Terça-feira, 24 de Janeiro de 2006

Comentário ao Conto

Obrigada a todos pelos comentarios aquela "coisita" que eu escrevi, Lol. Mas gostei especialmente do comentário do Suicidal Kota, e acho que sinceramente deve ser comentado!

Entretanto já tinhamos falado em fazer um conto "a várias" mãos... Penso que aquele que escrevi serve perfeitamente para começar. Quem quiser pode pegar nas minhas últimas palavras e escrever o segundo capitulo!

Para já tenho de pouco a pouco ir juntando os posts para fazerem sentido. Quando passarmos para uma "casa" só nossa... aí sim teremos um local só para o conto.

Entretanto quero que saibam que vamos ter muitas outras iniciativas! surpresaaaa!

Já agora, só mais uma coisa... podem começar a mandar os vossos textos, pq para ter um blog diário... não há criatividade que resista!





she.jpg



Enquanto o regojizo de uns é a impaciência de outros... como se tratasse de uma maldição! Raios e coriscos grita a alma por dentro ao ver um corpo nú, isento de movimentos bruscos.



Ora vem outra possessão, e mais uma e mais uma até se chegar ao limite de uma ruptura física! Corpos humanos à luz de uma noite que só de si marca a magia e as trevas. A batalha do amor e da paixão é eterna e jamais deixará de atormentar almas mortais. Apesar de a dor ser aliviada por breves instantes... esta mesma dor percorre nas veias de quem deu e ofereceu a nós nesse instante.



Mais uma laceração de uma adaga que mais parece uma guilhotina em constante trabalho. De luzes cinzentas e manchas coloridas de aguarelas na alegria e no calor da noite, no regojizo pessoal e bilateral... à frieza ensanguentada de um punhal em fúria durante um instante por mera ganância. Manchas estas de um brilho negro a um luar, que de dia se tornam num vermelho seco.





him.jpg


Suicidal Kota


Impressão Digital Cereza às 23:22
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
15 comentários:
De Selvagem Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 02:58
Por dentro se rasga a minha alma de tanto sofrer, por fora se rasga o meu ser de tanto doer. Tu que habitas no meu ser, Tu que me fazes renascer, Tu que me fazes sorrir, Tu que me fazes chorar, Tu que me fazes sonhar...... Sempre mas sempre TU......................Carlos Murat
</a>
(mailto:carlos.murat@clix.pt)


De Selvagem Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 03:20
ahah, pois.. quando eu escrever alguma coisa que ache digna de postar no meu blog... eu apito. ou n seria preferivel uma coisa diferente? talvez... vou pensarPauloTiago aka [M]orcego
(http://caderno-de-apontamentos.blogspot.com/)
(mailto:paulo_tiago_s@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 11:52
Eu ando sem jeito para comentar estas coisas!!!Será que tenho os pés no chão,ou será que morri!!!??....AAAAIIIIII!!!Um jiiiinho pa ti Kotamarta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 13:19
As fotos estão lindas, mas.... n deveria ser a aranha com o homem e o escorpião com a mulher??!!! PatanisKa
</a>
(mailto:sissacc@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 14:42
Marta! tu ainda andas sem jeito para comentar estas coisas, agora eu estou pior, porque não tenho mesmo jeito :( que raiva!!!! e que inveja!!!! ^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 15:13
Pronto, pronto...outra sem inspiração!!! Então com um texto destes tão sensual e apaixonado, e com um erotismo... :))) lua
</a>
(mailto:ermelinda_1955@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 15:33
AIIII raio das mulheres!cereza
</a>
(mailto:lis_tv@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 15:52
Não é preciso muita inspiração para comentar este pos/comment! Basta deixar-nos envolver na historia! É simples! Cada desenvolve o que lhe vai na alma!Suicidal_kota
</a>
(mailto:cromokamikaze@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 15:53
Tenho essas imagens como fundo neste computador! Fazendo um dois em um e comentando dois comentários, deixo umas palavras do Sade. São as dele porque eu não tenho muita imaginação a comentar estes assuntos, mas bem poderiam ser as minhas... "Somos tão culpados por seguirmos os nossos impulsos primitivos, como o Nilo pelas suas cheias ou o mar pelas suas ondas"; "apurei os meus desvios com argumentos; não me limitei a parar quando encontrei a duvida; derrotei, desenraizei e destrui no meu coração tudo que pudesse interferir com o meu prazer".vanessa
</a>
(mailto:mina_aeternus@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 16:55
bem... anda tudo sem jeito..que direi eu.. weeelll isto ta a ficar tipo..antecipação cientifica.. a Vanessa é que disse umas coisas acertadas.. lolIdeiasAvulso
(http://2)
(mailto:IdeiasAvulso@hotmail.com)


Ah... Comenta-me