo bico de um melro precipitado. Perguntou aos céus, gritando, se ainda seria útil. Uma larva, atraída pela esplendorosa visão, comeu a polpa carnuda restante, deixando apenas o caroço. O caroço, não perguntou nada aos céus porque os caroços de cereja não falam, mas, germinou e deu início à formação de uma bela cerejeira.

Os anos passavam. Foi constantemente cuidada e podada por um empreiteiro florestal. Desenvolveu um fuste ímpar na grossura, elegância e verticalidade. Ao fim de 50 anos era uma árvore exímia. Nunca dera frutos porque o seu código não lhe tinha destinado essa tarefa. O engenheiro florestal recebeu uma boa proposta pelo seu abate. A árvore foi abatida. O seu cerne era avermelhado. Era nobre.

O tronco dividiu-se em toros de aproximadamente três metros de comprido. Foram transportados por um tractor até à serração mais próxima. Na serração, depois da estufa e cozedura, foram serrados em lâminas para forrar portas. Embelezou centenas de portas em centenas de casas. Milhares de pessoas olharam para ela. Quase todas olharam sem reparar nela. Uma minoria olhou atentamente os seus antigos vasos condutores. Uma cereja.



posted by Gradiz
http://ersgc.blogspot.com





028-lppppp-thumb.jpg



Impressão Digital Cereza às 09:29
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
11 comentários:
De Selvagem Anónimo a 22 de Novembro de 2004 às 10:08
Em primeiro lugar muitos parabéns,que contes muitos mais e desejo que te divirtas bastante neste dia tão especial!
Em segundo lugar o texto está lindissimo...
bjos,
fica bembarmaid
(http://www.barmaid.blogs.sapo.pt)
(mailto:jjnb@sapo.pt)


De Selvagem Anónimo a 22 de Novembro de 2004 às 11:29
Parabéns Cereza, do Maslow

O Anti-Matéria é uma pessoa muito especial. Não sei se devo dizê-lo impunemente mas ele tem uma alma que se identifica com a essência mais pura da identificação com os "ciclos" naturais. Está, ele proprio, a reconstruir um espaço que contém muitos desses ciclos, desde o ciclo da água até ao ciclo da paisagem humanizada no que ela tem, ainda, de mais extraordinário e puro, no casamento perfeito entre o Homem e o seu espaço natural.

Um enorme bem haja, Anti-Matéria.

Em relação aos dias de aniversário, eu acho que a melhor homenagem que podemos prestar é sempre desejar o que sempre desejo. Que seja o primeiro de todos os dias mais felizes das vidas das pessoas que apreciamos, respeitamos, amamos, enfim.

Decerto, és alguém com imensa sorte, porque no teu "Dia" , não faltam pessoas que o fazem, e que o fazem sinceramente. Um beijo.Manuel
</a>
(mailto:Manuel_azevedo@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Novembro de 2004 às 11:41
PARABENSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1Absurdo
</a>
(mailto:HugoMiguel21@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Novembro de 2004 às 11:42
I have a pen, my pen is blue... I have a friend, my friend is YOU!!!
Epah o texto tá bonito, de certa forma triste mas retrata o q um dia acontecerá a todos. Parece-me uma metafora interessante. Por outro lado, a esta hora da matina tou todo queimado cerebralmente para entender completamente as coisas LOOOL!
CEREZAAAA PARABENS!!! FELICIDADES!!! :DFonz
</a>
(mailto:malcato@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Novembro de 2004 às 12:39
É claro que eu não poderia de vir desejar um dia muito feliz para esta super kida!!!! PARABÉNS CEREZA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Novembro de 2004 às 12:48
É claro, que eu também não poderia deixar de vir desejar um dia muito feliz, para esta super Kida!!! PARABÉNS!!!!!!!!!!!! CEREZA!!!!!!!!!!!!!!!!! (a palavra "deixar", metade ficou pelo caminho, desculpa!!!, hoje tb não estou nos meus dias) ************************** diverte-te muito!!!!!!!!!!!!!!!!!!!^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Novembro de 2004 às 13:01
Deixo aqui os meus votos de que este seja um dia muito feliz e que continues com o espirito repleto de esperança......tal como conta o Anti-matéria, a essência(o caroço)é o que está dentro de nós....e isso, é o maior bem que nós temos....Continua assim Cerezita...Um enorme beijo para ti.----------------------------------------------------------A ti Antimatéria,quero dizer-te q o texto está simplesmente magnifico,obrigada por o teres partilhado comnosco.bijocas------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------marta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Novembro de 2004 às 14:06
Cereza...ñ nos conhecemos pessoalmente mas ñ preciso de o fazer para saber que do outro lado está uma excelente pessoa. Desde o nosso primeiro contacto (estás relembrada?) que depositaste confiança em mim.Muitos dos segredos que então se contaram continuam aqui bem guardados dentro de mim. Desejo que este dia feliz e especial para ti se comemore durante muito tempo e que todos em conjunto possamos estar com saúde para estarmos a teu lado. Beijinhos nina ...Parabens mulato25_
</a>
(mailto:valterlucena79@mail.pt)


De Selvagem Anónimo a 22 de Novembro de 2004 às 16:03
Parabéns Míuda! :)Joaquim Varela
(http://desblogeadordeconversa.blogspot.com)
(mailto:jnvarela@mail.telepac.pt)


De Selvagem Anónimo a 24 de Novembro de 2004 às 07:37
Bom dia. Antes de mais, agradeço os elogios de todos e o interesse da Cereza no meu devaneio. Deixo-te aqui os meus parabéns tardios. Gosto muito de ti. Estive a pensar e existe uma grande tendência na minha vida, para adorar pessoas que entram nela de forma brusca. Tu és muito querida. Quanto ao meu texto, nada de especial a comentar. Um fim um bocado abrupto, gosto da semi-repetições iniciais e acho que a mistura entre a fantasia e a tecnica, proporciona uma espécie de portal temporal. A alteração do design do blog, tornou-o um bocado mais pesado mas, ao mesmo tempo dá um look moderno e de tecnologia avançada. Um abraço para todos. Ed.AntimAteriA
(http://www.ersgc.blogspot.com)
(mailto:gradiz@gradiz.com)


Ah... Comenta-me