4 comentários:
De Carlos Gomes a 17 de Abril de 2006 às 16:15
A política externa dos Estados Unidos teve altos e baixos ao longo da hisatória...E agora está descaradamente a bater no fundo...

Sim senhor, o Saddam era um ditador da pior espécie, capaz de matar a sangue frio e dizimar comunidades inteiras, como fez no Curdistão, por exemplo...Então porque é que o George Bush pai equipou as forças armadas iraquianas com material do melhor para a guerra Irão-Iraque, que durou 8 longos anos (1980-88) e que o Irão equilibrou à custa do sacrifício de milhões de vidas?

Ok, o Iraque tem petróleo a rodos...E isso justifica de algum modo destruir um território e humilhar ainda mais populações (sim, humilhar, porque apesar de ser uma população muito devota a um insano fanatismo religioso, merece respeito, coisa que os EUA não sabem o que é, evidentemente...) que já pouco têm de comer? E ainda para mais para satisfazer apenas a voracidade de meia dúzia de grandes empresas que só olham para o umbigo...(São conhecidas as ligações do vice-presidente Dick Cheney a pelo menos uma dessas empresas).

Tenho tristemente de constatar que o despudor atinge o seu auge...


De Marco Neves a 12 de Abril de 2006 às 14:03
Bem.. a politica internacional dos "americas" sempre foi um mimo, nada de novo. Quando oiço o menino Bush afirmar que Deus lhe disse para atacar os mauzão do Saddam... bem, aos fulanos das torres gémeas foi Alá. Isso de se desculparem numa entidade divina e criadora (também destruidora) é fácil. Lembrei-me agora de uma passagem da BD Calvin & Hobbes em que o puto dizia acreditar que as estrelas é que comandavam o destino. Porquê? Porque assim livrava-se de qualquer responsabilidade dos seus actos. Bom, vendo bem as coisas... ao menos os islâmicos têm as 70 virgens à espera. Que seja mentira mas é um excelente estimulo e deveras aliciante, não? Parte-se do principio que cada parte julga ter a razão e cada qual com as suas convicções etc etc e tal. Bolas, que chatos! Continuem a brincar com os fósforos... rebentem-se uns aos outros pronto! Usem o próprio terrorismo do modo mais conveniente. Será um grupo de resistente um bando de terroristas? E porque motivo o fazem? Digo-vos, muitas vezes sou terrorista. Já agora vejam este link se quiserem. É quase como ir às compras: http://www.tkb.org/Home.jsp


De marta a 12 de Abril de 2006 às 12:05
O que temos? De um lado a administração de George W. Bush,a considerar
o presidente iraniano como um Adolf Hitler em potencial.
Do outro a miséria extrema,de uma população no limite...
Se acontecer um bombardeamento ao Irão,será inevitável uma reacção em
cadeia,de ataques contra os interesses dos cidadãos Americanos.
Resumindo:quem se lixa é o mexilhão!!
(Não tenho feitio para pensar nesta coisas,fico revoltada,
e sinto-me frustrada...)
Se fossem as mulheres a mandar,talvez houvesse mais paz no mundo!!!
Tenho DITO!!!E não me provoquem!!! LLoLL....já basta a pataniska!!!;))


De PatanisKa a 12 de Abril de 2006 às 08:41
Bem....Vou de Fériasssssss, espero q o único terrorrista q haja para onde eu vou, seja o filho do vizinho do lado, q teima em fazer birras e acorda o pessoal todo logo pela manhã!!!!! Ahhh....roam-se de inveja, meninas.....vou a banhos!!! ahhaahaahah Beijos para todos os paineleiros e até qualque dia....!!!!! :))))))


Ah... Comenta-me