22 comentários:
De encantos_e_paixoes a 28 de Setembro de 2006 às 17:29
Gosto disto, pois.
Desde que voltei ao trabalho que me sinto uma besta, porque será???
Se calhar tou louca''''''''''


De Tex a 28 de Setembro de 2006 às 14:49
Tb gosto de Guillaume Apollinaire (Guilhas pós amigos)

mas conheço um Apolinário que pra caso é uma grande besta!


De alexandra a 28 de Setembro de 2006 às 14:00
ainda que ele tenha sido um grande poeta na sua época [e continuará a ser], não consigo deixar de associar o seu nome ao livro que mais me 'chocou' [escrito por ele, ao que parece, num período de ´vacas magras'].

=) beijocas


De kumkaneco a 28 de Setembro de 2006 às 11:53
As kapikuas dão-me sorte, sejam elas kuais forem, e é klaro ke o 69 não é uma kapikua despicienda... A únika ke me dá azar é o 96. Tentei fazer mas não konsegui. Fiquei kom uma dor nas kostas danada. Já pra não falar da vergonha ke passei, hehehe...


De cereza a 28 de Setembro de 2006 às 15:59
BENVINDOOOOOOO


De xinxa a 28 de Setembro de 2006 às 10:41
Moi só queria dizer que isto aqui... o layout do blog, o formato das letras, a cor, o ritmo, os temas, está tudo fantastico!
Gosto e como gosto, moi tinha que o dizer publicamente. E moi sabe do que fala...
Cereza a menina tah de parabéns!


De cereza a 28 de Setembro de 2006 às 14:48
obrigada xinxa. eu sei que tu sabes destas coisas :)))
jokas


De YLLUR a 27 de Setembro de 2006 às 21:48
" Guillaume Apollinaire
(Roma, 1880 - Paris, 1918)
Guillaume Apollinaire, poeta francês, filho de uma nobre polaca e de um ex-militar italiano, passa a infância entre Roma, Mónaco, Nice, Cannes e Lyon. Aos 22 anos muda-se em Paris. Escritor claramente à frente do seu tempo, defende a arte dos fauves, apoia o cubismo de Picasso e Braque e mantem-se em contacto com Marinetti e os futuristas italianos. Em 1914, envolve-se na Primeira Grande Guerra e em 1916 é ferido na cabeça. Em 1913 publica Alcools. A força das suas imagens leva-o aos limiares do surrealismo. Apollinaire morre em Paris vítima de uma epidemia de gripe aos trinta e oito anos."


De lua_de_Avalon a 27 de Setembro de 2006 às 17:07
Está bem Tá :)))
Apenas deixo aqui as
minhas marcas lololo
:PPPP
beijo Cereza


De cereza a 27 de Setembro de 2006 às 18:58
sua trengaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa


De marta a 27 de Setembro de 2006 às 16:39
Pronto,tá bem!!!
Amigos, amigos,contas à parte!!
:)))


De cereza a 27 de Setembro de 2006 às 19:00
E tu és trenga ao quadrado!!!!!!


De marta a 27 de Setembro de 2006 às 19:03
ehehheheh
E agora vou fazer a caixa e pirar-me.
Maldita contabilidade!!..............
:)))))
BEIJOOOOOS


De lua_de_Avalon a 27 de Setembro de 2006 às 20:25
Contabilidade??
Nem me fales marta grrrrrrr
beijos para ti trenguita mor :)



De WG a 27 de Setembro de 2006 às 23:56
Querem ver que é mais difícil contar os milhões do que ganhá-los? LOL


De EraUmaVezEu a 27 de Setembro de 2006 às 16:14
Aqui só posso dizer uma pequena coisa... Bestas! há mais que muitas, seja qual for o número LOL


De Isabel a 27 de Setembro de 2006 às 12:35
Guillaume, esse artista "plástico" das palavras.
"Ser" surpreendente que me leva a outro patamar do pensamento.
Ficas aí Guillaume, sem pontuação, com as tuas palavras "livres" que me libertam também!


Ah... Comenta-me