19 comentários:
De ANA a 24 de Abril de 2011 às 15:39
Todas as minhas palavras, são muito poucas para reconfortá-la, o que lhe posso dizer? força e coragem é o que não tem faltado, o que me transtorna nesta sua história de vida é que já se esteve tão próximo de Pedro, as pistas já nos levaram tão longe, e nada... recordo que para o caso da Joana, como nada tinha a ver com poderosissimo lobi dos pedófilos, fizeram da mãe da Joana um saco de pancada até ela confessar, que pena não terem feito o mesmo a quem já se provou ser cumplice deste caso, para que pudessu confessar o que sabe até à exaustão, é nojento brincarem com vidas humanas, com inocentes e não o fazerem inocentemente, esta rede é suspentada por gente do poder, é por isso que nada se sabe nem a muitos interessa saber... penso que deveria explicar até onde conseguiu ir, muita coisa as pessoas não sabem, não sabem que este não foi mais um caso banal... foi um caso que só não se foi mais longe porque não se quis, explique o que ficou por fazer e nós vamo-nos encarregar de fazer as petições que forem necessárias para que este caso não seja esquecido... Beijinho


De alice a 12 de Fevereiro de 2011 às 00:55
Não podemos deixar o caso cair no esquecimento...

Acho que devemos todos dar uma ajudinha para que o caso seja relembrado por todos novamente.... façam comentários, enviem pedidos para os meios de comunicação social.... arranjem contactos se for preciso, façam uma petição ou divulguem se já houver alguma... mas façam alguma coisa!! Eu não tenho visto nada a ser publicado ou falado nesse sentido nos meios de comunicação... Passou mais um aniversário do Rui Pedro, dia 28 do mês passado, e ninguém falou disso por aqui! Quando se faz pesquisa no google, por exemplo, sobre o nome Rui Pedro, aparece um tal de Rui Pedro Soares e também o Rui Pedro Mendonça, mas os resultados são sempre os mesmos, não há nada de novo....porquê?? Vamos lá todos dar uma ajudinha para que este caso volte a ser lembrado por toda a gente!!!


De Bela a 25 de Fevereiro de 2010 às 20:50
...somos um País de 3º Mundo, doa a quem doer ainda estamos na idade media.
A nossa policia nao tem meios p trabalhar em casos como este, nao interessa ao Governo dar essas infraestruturas á PJ...nunca sabem o dia de amanha, teem medo que isso um dia se volte contra eles!Agora custa me saber que no mundo inteiro nao houvesse alguem que visse o Rui Pedro algures...á sempre um canto no mundo,mas tambem ha sempre uma pessoa vizinha,um estranho que possa ver esse miudo...onde estará esse jovem? Quem o terá levado? sao perguntas tao banais,mas sem resposta...Talvez um dia volte...Que volte, para bem daqueles pais, que sofrem com a incerteza em relação ao filho...é uma dor tremenda concerteza!


De Selvagem Anónimo a 16 de Setembro de 2007 às 20:14
Sempre que se fala no rui Pedro( no meu meio de trabalho e familiar) e são algumas, fico a pensar na tristeza na infelicidade que se alojou na sua familia. Esta semana uma colega de trabalho que vem de comboi de Valongo para o Porto, falou na hora do almoço que tinha visto a mãe do Rui no Comboio e que veio triste e comovida com o se ar triste. Hoje essa mesma colega enviou-me o site do Ruii Pedro assim como um pequeno texto de desabafo sobre o que sente quando olha para a D. Filomena quando a vê no referido transporte.
Será que a nossa policia fez tudo , ou está , ou melhor, ainda poderá fazer mais do que tem feito?
Será que toda esta confusão da menina inglesa não deveria ter sido usada no caso do Rui?
Houve assim tanto empenho?
Houve buscas suficientes?
Houve procura de ADN No carro desse tal Afonso?Será que é necessário ser estrangeiro, para ter a ajuda total das nossas entidades?
Hoje chorei ao ler o relato desta mãe que não sabe do seu filho.
Como estará esta criança longe da sua familia?
Peço a Deus que dê força a esta familia, a esta mãe que deve ter o coração aos bocadinhos.



De anónima a 15 de Novembro de 2011 às 05:00
Que palavras confortarão uma mãe que, de um dia para o outro, deixou de saber do seu filho??? Por mais que queira, não sou capaz de encontar tais palavras! Estou consigo nas suas orações! Deus é grande. Confie n'Ele! Não perca a esperança!
Beijinhos de uma amiga!


De Alguem dos tempos da Maddie a 11 de Agosto de 2007 às 22:56
É lamentável que Portugal apenas tenha memoria enquanto as capas de noticias existem e depois tudo se desvanece tal como desaparecem inumeras crianças. O Rui Pedro foi mais uma e apenas nos lembramos dele (e de outras mais crianças) quando novamente uma outra desaparece. E não pode ser assim! Não pode o desaparecimento actual de uma criança fazer-nos lembrar das crianças já anteriormente desaparecidas para somente aí voltar ao de cima toda a nossa revolta. É preciso lembrarmo-nos disto constantemente e revoltarmo-nos todos os dias pela situação que temos. Se os pais destas crianças não se esquecem, Portugal também não se deveria esquecer e nós, portugueses, não deveriamos apenas ajudar os de fora mas sim pais e mães como o de Rui Pedro.


De Selvagem Anónimo a 20 de Outubro de 2004 às 23:26
Tenho esperança que ele apreça um dia a porta de seus pais...para si Filomena toda aforça do mundo e um bem haja!ines-33
</a>
(mailto:menalmeida@netcabo.pt)


De Selvagem Anónimo a 20 de Outubro de 2004 às 23:38
O pior de tudo isto é que não é a unica criança desaparecida... Mais não digo porque nem consigo explicar o que sinto com tudo isto.falco
</a>
(mailto:nospam@nospam.nospam)


De Selvagem Anónimo a 22 de Outubro de 2004 às 13:37
a pedofilia em portugal tornou-se uma praga. imagino a dor dessa mãe que não sabe onde está o filho há tantos anos... e o pior é que vão sempre aparecendo pistas, o que torna a dor ainda maior.
o rui pedro agora com 17 anos, já não é o mm rui pedro que ela viu partir. uma criança que sofre estas toturas nunca mais será uma pessoa equilibrada. Força Filomena.Bently
</a>
(mailto:bently@yahoo.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Outubro de 2004 às 14:44
Caramba... Vinha eu tão bem disposto do almoço...Joaquim Varela
(http://desblogeadordeconversa.blogspot.com)
(mailto:jnvarela@mail.telepac.pt)


De Selvagem Anónimo a 22 de Outubro de 2004 às 23:42
realmente isso é mesmo triste, crianças k desaparecem e provavelmente nunca irão aparecer.
nem sei que genero de pessoas fazem tanto mal ás pobres crianças, elas não fazem mal a ninguém. é isto que me faz ter medo de algum dia de ter filhos. espero que ele apareça para dar paz de espirito a mae, que já sofreu tanto. seja lá onde ele estiver espero bem que esteja bem la
</a>
(mailto:lalanunes@sapo.pt)


Ah... Comenta-me