Quarta-feira, 21 de Junho de 2006

Karma

Antes de fazer uma introdução ao post de hoje, consegui finalmente apos longas e longas pesquisas encontrar o video da musica "wicked soul". Está no post "apenas um momento..." Vale a pena ver, porque no fundo tem tudo a ver com o texto da tridente. Basta desligar a musica, e clicar no video.... AGORA SIM...

 

Há dias em que vida nos pesa mundos e fundos. Tudo nos magoa, tudo nos decepciona... O texto é da Maria. **  

 

 

"Batten up the hatches, here comes the cold
I can feel it creeping, it's making me old
You give me so much love that it blows my brains out

Summer rain,dripping down your face again
Summer rain,praying someone feels the same
Take the pain killer, cycle on your bicycle
Leave all this misery behind..."

                 

Sei que os meus pensamentos não tem futuro e , no entanto, o tempo que perco a pensar acaba por ser uma crueldade. Li há tempos que o meu karma era aceitar os outros como eles são.  Interroguei-me várias vezes e para não variar caí nesta letargia , a do pensamento e porque razão terei eu de aceitar os outros e eles não? As minhas aspirações a santa não são nenhumas até porque seria uma enorme monotonia sê-lo mas tento que a vida tenha e continue a ter uma ordem lógica apesar de me passarem a vida a dizer que isso é uma utopia.

 

Assim, em vez de deixarmos que os anos passem com alguma graciosidade somos confrontados a todo o momento com pessoas que não sabem nem querem caminhar ao nosso lado. Sofrem por não serem capazes de viver num mundo simples , assente em valores e princípios que nunca lhes foram dados que as conduzem a actos  que transpiram inveja e uma incapacidade de serem simples. A humildade não passa de algo fútil e a pobreza de espírito tolhe-lhes os pensamentos e acções.

 

Ninguém nos pergunta porque não vivemos numa frenética correria contra tudo e todos e no momento em que falamos somos abafados como se nos tratássemos de um estorvo social?

 

Quem sofre  da patologia da mentira compulsiva para alcançar o que não é capaz  de alcançar honestamente, não tem tempo para parar e fazer perguntas. Torna-se mais simples apontar o dedo e acusar e  cortam pela raiz o resultado da própria vida que adquiriram sabe-se lá à custa de quem.

 

Perdem a essência da comunicação e o perfume da alegria de ver as coisas simples da vida, tornando-a numa “coisa” subversiva, escura e selvagem. Parecem caçadores de prémios ou simplesmente juízes comprados pelo sistema, que condenam sem apelo ou agravo os mais incautos, devotando-nos ao ostracismo, ao pensamento ignóbil de tentar saber o porquê da sentença.

 

Existem muitas pessoas que vendem a mentira por não saberem que a verdade será sempre acima de tudo a vencedora. Percorrem caminhos à custa do esforço dos outros tentando viver numa coexistência falsa, sem qualquer coerência e tolerância para quem os rodeia.

 

Hoje,  disseram-me:

 

- Tens um olhar tão triste .

 

Respondi que  não, era impressão dos olhos que me viam.

 

Menti.

 

Espero, afogada em recordações, que este tédio nauseabundo desapareça depois da trovoada que se faz ouvir. Que o céu fique arrumado por uns tempos, porque a realidade da vida é um sonho transformado em pesadelo onde o tempo é vida e a vida pouco tempo tem de vida.

 
Maria

Comentário em Destaque:

De PatanisKa a 22 de Junho de 2006 às 18:49

Há muito lobo vestido com pele de cordeiro... Lamentavelmente fui ingénua o suficiente para ter aberto a minha casa a gente q não merecia a minha amizade nem a minha hospitalidade. Lamentavelmente nunca pensei q alguém q eu considerava meu amigo fosse contar fosse o q fosse q se tinha passado dentro da minha casa... Felizmente tenho o bom senso de não "armar barraca", seguir em frente... e o meu lema é: "só me chateia quem eu quero e quem eu dou importância para tal" . Em situações destas ou idênticas, só tenho uma arma - a indiferença.


Impressão Digital Cereza às 23:24
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
25 comentários:
De WG a 23 de Junho de 2006 às 14:23
Eu gosto sempre de trazer perspectivas diferentes. Está bastante nas entrelinhas, mas para mim este texto tem tanto ou mais a ver com juízos de valor do que com mentira, ou difamação.

Independentemente de também eu condenar a mentira e a manipulação como forma de singrar na vida, não me cabe a mim querer impor princípios a ninguém.
Já não é o caso da Maria, nem de todos os que anuíram rapidamente com frases como:
"Sofrem por não serem capazes de viver num mundo simples , assente em valores e princípios que nunca lhes foram dados que as conduzem a actos que transpiram inveja e uma incapacidade de serem simples. A humildade não passa de algo fútil e a pobreza de espírito tolhe-lhes os pensamentos e acções."
Por que carga de água uma pessoa não pode ser mais como o Mourinho, que é tudo menos simples e humilde? E o que vem a ser pobreza de espírito? É certamente das coisas mais ambíguas que se possa imaginar.
O ser humano é, por natureza da sua faculdade de pensar, altamente complexo. As nossas necessidades vão muito além das fisiológicas e de sobrevivência/segurança. Uns mais do que outros, mas todos temos algum grau de necessidades de pertença, de afirmação na sociedade, de poder, de auto-estima, de auto-realização, etc.
Por isso, da mesma maneira que discordo da mentira e manipulação, também discordo da simplicidade. Para mim, verdadeira pobreza de espírito é ser simples e não aproveitar ao máximo a faculdade humana de raciocinar. E humildade, apenas q.b., porque caso contrário também contribui e bem para mais pobreza de espírito.

Há mais frases que entram em juízos de valor, mas fico-me por comentar esta. A beleza dos juízos de valor é significar que temos valores. Mas tal como os valores de uns são diferentes dos dos outros, também os juízos de valor o são. Daí eu não ter nada contra juízos de valor, desde que estejamos conscientes que os estamos a fazer e saibamos aceitar que possa haver os quem faça diferentes, perante a mesma situação. O que chega a ser perigoso é quando os fazemos em piloto automático, no meio de um qualquer raciocínio e sem nos darmos já sequer conta, e os queremos impor com grande convicção aos demais.


De pmdesousa a 22 de Junho de 2006 às 20:07
Parece-me a mim que essa dura realidade que se chama sociedade te está a corroer os sentimentos. Acredita, ele há dias piores e outros melhores...
Eu sei que não é facil mas "at the end of the day" trata-se apenas de saber separar o trigo do joio mesmo que para isso cheguemos à derradeira conclusão que temos bem menos desse precioso cereal do que gostariamos de ter.
Anyway, excelente estaminé que tens aqui montado. Amei! Já lá mora nos favoritos e, claro, vou voltar!


De Marco Neves a 22 de Junho de 2006 às 19:49
As pessoas não são mais que isso mesmo, pessoas.

E a interpretação fica à mercê de todos.


De PatanisKa a 22 de Junho de 2006 às 18:49
Há muito lobo vestido com pele de cordeiro...
Lamentavelmente fui ingénua o suficiente para ter aberto a minha casa a gente q não merecia a minha amizade nem a minha hospitalidade. Lamentavelmente nunca pensei q alguém q eu considerava meu amigo fosse contar fosse o q fosse q se tinha passado dentro da minha casa... Felizmente tenho o bom senso de não "armar barraca", seguir em frente... e o meu lema é: "só me chateia quem eu quero e quem eu dou importância para tal" . Em situações destas ou idênticas, só tenho uma arma - a indiferença.


De constancinha-maria a 22 de Junho de 2006 às 20:33
O cordeiro e o lobo fizeram-me lembrar a história do Menino e do Lobo.. tanto mentiu, tanto mentiu , tanto mentiu....


De Morgaine a 22 de Junho de 2006 às 18:41
É realmente díficil de engolir essas cenas do acitar os outros como eles são, como se nos dissessem "muda-te a ti mesmo e o mundo muda contigo, mas não tentes tu mudar o mundo". Cada pessoa tem o seu próprio percurso na existência e cada alma tem também uma personalidade e um corpo diferentes de modo que as caracteriticas dessa pessoa, as suas limitações e até os defeitos que tanto nos custam aceitar estão ali ao serviço dos outros quer queiram quer não. Acontece que, embora todos caminhem na mesma direcção, avançam a velocidades diferentes. É óbvio que o mundo está cheio de pessoas ambiciosas, cheias de inveja, de avidez, de violência e exploração mutua. São factos. E também é verdade que ficamos incomodados com atitudes dos outros como a inveja dos colegas de trabalho, a arrogância dos chefes, a burrice do vizinho do lado mas às vezes pergunto-me se não o teremos sido também uma ou outra vez aos olhos dos outros... De qiualquer modo adoptar a postura de vitima perante as mágoas, nunca. E revolta também não. O que importa é o destino que damos à nossa vida, o modo como sabemos contornar as coisas que nos são dificeis de aceitar ou as mágoas que nos são infligidas. Há que seguir um lema para viver feliz. Luta, caminha para a vitória, mas não com ódio e rancor. A eternidade é a maior glória e tudo se consegue com amor.


De PatanisKa a 22 de Junho de 2006 às 18:53
Ó bruxa posso assinar por baixo do q escreveste??? Há muita gente q se faz de vítima principlamente para nos manupular os afectos e as emoções.


De Morgaine a 22 de Junho de 2006 às 18:59
faz favor Pataniska mas os direitos de autor.. blabla nao te esqueças... *


De constancinha-maria a 22 de Junho de 2006 às 20:37
Quanto a mim o mais difícil nem é engulir as cenas mas sim engulir mentiras, difamações e INJUSTIÇAS
Beijos Morgaine


De [M]orcego a 22 de Junho de 2006 às 12:39
doi-me a cabeça, tenho andado ranhoso e com febre. tenho tanto que estudar...
costumam dizer-me que nunca me rio, que ando sempre mal disposto. Costumo ser do contra, mas nem assim consigo fazer as pessoas reagir, limitam-se a encolher os ombros e a acusar-me de ser do contra.

A sociedade de hoje nao o é (sociedade), as pessoas vivem para elas e não sao capazes de trabalhar em proll do conjunto, com o objectivo de tornar mais forte um grupo qualquer que ele seja...

queremos vencer na vida, e se para isso for necessario ter amigos temporarios nao é nenhum sacrificio que temos que fazer, é apenas mais um meio de atingir um fim

como alguem disse: "os fins justificam os meios"



De Cereza a 22 de Junho de 2006 às 13:04
AI BATMAN como eu entendo essa frase: os fins justificam os meios! LOL


De RS a 22 de Junho de 2006 às 15:40
Esta é uma frase mais que estafada, mas ainda existem loucos que teimam, em não a escutar.
E assim a "violência" continua a gerar mais "violência"



De constancinha-maria a 22 de Junho de 2006 às 20:39
É bem verdade que "os fins justificam os meios" ou seja antes tinha-se por hábito dizer : "Vale tudo menos tirar olhos " . Hoje em dia deve dizer-se "Vale tudo e ATÉ tirar olhos "
**** s


De Cereza a 22 de Junho de 2006 às 12:25
Maria provavelmente escreveste isto relacionado com alguns episodios da tua vida. Mas entendo-te na perfeição quando dizes que as pessoas não nos aceitam como somos. Alias não aceitam e nem estão para isso. Por vezes penso que este mundo é composto por um ninho de viboras, que nada mais fazem senão espalhar veneno por aí. Basicamente cheguei ao ponto de não confiar em ninguem. (apenas a minha familia, e a pessoa que me atura todos os dias sem quase fazer perguntas) ás vezes gostamos de pessoas, e depois descobrimos como é possivel eu gostar deste "monstro", as amizades por vezes nem amizades são.. apenas servem um proposito. Depois há aqueles que nem conhecemos e acham por bem fazer-nos a vida negra apenas porque por dor de cotovelo, Confesso, não acredito em ninguém, e cada vez mais. Não me preocupa que pensem que sou arrogante, e desconfiada... já tive demasiadas provas, para saber que tenho motivos para o ser. Quanto ás pessoas que trabalham comigo, é melhor nem começar. Estou rodeada de amigos que se for preciso espetam-me uma faca nas costas pra subir na carreira! Maria, acredita.. estou tão desiludida quanto tu! mas... desprezo pra cima deles!

Adorei o teu texto, e força rapariga, pq ninguem merece que sofremos desta maneira por causa de mentiras, tangas e jogadas. no inicio doi... mas acredita, passa!


De lua_de_Avalon a 22 de Junho de 2006 às 13:01
Maria, para já deixo aqui beijocas a dobrar!!!!! e mais não digo...


De constancinha-maria a 22 de Junho de 2006 às 18:19
Beijos a dobrar para ti tambem Lua :-)


De Cereza a 22 de Junho de 2006 às 13:01
Esqueci-me de uma coisa e fui injusta. é obvio que tenho alguns amigos, POUCOS MAS BONS... e com esses contarei sempre! ps. Ai que a lua ía-me batendo LOLLLLLLL


De constancinha-maria a 22 de Junho de 2006 às 18:15
Tens toda a razão mas eu "sofro" do síndroma boazinha demais, que se traduz por uma simples palavra PARVA .Dói na alma e no coração e o fisíco ressente-se. Conduznos a dizer o que não se queria por incapacidade de aguentar a ofensa e a maldade. Já estou medicada. Retiraram-me a manteiga da alimentação para nao derreter o coração em demasia ;-) e sim, vai passsar, além disso, sou uma pessoa de sorte , que tenho AMIGAS e AMIGOS, que me dão na tola porque sabem mais que eu .Que seria de mim sem eles?
Vou ter força sim Cereza e mais uma vez tentar não cair noutra.
Beijos Miúda. Obrigada pelas tuas palavras. Obrigada por TUDO.


De constancinha-maria a 22 de Junho de 2006 às 18:15
Tens toda a razão mas eu "sofro" do síndroma boazinha demais, que se traduz por uma simples palavra PARVA .Dói na alma e no coração e o fisíco ressente-se. Conduznos a dizer o que não se queria por incapacidade de aguentar a ofensa e a maldade. Já estou medicada. Retiraram-me a manteiga da alimentação para nao derreter o coração em demasia ;-) e sim, vai passsar, além disso, sou uma pessoa de sorte , que tenho AMIGAS e AMIGOS, que me dão na tola porque sabem mais que eu .Que seria de mim sem eles?
Vou ter força sim Cereza e mais uma vez tentar não cair noutra.
Beijos Miúda. Obrigada pelas tuas palavras. Obrigada por TUDO.


De constancinha-maria a 22 de Junho de 2006 às 18:16
Tens toda a razão mas eu "sofro" do síndroma boazinha demais, que se traduz por uma simples palavra PARVA .Dói na alma e no coração e o fisíco ressente-se. Conduznos a dizer o que não se queria por incapacidade de aguentar a ofensa e a maldade. Já estou medicada. Retiraram-me a manteiga da alimentação para nao derreter o coração em demasia ;-) e sim, vai passsar, além disso, sou uma pessoa de sorte , que tenho AMIGAS e AMIGOS, que me dão na tola porque sabem mais que eu .Que seria de mim sem eles?
Vou ter força sim Cereza e mais uma vez tentar não cair noutra.
Beijos Miúda. Obrigada pelas tuas palavras. Obrigada por TUDO.


De constancinha-maria a 22 de Junho de 2006 às 18:18
Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii caneco, tres vezes é demais . Cereza se puderes apaga sff e já agora afasta o "conduz " do "no"s :-))))))
Beijos


De Tex a 22 de Junho de 2006 às 11:37
Estava tentada a escrever um tratado acerca disto, mas so vou dizer uma coisinha que resume (se bem k de uma forma " curta e grossa") o que eu queria dizer:

Toca masé a andar pa frente k pa trás mija a burra!


De WG a 22 de Junho de 2006 às 09:27
Gostei muito, acima de tudo por me suscitar uma série de comentários que conto vir a fazer mais logo, porque agora não tenho tempo (alonguei-me no comentário ao post anterior e não sobrou tempo para este agora LOL).


De xinxa a 22 de Junho de 2006 às 00:33
Mas também não posso deixar de expressar, com as palavras do Professor Agostinho da Silva - E posto que viver me é excelente,
cada vez gosto mais de menos gente.

Mas as que gosto, GOSTO! E Gosto sobretudo de viver...


Ah... Comenta-me

av_fever01.gif

.Urbanidades Recentes

. Aberto: Rui Pedro e Anoré...

. FIM

. Porque eu? porque isto? p...

. Mulher

. Hannibal - Rising

. ...

. Voltaste meu amor...

. Falling

. ...

. Uma brincadeira...

. SuGeStÕeS:

. Pedofilia ou Amor

. coragem!

. Feliz Natal

. Ainda Tango...

. Destaque no sapo: poema d...

. Sonho § Realidade

. Do Flyman

. (...)

. Parabens Lua

av_jml12.gif myarms-yourhearse.gif

.Selvas já Visitadas

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

10MM.gif

.Procura no UJ

 

.Posts Favoritos

. Falling

. Destak

. UJ no DN

. Putas, Prostitutas (os) e...

. Casos Reais: Putas, Prost...

. Maria Madalena: Prostitut...

. "Schindler português"?

. Dedicado ao meu Pai!

. Caso de Vida

. Os BrancosNegros ou Negro...