16 comentários:
De Safira a 2 de Junho de 2006 às 10:33
Como já aqui foi dito, o ciúme pode ter várias causas, várias manifestações, magnitudes e intensidades completamente diferentes. O ciúme, no seu sentido mais lato, é natural em todo o ser humano, em todas as culturas. O que não é normal é viver atormentado pelos ciúmes. Quando este sentimento evolui para uma "forma de estar", torna-se necessário reflectir sobre a sua origem, racionalizá-lo e, a partir daí, desenvolver a estratégia mais apropriada para lidar com ele.
P.S. - Beijos para todos, é bom estar de volta


De Morgaine a 1 de Junho de 2006 às 22:27
se alguem me fizer ciumes eu vingo-me e faço-lhe mais ainda.. ou tento! nao é um sentimento agradável e dá sofrimento. E para cumulo, nao se ganha nada com uma cena. Haja harmonia!!


De Majoca/SaloiaLoira a 1 de Junho de 2006 às 14:28
Detesto o ciume!!! E racionalizo qdo o sinto.
Detesto o ciúme doentio no outro...mas...mas ...confesso que se fôr um cadito meu ego envaidece ( só espero que ele não tenha razão de existir, aí tenho de repensar meus afectos ). Esperemos sempre que qdo há ciume ele não tenha razão. Porque se ele é justificado então alguém está a ser falso...Ui tanto que se poderia dizer!!!


De xinxa a 1 de Junho de 2006 às 12:26
Ai o meu Sebastião é muuuuuuuito ciumento!
Vive na constante insegurança e medo de ser abandonado e/ ou trocado... entendido?
(Sebastião é o gato de moi)


De Majoca/SaloiaLoira a 1 de Junho de 2006 às 14:51
Xinxa somos duas....meu papagaio tb é!!!! mas deve ser gaginha...porque adora homes....raio de sorte a minha:(


De xinxa a 1 de Junho de 2006 às 16:45
Inteh podiamos juntar o Sabastião ka Papagaia, pra ver o k dava...ehehehehhhh


De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 1 de Junho de 2006 às 12:06
Ora viva Cara Cereza...

Dizem que um dos meus maiores defeitos é não ser ciumento e, agora digo eu, de facto não sou mas não tem nada a ver com confiar demasiado ou ser despreocupado.

Até porque, não sou de dar demasiada confiança a ninguém e sou deveras atento a tudo o que se passa à minha volta.
Somente, não tenho ciúmes de nada ou de ninguém, apenas e só.

Gosto imenso desta música, e claro, do GRANDE Bryan Ferry. Só um pormenor, esta música foi escrita pelo John Lennon para um dos seus álbuns a solo, mais uma dedicada à Yoko Ono. Coitado do John, já estava morto por amor mesmo antes de ser assassinado, uma pena.

Gostei deste texto, aliás gosto do que o Tex costuma escrever. Acrescento apenas que o homem é mais violento e descontrolado nos seus ciúmes. Já a mulher, é mais irracional e porém maquiavélica quando ciumenta.

Pronto, agora vou-me pirar antes que comecem a arremessar-me objectos pesados.

Um abraço...
SHAKERMAKER


De marta a 1 de Junho de 2006 às 10:07
Há ciume,e ciume,é verdade.Não me considero uma pessoa ciumenta,nem pouco mais ou menos,acho que não o sou de todo.Mas,quando ele chega,é porque alguma coisa não vai bem,e aí.....Aí é o principio do fim!Ah!E não suporto que o outro sinta ciumes,mas é que NÃO MESMO!!


De Marco Neves a 1 de Junho de 2006 às 09:58
Detesto ciúmes, principalmente quando os sinto. Causados ou não por qualquer motivo, não gosto! Quer tenha razão ou não, não quero! Grrrrrrr!

Porquê? Talvez porque me incomoda. Então, de uma forma autómata, é como se ligasse o piloto automático.

Começa então a luta interior contra a ciumeira. Ciúme parvo, ciúme compulsivo, ciúme apenas porque me apetece ser ciumento, ciúmes por vezes de nada. Entra a cabeça a funcionar e congela... congela.... Neste campo não gosto de perder nem a feijões.


De veinha a 1 de Junho de 2006 às 09:20
as atitudes que o sentimento ciume provoca nas pessoas tambem diferem dependendo do que se quer da relaçao e das vivencias que cada um teve.. acho que é importante que ja se tenha falado sobre isso antes de se assumir compromissos, antes que surja o ciume. a cultura em que se viveu tambem influencia, o grupo de amigos, a familia...

concordo que a mulher seja mais sensivel ao contacto emocional do parceiro com outra mulher e o homem seja mais sensivel ao contacto fisico da companheira com outro homem. e às vezes, não se apercebem das insinuações entrelinhas que algumas mulheres lhes fazem à nossa frente, o que nos rovoca ciumes mas não nos permite justificar os nossos ciumes.

mas também há homens extremamente sensiveis às amizades das companheiras e às intimidades delas com outros homens... isso depende das pessoas e da essência das pessoas. há pessoas com uma "essência" mais sensual e outras pessoas com uma "essência" mais emocional

outra coisa é o pseudo ciume: o ciume que nao existe: quando nao há motivo nenhum para haver ciume mas na cabeça do agressor desenvolvem-se ali esquemas com tudo e mais alguma coisa explicado com todas as letras como a mulher o trai e ele acredita naquio piamente... é uma vergonha...

mas o que é facto é que o ciume pode levar à violência doméstica e estamos a falar de 50% das mulheres portuguesas e isto é uma vergonha. claro que nao é so o ciume a sua causa, mas é uma delas.


De PatanisKa a 1 de Junho de 2006 às 01:01
Ciúmes é o q vocês vão sentir qdo acabarem de ler o meu coment!!!! Tive a tarde inteira na piscina....como até n estava um dia mto bom, fomos para a piscina interior de água quente, depois para distraír, fomos jogar mini golf, jantámos na varanda a ver o por do sol.....Vá....não tão com ciumes?!!! ehehehhehe


De Majoca/SaloiaLoira a 1 de Junho de 2006 às 14:49
Pastela doida!!!!!!!!!! ainda te mato


De lua_de_Avalon a 31 de Maio de 2006 às 23:27
Mas também existem os ciúmes doentios, que por vezes dá origem à violência. Aí já não é amor é doença. Nada de ciumeiras, para quê?! O que tem de ser tem muita força!


Ah... Comenta-me