Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2006

Venus e Marte



10women_18 copy.jpg legs copy.jpg



Em tempos lembro-me ter lido (talvez no livro: “As mulheres são de Venus e os Homens são de Marte”) algo como “a comunicação não é aquilo que se diz, mas sim o que o outra pessoa entende”

Nada mais verdadeiro! Senão vejamos:
Quantas e quantas vezes vezes as pessoas percebem de maneira errada o que de facto queremos dizer... Agora imaginem isto entre um homem e uma mulher, ou melhor... um casal. Chega a ser um caos!

Quantas vezes não “torcemos e reviramos” as palavras de maneira a que tenham o sentido que nós queremos.

Ficamos a pensar... o que será que ele/a quer dizer com aquilo? Hmmm se calhar é isto.. na... parece mais aquilo! Bolas que confusão!

E sabem porque? Porque homens e mulheres falam “linguas” diferentes! O ideal seria haver um dicionário Mulher – Homem / Homem – Mulher. Isso sim, facilitava muito a vida a muita gente.

O grande problema é o barulho... acreditem! Na comunicação entre eles e nós há sempre ruído.. até podem ser ruídos apaixonados, mas não deixam de ser ruídos!

Sabem porquê?

Eles dão mais importancia ao trabalho, aos casos do dia a dia. São mais directos e pouco faladores.

Nós não, preocupamo-nos mais com os relacionamentos, com o amor e o dialogo.
Gostamos de falar, ter longas conversas e ajuda-los! Para eles: RUÍDO!

Já reparam num homem stressado e enervado? Metem-se na "concha", e de lá não saem, nem por nada! Amuam. ( Ai onde é que eu já vi isto!? )

Sabem qual é o segredo? Deixem, não liguem, basicamente borrifem-se!
Se tentamos conversar e ajudar, para eles: MAIS RUÍDO!

A não ser que deem o conselho, de maneira a que eles pensem que a ideia foi deles! Isto é extremamente importante! Nunca se esqueçam de os levar pela mão sem eles se aperceberem! É que o ego deles precisa de ser constantemente elevado!

Já nós, apenas queremos falar, falar... claro que nem sempre temos paciência para ouvir aqueles sons que eles transmitem... tipo: “hum hum”, “claro”, “sim”, “a sério?”
E aí?
Claro enervamo-nos e matraquiamos! Para eles: RUIDOOOO!

Meus senhores, digam-me, isto é assim tão dificil de entender? Afinal quem complica as coisas? É que basta falar!

AH, mas mesmo assim vocês adoram-nos certo?



She makes me think of lightning in skies
(Her name) She's sexy!!
How else is God supposed to write
(Her name) She's sexy!!
Move, she wants to move
But you're hogging her, you're guarding her
She wants to move (she wants to move)
She wants to move (she wants to move)
But you're hogging her, you're guarding her (damn!)



Mister! Look at your girl, she loves it!
(Look at her) I can see it in her eyes
She (come here babe) hopes this lasts forever, Hey!!



Impressão Digital Cereza às 01:50
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
28 comentários:
De Edson Mattos a 19 de Dezembro de 2007 às 02:01
Então desse texto tiramos que as mulheres não tem paciência pra ouvir, só pra falar... Interessante.


De Selvagem Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 02:33
Este texo tá muito engraçado tá tá... Quanto a mim um bocado femeninista xissa.... Eu quando me xateio n sou nada assim, pondero as coisas e berro, ou n fosse eu do signo touro, e se tiver razão ainda é pior.. Mas voces conseguem ser mais xatas ainda que nós, mas muito mais, e depois ainda tem a lata de dizer que somos nós que isto e aquilo.. Xissa ningem as atura.. P-U-D-I-M
</a>
(mailto:luistefe@msn.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 08:47
Bem, não temos que esperar por dicionário nenhum, uma escritora alemã já o editou. Resta agora esperar que o traduzam para PT.
Até lá ficam aqui uns excertos:
............................................................................ Dicionario da mulher
\ \ \ \ \ \ \ \
Sim = Não. \ \ \ \
Não = Sim. \ \ \ \
Talvez = Não. \ \ \ \
Nós precisamos = Eu quero \ \ \ \
Lamento muito = Tu vais lamentar-te \ \ \ \
Precisamos de falar = Preciso que tenhas pena de mim \ \ \ \
Claro, vai = Ai de ti... \ \ \ \
Faz o que quizeres = Vais pagar por isto. \ \ \ \
Não estou zangada = Claro que estou zangada, estúpido!!! \ \ \ \
Tás-me a ouvir ?? = Tarde de mais, tás feito. \ \ \ \
Tens de aprender a comunicar = Tens de concordar comigo. \ \ \ \
Sê romantico e apaga a luz = Tenho celulite. \ \ \ \
Tu és tão ... macho = Precisas é de fazer a barba e cheiras a suor que se farta. \ \ \ \
Tu amas-me ? = Vou te pedir qualquer coisa cara. \ \ \ \
A escolha é tua = A boa escolha deve ser evidente agora. \ \ \ \
Estás muito atencioso hoje = Só pensas em SEXO ? \ \ \ \
Estou pronta num minuto = Tira os sapatos e procura um bom jogo la televisão. \ \ \ \
Gostas muito de mim? = Fiz algo hoje que tu não vais gostar...esquizo
</a>
(mailto:alexandre_alfeirao@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 09:57
Gosto dela assim, quando se chateia e bate com as portas.
Gosto dela quando me trata por "querido", quando me abraça. Gosto dela no silencio, no escuro, quando trocamos segredos. Gosto dela quando está com um ar sisudo... gosto tanto dela quando sorri e me chama parvo. Gosto dela quando nos esquecemos do tempo e falamos horas a fio... gosto dela quando lhe telefono só para dizer que a amo. Gosto dela quando gozamos... gosto dela quando nos enfrentamos. Gosto dela porque é assim e não de outra maneira. Gosto dela quando namoramos ao sol ou quando chove. Gosto dela porque... gosto! Marco Neves
</a>
(mailto:megabife@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 10:33
Bem!!O meu feitio á muito prático...Se tá bem disposto,tá.Se não tá,tivesse!!Quer estar zangado?!Pois que fique,tem dois trabalhos,o estar e o deixar de estar...Não há paxorra,para coisas pikuinhas!!!Menininhos??!!Não dão comigo!!!Falta-me a paciência para estas coisas,sei lá....LLLooLLL ;)PPmarta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 10:41
:))))))))))))))))))))))) Sem comentários ehehehehehehelua
</a>
(mailto:ermelinda_1955@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 10:54
Realmente somos de naturezas muito diferentes, com apenas um interesse comum...o amor...
Por isso para quê dicionários, se andamos todos atrás do mesmo...Sejam tolerantes, compreendam-se o mínimo, pois assim não desperdiçam tempo:P
E o que todos nós queremos, bem lá no fundo, é ser muito feliz.
Um óptimo dia a todos...Bloom
</a>
(mailto:cm_lunesilva@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 11:32
De facto é como dizes, Cerejolas,"a comunicação não é aquilo que se diz, mas sim o que o outra pessoa entende".E vai k quando eu entendo mal e me sobe a mostarda ao nariz ai Senhor!Fico roxa de raiva!Digo o que devia e o que não devia e apetece-me dar pontapés em tudo lol...minutos depois já passou :)))
Quanto aos "ruídos" lolol o que eu gosto mesmo é de o ouvir suspirar no meu ouvido hihihTex
</a>
(mailto:texazinha@iol.pt)


De Selvagem Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 11:47
Não gosto de rotinas. Não gosto de seguir guiões. Gosto do improviso. Gosto de inovar, não gosto de imitar. Gosto de ouvir o silêncio qdo estou nos teus braços. Gosto de rir. De te ouvir gargalhadas frescas. Não gosto de amuar. Gosto de gritar qdo tou com vontade. Gosto de me calar qdo me apetece. Gosto de parar o tempo, no tempo e de ouvir só o coração. Gosto de ser diferente, das tuas diferenças. Não gosto de indiferenças. Gosto de surpresas. De surpreender. Não gosto q me prendas. Gosto de fugir só porque sim. Gosto q fujas para mim...PatanisKa
</a>
(mailto:sissacc@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 11:59
"Já reparam num homem stressado e enervado? Metem-se na "concha", e de lá não saem, nem por nada! Amuam. ( Ai onde é que eu já vi isto!? )" Ontem!!!! LLLOOOLLL e estou plenamente de acordo, só ouvem ruídos, nada mais!

^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


Ah... Comenta-me