Domingo, 18 de Dezembro de 2005

Boa noite! Eu sou a ...

Quanto a mim despeço-me com muita pena, mas tem de ser. Boa Noite, continuo a ser a Manuela Moura Guedes.”




guedes copy.jpg

Confesso que vou sentir a falta dela! Na passada sexta-feira a "dama forte" da TVI disse adeus aos ecrãs! É pena!


Devo ser das poucas pessoas á superficie da terra que gostam da Manuela Moura Guedes. (Apesar das audiências dispararem quando ela apresenta o Jornal Nacional). Alias acho que se tornou moda falar mal dela... mas muita gente desconhece a verdadeira Manuela. Ela por vezes exagera, ninguém tem dúvidas disso (nem mesmo o marido, o Homem Forte da TVI) ... mas a verdade é que é uma mulher forte, justa, e que se está a borrifar para ser mais uma pivot bonitinha, que não tem opinião!




mmg copy.jpg

Os tempos mudaram, e o jornalismo já não tem que ser cinzento... pode ter opinião, pode alertar para injustiças, pode defender os mais fracos!


Eu gosto de personalidades fortes, gosto de pessoas que que não têm medo de dizer o que pensam... se calhar porque eu própria, não sou de trato muito fácil.


Contra a opinião da maioria das pessoas (e com muitos politicos a soprarem de alivio)... Manuela volta rápido!


“Não dá para andar com ‘rodriguinhos’. Em nome do interesse público, há que fazer as perguntas certas e o mais directas possível. Aquele espírito de subserviência e do culto do senhor doutor nunca o tive. Acho que não é compatível com o jornalismo”


“Quando se apresenta um noticiário, não estamos a falar de coisas abstractas ou de ficção. Estamos a falar de pessoas, de situações inacreditáveis que acontecem no mundo de hoje, coisas dramáticas como gente a passar fome, a vi-ver em circunstâncias injustas… O que podemos nós fazer? É uma pergunta poderosa. Podemos chamar a atenção da sociedade, tentar arranjar respostas, abrir olhos e levar à acção”, afirma. E exalta-se: “Que digam que sou agressiva, quero lá saber. À medida que fui envelhecendo, fui ganhando a tendência de me estar nas tintas.”


In: Máxima




mmguedes copy.jpg

Foram Cardos, Foram Prosas:

Há luz sem lume aceso
Mas sem amar o calor
À flor de um fogo preso
À luz do meu claro amor



Há madressilvas aos pés
E águas lavam o rosto
Dedos que tens em respeito
Oh, meu amante deposto



Não foram poemas nem rosas
Que colheste do meu colo
Foram cardos foram prosas
Arrancadas do meu solo



Tu que ainda me queres
O amor que ainda fazemos
Dá-me um sinal se puderes
Sejamos amantes supremos



Será sempre a subir
Ao cimo de ti
Só para te sentir
Será no alto de mim
Que um corpo só
Exalta o seu fim. . .




Musica: Miguel Esteves Cardoso
Letra: Ricardo Camacho
Voz: MMG


Impressão Digital Cereza às 02:18
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
17 comentários:
De Selvagem Anónimo a 18 de Dezembro de 2005 às 05:09
Porque será que a pouco e pouco se vai ficando cada vez menos familiarizado com as caras que nos entram em casa através daquela caixa? Os lugares começam a ser ocupados por pessoas que não se estão nas tintas e a agressividade que eventualmente poderia existir dá lugar a uma outra , a de não olhar aos meios para alcançar os fins. Dia a dia vamos-nos apercebendo, quem o consegue, que afinal não são só os iogurtes que têm prazo :-) e por isso já não acho estranho que um grupo de pessoas que se juntam, acabem por recordar como era o que já não é, qual era a moda e os hábitos que existiam. Claro, que as notícias não serão como eram e eu já não vou repetir o mesmo que disse durante anos : Raios! Porque é que esta Mulher diz sempre " Olá, Boa noite , eu sou a Manuela Moura Guedes e este é o Jornal da Noite.
Bom Domingo Beijinhos constancinha-maria
</a>
(mailto:nao-tem@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 18 de Dezembro de 2005 às 15:10
Realmente a Manuela (boca) Guedes é aquela figurinha expontânea...
Gosto da Manela como apresentadora de telejornais, sempre a dar comentários às noticias acrescentando qualquer coisinha…Quando ela se despediu do seu público viu-se a sua tristeza…E eu sou Lua e este é o um pequeno comentário para que a Cereza não puxe as orelhas pelo pouco que tenho comentado. Bom Domingo Beijinhos :)))))))))
luadourada--
(http://hryty/itoll)
(mailto:ermelinda_1955@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 18 de Dezembro de 2005 às 15:30
No meu post eu não falei mal dela. Não a conheço de lado nenhum para falar bem ou mal dela. Como profissional as suas qualidades eram, na minha opinião, inquestionáveis até de facto ela começar a exagerar no "estou me nas tintas" e passar a ser ser descaradamente mal-educada. Muitas vezes até com colegas dela que faziam exteriores. Ela "está-se nas tintas", mas não esta na casa dela. E o facto de ela ser uma profissional extraordinariamente fantástica não lhe dá o direito de ser arrogante nem prepotente.
Mas isto é só a minha opinião, e não é falar mal dela. :) badboy
(http://www.stuffipost.net)
(mailto:contacto@stuffipost.net)


De Selvagem Anónimo a 18 de Dezembro de 2005 às 15:30
No meu post eu não falei mal dela. Não a conheço de lado nenhum para falar bem ou mal dela. Como profissional as suas qualidades eram, na minha opinião, inquestionáveis até de facto ela começar a exagerar no "estou me nas tintas" e passar a ser ser descaradamente mal-educada. Muitas vezes até com colegas dela que faziam exteriores. Ela "está-se nas tintas", mas não esta na casa dela. E o facto de ela ser uma profissional extraordinariamente fantástica não lhe dá o direito de ser arrogante nem prepotente.
Mas isto é só a minha opinião, e não é falar mal dela. :) badboy
(http://www.stuffipost.net)
(mailto:contacto@stuffipost.net)


De Selvagem Anónimo a 18 de Dezembro de 2005 às 16:36
Badboy, Deve ser da idade mas não percebo como uma pessoa que diz a verdade e não tem medo dos " Bichos Papões" pode ser arrogante e prepotente. Não vou questinonar alongadamente sobre a tua opinião. É a tua e eu respeito, além de que não iria ter forças para o fazer :-) mas ainda bem que ainda existem MULHERES que se estão nas tintas .constancinha
</a>
(mailto:nao-tem@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 18 de Dezembro de 2005 às 16:42
Porque terá saído?!Não sei,só ela saberá....Tenha sido por vontade,ou pressão...Só devemos estar enquanto nos sentirmos bem...Que bom!!!Poder começar um novo projecto....ou até mesmo fazer uma pausa Tudo na vida tem um timing...e nada acontece por acaso...Ela nada tem a perder,nós sim!!Perdemos um mulher irreverente,que conseguia fazer frente a muitos....marta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 18 de Dezembro de 2005 às 17:46
Badboy tens toda a razão, ela por vezes é mal educada sim, e apesar de gostar dela, tenho de dar a mão á palmatoria nesse aspecto! Ah, e não disse que tinhas falado mal lollll, apenas quando passei pelo teu blog é que me lembrei que não tinha falado dela... eu sei que nao falaste mal... Mas a maioria das pessoas fala, e isso é obvio! cereza
</a>
(mailto:lis_tv@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 18 de Dezembro de 2005 às 19:27
Não falo bem nem mal, pois apesar de ela me entrar em casa todos os dias, através da chamada caixinha mágica não a conheço de lado nenhum, como diz o badboy. O que é facto é que muitas vezes para se dizerem algumas verdades, cai-se na arrogância, agressividade e falta de educação (xiiii!!! infelizmente eu sei o que é isso). Prefiro as pessoas assim, directas! que não tem medo de dizerem o que pensam. Uns tem a facilidade de poderem dizer as mesmas coisas, com diplomacia outros nem por isso! eu sou das que explodem!!! não sou capaz de fingir e quando tenho alguma coisa para dizer, digo! na frente seja de quem fôr. Não por trás como muita "boa" gente faz.^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 18 de Dezembro de 2005 às 20:02
MMG? Ao menos não é daquelas de quem não se tem nada a dizer, e só isso já não é mau, no nosso triste panorama nacional. / / / / / Eu pessoalmente não gosto muito do estilo. Aliás, vem na sequência do que alguém que muito prezo dizia no post dos 2 Euros "saber pensar por si é a maior riqueza do indivíduo". Lá que haja muitos que não saibam pensar, ou muitos que saibam pensar mas tenham preguiça de o fazer, eu cá sou ao contrário. É por isso que, sem prejuízo de gostar de saber opiniões de outros e inclusive de as debater, gosto de construir as minhas próprias opiniões baseadas numa perspectiva factual e objectiva das situações. Convenhamos que alguém que tem tamanho gosto em debitar opiniões terá muita, mas mesmo muita dificuldade em apresentar uma perspectiva objectiva, pois estará sempre tentada a resvalar para a perspectiva que a sua interpretação das situação ditar. Para aqueles que, como eu, gostam de se dar ao trabalho de separar o trigo do joio de uma notícia comunicada nesses moldes, acaba por ser um mal menor, o problema é para aqueles que não o fazem (seja por que motivo for) e engolem tudo em piloto automático: perigoso, terrivelmente perigoso. / / / / / Além disto, penso que se confunde a capacidade de ser agressiva no bom sentido e não ter medo de nenhum bicho papão, com emitir opiniões. As primeiras podem claramente estar presentes num jornalista sem que a última esteja presente. Obviamente isto torna a última claramente dispensável, até porque as notícias podem ser coloridas de outras maneiras. Eu pelo menos não acredito que esta é a única alternativa ao cinzento. / / / / / A acrescer a estes 2 argumentos, ainda há pelo menos um terceiro: numa boa parte dos casos (não me atrevo a dizer que seja a maioria, apesar de desconfiar disso), um jornalista na posição de pivot não terá, muitas das vezes, toda a informação necessária para emitir opiniões verdadeiramente isentas. E isto, meus amigos paineleiros, isto já não é um mal menor. Não raras vezes nem o jornalista que faz a peça está em condições para emitir uma opinião bem fundamentada, quanto mais um pivot, por muito que preparasse exaustivamente todo o conteúdo que vai apresentar numa edição com todos os jornalistas que fizeram cada peça. / / / / / Em resumo, não vou ter saudades, se é que se pode falar do termo porque nunca via o Jornal Nacional.WG
</a>
(mailto:a@a.com)


De Selvagem Anónimo a 18 de Dezembro de 2005 às 20:07
Minha laranja amarga e doce meu poema........tou viciada neste blog. Não me apetece escrever mas ando por aqui. O Natal tá a dar cabo de mim e ainda por cima tou coxa, cai de umas escadas e em vez de nadar, tá bem tá, esborrachei-me toda e tou de muletas. Podem explicar-me por favor como se colocam estas imagens e musicas num blog. Gostava mesmo de ter essa informação/ajuda, gosto de escrever para um blog os antropologos de marte e nem uma imagenzita consigo lá por. Dá para me ajudar, fait faver. Afinal é Noelmedusa
</a>
(mailto:de.medeia@hotmail.com)


Ah... Comenta-me