Domingo, 30 de Outubro de 2005

Parabéns Loiraça Platinada!

Ora cá temos mais um aniversáriooooo... Imaginem de quem? Da loiraça mais bonita do blog!!!! MAJOCAAAAAAAAAA PARABÉNSSSSSSSSSSSSSSS minha kida!!!!!!!!!!!! Para festejar este dia das bruxinhas e da Majoca... fica aqui um texto, tipico dela!



flair-cover-jump-0303-01 copy.jpg Working-It.jpg

Momentos emocionantes:



As coisas que me surge na mente…partilhar com vocês…um momento emocionante: A IDA AO GINÁSIO DE UMA COTA VAIDOSA.
Digamos que sou muito vaidosa, certíssima!



Então 1º passo, tirar uns quilitos. Claro que ajudou não ter férias e umas certas mudanças (para melhor espero).
Ansiosamente amei minha balança, diariamente. Finalmente ela correspondeu ao meu sentimento….uns quilitos foram-se!



Mas depois veio o pensamento mordaz de que a ida ao ginásio era urgente. Ao longo de uns anos aguentei, irregularmente o exercício, mas com música a puxar por mim. Nada mais.



Só que agora tinha mesmo de cuidar de mim e da minha saúde, claro, malhando o corpinho, senão, quem não me amaria era o meu rico espelho, ou seja eu mesma. Depois de muito pensar estava decidido. Iria cedinho, pertinho da escola e antes do trabalho.



Este momento tornou-se emocionante. Nunca sei se terei elevador do parqueamento até lá ao cimo e mais com o peso do saco.
Depois, quem estará lá para partilhar o meu sofrimento?
Claro que tenho sempre o treinador…pois….pois, mas no meu imaginário ele tem sempre um chicote na mão, apesar de ser uma gracinha.



Sendo assim sobra-me os olhinhos, os meus claro.
A desilusão impera…quase tudo “gajas”, mais cotas que eu, a quem admiro o esforço e persistência.



Lá vou eu para a 1ª máquina…andar. Tenho então 30 min.s para olhar: tv, só desporto…arre! Nem um canal com gagitos que me animem ou outra coisa do género. Outras tvs, até que são de música mas sem som. Esse é do ginásio.



Até agora, a minha vida desportiva continuava sem laivo de graça. Começo a observar bem a secção masculina ( pouca ), aquilo que eles devem pensar de mim , penso eu deles, que desgraça!!



Mas de repente eis que surge um cota…humm, este sim vai-me distrair e dar força para tratar dos meus ricos músculos (não todos claro).
Agora vejam ao que chega uma mulher: 1º reparar se vou chegar antes ou depois dele 2º trocar sorrisos e um bom dia animado (íssimo), mas desculpem a linguagem, o raio dos aparelhos nunca coincidem. Assim entretenho-me a dar ginástica aos olhinhos, pescoço e imaginação.



Mas, finalmente tive um momento especial…20 minutos de bicicleta ou BT , sei lá , ao lado da Ex.ª.
Emudeci. Foi do esforço de certeza. Nem uma palavrinha consegui dizer, só a minha velocidade tentava acompanhar a dele….ricas pernas…ao que uma mulher chega!



Mas com o tempo, de certeza, vai surgir um diálogo. Aposto que vai ser de futebol (descobri que ele é fanático do Benfica). Mas como vou mostrar cultura se mesmo sendo benfiquista nem os nomes dos jogadores eu sei?!



Estas palavras só demonstram o que muita mulher sofre no ginásio e que mantém um silêncio vaidoso que embate naqueles corpinhos bem feitos que malham todos os dias.



Depois conto mais!!! Um beijo para as mulheres que sofrem como eu!)



Majoca


12vogue.gif


LOLL, só esta mulher para me fazer rir a ler estes textos... é que consigo mesmo imagina-lá! MAJOCA PARABÉNSSSSSS SUA LOIRAÇAAAAA


Impressão Digital Cereza às 22:13
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (41) | Adicionar aos Favoritos
|
Sábado, 29 de Outubro de 2005

Homens!

Acho qe o UJ já merecia uma homenagem destas... uma homenagem aos homens! Obrigada Tex




mark.jpg

(É destes homens que falas Tex? Do Mark Vanderloo? *suspiro*)



Amigas(os),



já me irrita o tanto que se "descasca" nos homens, de um modo geral! Que coisa!
Pois eu quero dizer é que os adoro! Os homens são maravilhosos!
Aprecio-lhes a razão e a emoção. Admiro-lhes a força e a fraqueza.
Enterneço-me perante os seus medos. Comovo-me com a sua beleza quando amam!
Os homens são magnífica e sedutoramente imperfeitos. Amo-os assim!
Falo dos homens que conheço, sobre os outros não me pronuncio...nem poderia.
Mas os que conheço ou conheci ,merecem o meu respeito e admiração...alguns até a
minha amizade ou o meu amor.




vanderloo1 copy.jpg

(Ou destes?Tipo Mark Vanderloo? *suspiro*)


Tex



Impressão Digital Cereza às 15:18
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (39) | Adicionar aos Favoritos
|
Sexta-feira, 28 de Outubro de 2005

Um mail para nós!

Esta noite, numa das minhas longas maratonas na net até ir para a cama... fui ao mail que tenho no sapo! Infelizmente por vezes esqueço-me que esses mail existe...porque incrivelmente é onde encontro os emails mais incriveis...claro, é o mail que está no blog!

Tinha mails de uma norte americana, uma brasileira, e um espanhol... fãs do UJ! Chego a perguntar-me como entendem o que está lá escrito! Se calhar vão ver as fotos, os clips, ouvir as musicas... nem sei bem.

Está lá também um texto para dedicar á Lua Dourada...era para o pôr aqui agora... mas encontrei outro mail, que mexeu comigo...e não tive alternativa (o teu texto entra amanhã Lua) Li com extrema atenção...fiquei agarrada até ao fim! Se é veridico ou não, isso não é o mais importante... o importante é o tema em si! Se é verdadeiro, acreditem que me revolta saber que ainda há pessoas que vivem assim em Portugal! "Mulher_de_armas", espero que vás conversando conosco nos comentários!
Ela pede os vossos comentários, e sei que vocês não me vão deixar mal! Ora leiam com atenção!


lilyacornli-115 copy.jpg


"Olá Cereza

Confronta os teus bloguistas com um problema sério, que pode ser de qualquer deles.

Hoje, ontem, anteontem e amanhã, é meu. Até quando, não sei. Ando desde segunda-feira a comer sandes de alface, pão com folhas de alface.
Porquê? Porque não tenho mais nada para comer, ou seja, não tenho um chavo, um centavo, um cêntimo. Ontem e hoje fui a pé apanhar os transportes, caminho que normalmente faço de carro. Motivo: o carro não tem gasolina.
Porquê? Adivinha! Pois, acertaste!

Não tenho cheta no telemóvel, não tenho gasolina no carro. O mais curioso é que tenho 6 euros no banco mas, até me dá vontade de rir, os multibancos só têm notas de 10 ou de 20 e eu não posso sacar 5 eurozitos.

De noite ao jantar, tenho comido pão com queijo, que se acabou ontem, mas ainda bem, já estava muito ranhoso, e gastei os cogumelos e as ervilhas todas. O meu filho tem comido massas com queijo derretido.
Hoje foi jantar a casa duns amigos, adivinha porquê? Nos últimos dias instituí que a hora de deitar é cedissímo. Porquê? Quanto mais cedo me deitar, menos sinto a fome. Mas no meio disto tudo, ando com boa cara e faço os possíveis e impossíveis para que ninguém note. Sei que tenho um defeito muito grande: sou incapaz de pedir ajuda, seja a quem for. A minha família punha-me 100 euros no banco, mas tinha que os ouvir durante 10 anos.

Prefiro fazer uma enorme ginástica, digna dum acrobata para tentar minimizar as coisas. Mas hoje fiquei doente com uma cabra duma gaja, puta de merda, vaca safada: na medida do possível ninguém sabe de nada, e o meu filho muito menos e eu trago-lhe todos os dias uma carteira de cromos que custa 35 cêntimos.
Ele fica feliz e nos últimos dias digo-lhe que só havia uma, que já tinham vendido as outras todas. Mas hoje, eu tinha 34 cêntimos e ela não me vendeu a carteira de cromos. Deu-me um ataque de choro enorme. Um cêntimo, um só, o que eu dava por ter alguém perto para pedir um cêntimo mas não havia ninguém e eu ainda tenho 34 cêntimos na carteira, que me pesam como chumbo, mais do que todo o dinheiro do mundo porque, acredita, não me importava de continuar a comer pão com alface, mas queria ter trazido a carteira dos cromos.

O queijo acabou-se. O pão já o comi. Amanhã é outro dia e como disse alguém nos comentários anteriores, vivemos com esperança na esperança.
Não quero que ninguém tenha pena, e não assino por vergonha, mas não queria
deixar de confrontar as pessoas com esta realidade. Espero que ninguém saiba do que falo.

O mail do qual envio esta carta é inventado.
Um beijo para ti."



mulher_de_armas



strong:
"I See The Fear In The Things We Don't Understand
I See The Fear In Another Blind Man
I Can't Hold Back This Fight That Stills Inside
I Can't Hold Back Who I Am

I Know You're Strong
I Know You Belong
I Know You Are Strong
My Beautiful One

I Can't Turn Away From What I Believe
I Can't Destroy Or Deceive Oh No Oh No
I Know A Beauty In All That I Can See
I Can't Hold On But You Can't Release..."




Impressão Digital Cereza às 01:06
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (47) | Adicionar aos Favoritos
|
Quinta-feira, 27 de Outubro de 2005

Feliz aniversário WaterGod!

Hoje falava eu com uma grande amiga nossa no messenger, e diz ela:
-Sabes que o Watergod faz hoje anos?
-A sério? bolas ninguém me disse nada, e agora? Vou inventar o quê para escrever no post?
-AH eu já fiz a minha parte, agora é contigo!
-Bolas!!!!

Comecei por ficar preocupada com o que iria dedicar ao nosso "querido" WG, quando subitamente se fez luz! Nem mais... vou ver se encontro algo na net sobre escárnio e maldizer! (sim porque se fosse eu a escrever, este post não saía hoje)
Abro o browser, escrevo escárnio e maldizer (a pensar em Gil Vicente) faço a pesquisa e abro um url ao calhas... na mouche!
Water escolhi este texto para ti... por várias razões ehehehehe... desejo-te o melhor dia de aniversário de sempre... e que fiques na nossa companhia anos e anos e anos.... ah, e que também vás ao almoço de Natal do UJ, claro. PARABENS seu lampião!!!!!




sea-chair.jpg

A auto-critica



Já é tarde, estou cansadíssimo e bebi uns copos. Devia ir deitar-me, mas há uma vontade quase masoquista que me impele a escrever este artigo. É preferível que ficar com as ideias à roda e não conseguir dormir.



Não sei bem como começar nem como vou explicar, nem onde isto vai parar. Está bonito isto... O tema que quero abordar é a falta de espírito auto-critico que reina nos dias de hoje. Para o enquadrar na filosofia editorial da AMD posso dizer que quero dizer mal da cegueira que nos atinge quando analisamos os nossos actos e pensamentos.



Se o leitor sofrer deste problema não vale a pena ler o resto, pois não vai aceitar nenhum dos argumentos ou pontos de vista por mim apresentados. Ou pelo menos não vai pensar na primeira pessoa. Vai pensar "...sim, conheço pessoas dessas...". Por outro lado, se acha que sofre deste problema, então as probabilidades de sofrer diminúem, pois o reconhecimento do problema é o primeiro passo da terapeutica. Em resumo, qualquer que seja o seu caso, penso que o impacto destas palavras será quase nulo. Mas quem aqui escreve escreve porque gosta, e neste caso particular porque quer dormir bem.



Se ainda aqui está é porque o anterior parágrafo conseguiu o objectivo: Captar-lhe o interesse pelo despertar da curiosidade. E então é assim: É lindo ver como as pessoas se comportam após fazerem uma asneira, ou quando são confrontadas com argumentos que ponham em causa as suas opiniões impulsivas. Dá-se uma cegueira momentânea (mais ou menos prolongada) que nos leva a usar argumentos mais ou menos ridiculos para em vão justificar-mos a nossa posição. A culpa é sempre e automaticamente dos outros, ou pelo menos EU tive razões para agir assim, ao contrários dos OUTROS em situações idênticas. Hoje criticamos um anónimo e amanhã fazemos o mesmo (nunca é o mesmo na nossa opinião, mas na prática é).



Estão a perceber? Se calhar não, pois como já disse tenho as ideias baralhadas. Vamos ao caso concreto que me levou a pensar nisto:



Numa aula onde o professor tentava explicar o que era a motivação para efectuar uma escolha de compra, dizia o Sr. que na maioria dos casos não temos competência para avaliar o produto, e deu o exemplo de uma fatiota. Podemos ver um que assente bem, mas se custa 20 contos desconfiamos. Se lhe dermos uma marca com dois nomes (Hugo Patrão, Máximo Serviço etc.) e lhe aumentarmos o preço então aí sim. Temos uma bela farpela!



Ora, o mais bem vestidinho dos pupilos discorda imediatamente!... Nem sempre o mais caro e de marca é o melhor. EU não vou nisso... tenrinho, claro:



Prof: Hehe... Sabe-me dizer se o seu fato é MELHOR que o do seu colega aqui?



Pupilo: erm.... bem, quer dizer..



IRRA!! É claro que não sabe dizer. Possivelmente nem distingue lã de fazensa, tirilene de bombazine ou ganga de sarja. E tunga! 1 a 0 ganha o professor.



Mas mais adiante o bem vestido insiste... "Eu ainda discordo..."



Claro que discorda. A falta de espírito auto-crítico não lhe permite assumir-se como mais um troféu a favor do marketing. Mas é só por isso que discorda, pois da boca não lhe sai nenhum argumento válido. Tem um nó no cérebro. E é aí que o professor se sai com uma espantosa...: "Oh homem! Você vestido como está nem devia abrir a boca...". Não foi democrático e provavelmente foi anti-pedagógico, mas foi mesmo na mouche! Tão na mouche que nem obteve nenhuma reação dele. Dele sim, porque a miss Classe 99, que estava presente envergando uma fatiota que lhe assentava como uma luva balbuciou: "Oh Sr. Professor, olhe que a forma como estamos vestidos não tem nada a ver...". Hehe... Que ideia... Tunga!! Na mouche parte II. Tudo quanto era auto-defesa na moça eriçou-se, e olhem que até à afirmação do professor não tinha aberto a boca... Foi mesmo naquela altura... Muito giro de ver.



Só a Miss Grunge 99, também lá presente, foi capaz de fazer frente ao professor dizendo que ele tinha de ouvir todas as opiniões. Certo. 100% de razão, mas ali não havia opiniões. Só reacções de auto-defesa a despontarem por todos os lados. E porquê? Porque não somos capazes de pensar: "Olá!! Será que isto me acontece a mim? E até que ponto? Em que situações? E porquê?. Não.... Dizemos logo: "Essas pessoas que se deixam enganar são parvas. Eu não sou parvo, logo não me deixo enganar, logo a minha escolha é consciente". Claro que não é, e daí o nó no cérebro.



É como no trânsito. Quando não é connosco são todos uns assassinos inconscientes. Se por acaso a asneira é nossa, é o outro que não avisou que ia ultrapassar, ou que vinha muito depressa etc., etc.



Ou como as críticas que se fazem por aí. O trabalho dos outros é sempre mau... Se perdêsse-mos, ou melhor, se usásse-mos o tempo que gastamos a criticar os outros a avaliar o nosso trabalho, as coisas seriam bem melhores.



Já perceberam agora? Não?! Claro, não leram com atenção! Ops.... Lá estou eu... Vamos ao espírito de auto-crítica... Senão perceberam pode ter sido por várias razões: Não leram com atenção, EU não expliquem bem, estamos cansados, etc. ...Resultado? Começamos a fazer as coisas de forma mais consciente, e por isso seremos capazes de justificar as nossas posições.



Este pode ser um processo para atingir o famoso Q. Q de quê? Q de qualidade, Q de que sono.... Boa noite!



[Error: Irreparable invalid markup ('<p<os>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<p>Hoje falava eu com uma grande amiga nossa no messenger, e diz ela:
-Sabes que o Watergod faz hoje anos?
-A sério? bolas ninguém me disse nada, e agora? Vou inventar o quê para escrever no post?
-AH eu já fiz a minha parte, agora é contigo!
-Bolas!!!!

Comecei por ficar preocupada com o que iria dedicar ao nosso "querido" WG, quando subitamente se fez luz! Nem mais... vou ver se encontro algo na net sobre escárnio e maldizer! (sim porque se fosse eu a escrever, este post não saía hoje)
Abro o browser, escrevo escárnio e maldizer (a pensar em Gil Vicente) faço a pesquisa e abro um url ao calhas... na mouche!
Water escolhi este texto para ti... por várias razões ehehehehe... desejo-te o melhor dia de aniversário de sempre... e que fiques na nossa companhia anos e anos e anos.... ah, e que também vás ao almoço de Natal do UJ, claro. PARABENS seu lampião!!!!!</p>
<table border="0" cellpadding="0" cellspacing="0" width=100%><tr><td align=center><BR><BR><a href="http://bbb.blogs.sapo.pt/arquivo/sea-chair.jpg"><img alt="sea-chair.jpg" src="http://bbb.blogs.sapo.pt/arquivo/sea-chair-thumb.jpg" width="342" height="400" border="0" /></a>
</td></tr></table>
<p><strong>A auto-critica</strong></p>

<p>Já é tarde, estou cansadíssimo e bebi uns copos. Devia ir deitar-me, mas há uma vontade quase masoquista que me impele a escrever este artigo. É preferível que ficar com as ideias à roda e não conseguir dormir.</p>

<p>Não sei bem como começar nem como vou explicar, nem onde isto vai parar. Está bonito isto... O tema que quero abordar é a falta de espírito auto-critico que reina nos dias de hoje. Para o enquadrar na filosofia editorial da AMD posso dizer que quero dizer mal da cegueira que nos atinge quando analisamos os nossos actos e pensamentos.</p>

<p>Se o leitor sofrer deste problema não vale a pena ler o resto, pois não vai aceitar nenhum dos argumentos ou pontos de vista por mim apresentados. Ou pelo menos não vai pensar na primeira pessoa. Vai pensar "...sim, conheço pessoas dessas...". Por outro lado, se acha que sofre deste problema, então as probabilidades de sofrer diminúem, pois o reconhecimento do problema é o primeiro passo da terapeutica. Em resumo, qualquer que seja o seu caso, penso que o impacto destas palavras será quase nulo. Mas quem aqui escreve escreve porque gosta, e neste caso particular porque quer dormir bem.</p>

<p>Se ainda aqui está é porque o anterior parágrafo conseguiu o objectivo: Captar-lhe o interesse pelo despertar da curiosidade. E então é assim: É lindo ver como as pessoas se comportam após fazerem uma asneira, ou quando são confrontadas com argumentos que ponham em causa as suas opiniões impulsivas. Dá-se uma cegueira momentânea (mais ou menos prolongada) que nos leva a usar argumentos mais ou menos ridiculos para em vão justificar-mos a nossa posição. A culpa é sempre e automaticamente dos outros, ou pelo menos EU tive razões para agir assim, ao contrários dos OUTROS em situações idênticas. Hoje criticamos um anónimo e amanhã fazemos o mesmo (nunca é o mesmo na nossa opinião, mas na prática é).</p>

<p>Estão a perceber? Se calhar não, pois como já disse tenho as ideias baralhadas. Vamos ao caso concreto que me levou a pensar nisto:</p>

<p>Numa aula onde o professor tentava explicar o que era a motivação para efectuar uma escolha de compra, dizia o Sr. que na maioria dos casos não temos competência para avaliar o produto, e deu o exemplo de uma fatiota. Podemos ver um que assente bem, mas se custa 20 contos desconfiamos. Se lhe dermos uma marca com dois nomes (Hugo Patrão, Máximo Serviço etc.) e lhe aumentarmos o preço então aí sim. Temos uma bela farpela!</p>

<p>Ora, o mais bem vestidinho dos pupilos discorda imediatamente!... Nem sempre o mais caro e de marca é o melhor. EU não vou nisso... tenrinho, claro:</p>

<p>Prof: Hehe... Sabe-me dizer se o seu fato é MELHOR que o do seu colega aqui?</p>

<p>Pupilo: erm.... bem, quer dizer..</p>

<p>IRRA!! É claro que não sabe dizer. Possivelmente nem distingue lã de fazensa, tirilene de bombazine ou ganga de sarja. E tunga! 1 a 0 ganha o professor.</p>

<p>Mas mais adiante o bem vestido insiste... "Eu ainda discordo..."</p>

<p>Claro que discorda. A falta de espírito auto-crítico não lhe permite assumir-se como mais um troféu a favor do marketing. Mas é só por isso que discorda, pois da boca não lhe sai nenhum argumento válido. Tem um nó no cérebro. E é aí que o professor se sai com uma espantosa...: "Oh homem! Você vestido como está nem devia abrir a boca...". Não foi democrático e provavelmente foi anti-pedagógico, mas foi mesmo na mouche! Tão na mouche que nem obteve nenhuma reação dele. Dele sim, porque a miss Classe 99, que estava presente envergando uma fatiota que lhe assentava como uma luva balbuciou: "Oh Sr. Professor, olhe que a forma como estamos vestidos não tem nada a ver...". Hehe... Que ideia... Tunga!! Na mouche parte II. Tudo quanto era auto-defesa na moça eriçou-se, e olhem que até à afirmação do professor não tinha aberto a boca... Foi mesmo naquela altura... Muito giro de ver.</p>

<p>Só a Miss Grunge 99, também lá presente, foi capaz de fazer frente ao professor dizendo que ele tinha de ouvir todas as opiniões. Certo. 100% de razão, mas ali não havia opiniões. Só reacções de auto-defesa a despontarem por todos os lados. E porquê? Porque não somos capazes de pensar: "Olá!! Será que isto me acontece a mim? E até que ponto? Em que situações? E porquê?. Não.... Dizemos logo: "Essas pessoas que se deixam enganar são parvas. Eu não sou parvo, logo não me deixo enganar, logo a minha escolha é consciente". Claro que não é, e daí o nó no cérebro.</p>

<p>É como no trânsito. Quando não é connosco são todos uns assassinos inconscientes. Se por acaso a asneira é nossa, é o outro que não avisou que ia ultrapassar, ou que vinha muito depressa etc., etc.</p>

<p>Ou como as críticas que se fazem por aí. O trabalho dos outros é sempre mau... Se perdêsse-mos, ou melhor, se usásse-mos o tempo que gastamos a criticar os outros a avaliar o nosso trabalho, as coisas seriam bem melhores.</p>

<p>Já perceberam agora? Não?! Claro, não leram com atenção! Ops.... Lá estou eu... Vamos ao espírito de auto-crítica... Senão perceberam pode ter sido por várias razões: Não leram com atenção, EU não expliquem bem, estamos cansados, etc. ...Resultado? Começamos a fazer as coisas de forma mais consciente, e por isso seremos capazes de justificar as nossas posições.</p>

<p>Este pode ser um processo para atingir o famoso Q. Q de quê? Q de qualidade, Q de que sono.... Boa noite!</p>

<p<Os melhores cumprimentos deste vosso amigo,
Prof. Victor Malicias
Doutorado na arte de mal dizer pela Universidade da Vida.</strong></p>

<p>in: http://amd.domus.online.pt:8080/</p>

<p><strong>PARABENS WATERGOD!
PS. O post do almoço de natal, está mesmo abaixo deste para comentarem...precisamos de saber se vão ou não, ou se têm dúvidas!!!Comentem, ou o patinho morre!</strong></p>

Impressão Digital Cereza às 14:14
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (33) | Adicionar aos Favoritos
|

Almoço de Natal do UJ

E aqui estão as novidades sobre o próximo almoço. A luadourada é que o está a organizar, mas teve o incansável apoio da Driade e Shikote, para vos informar de todos os pormenores. O nome do restaurante será informado pela lua, por mim, ou então por mail. Qualquer dúvida podem deixar nos comentários.




16525_1128280969 copy.jpg

(Foto enviada pelo Shikote)



Almoço de Natal do Urban Jungle


Excelentissímos con_BLOGUISTAS:



Digo-lhes, hoje, meus amigos, que apesar das dificuldades e frustrações do momento que o país e o mundo atravessam, ainda tenho um sonho. É um sonho profundamente enraizado no sonho Urban-Jungle.



Tenho o sonho de ver este Blog levantar-se e viver o verdadeiro fim para que foi criado, a crença suprema na opinião individual dos seus frequentadores e na qualidade dos seus textos.



Tenho o sonho de reunir e sentar os bloguistas à mesa da fraternidade em perfeita confraternização, na margem sul do rio que banha a capital da nossa ditosa pátria.



Tenho o sonho de ver a saudade, um sentimento angustiante, sufocado pelo calor da ausência, ser transformada num oásis de felicidade, união e irmandade.



Tenho um sonho, hoje.



Tenho o sonho que nesse dia todos os vales serão elevados, todas as montanhas e encostas serão niveladas, os lugares ásperos serão polidos e os lugares tortuosos serão endireitados e a glória da amizade será revelada, e todos os seres a verão conjuntamente.



Tenho um sonho, hoje.



Tenho o sonho que no décimo dia do mês último deste ano do Senhor de dois mil e cinco, passado que for uma hora do meio do dia, se juntem as almas para um repasto de alimentos vindos do reino de Poseidon e a quem Santo António um dia pregou, acompanhado pelo néctar dos deuses.



Tenho um sonho, hoje.



O sonho de mais uma vez estarmos juntos numa harmoniosa cumplicidade.




Data: 10 de Dezembro de 2005


Local: MONTIJO

Hora: 13:00 horas



Ponto de Encontro: Igreja Matriz do Montijo, às 12:30 horas.



Menu: Rodízio de peixe grelhado (carapau / sardinha / besugo / dourada / lula).



Preço aproximada: 15 € (inclui: sopa + rodízio + vinho da casa (ou sumo) + café + digestivo + sobremesa (salada de frutas ou mousse de chocolate).



Confirmação da presença até ao dia 04/12/2005 por e-mail a enviar para a.p.correia@netcabo.pt, no qual deverá constar o n.º de pessoas, o endereço de e-mail e o n.º de telefone para contacto.



Nota: Pela proximidade da época Natalícia, cada “inscrito” deverá fazer-se acompanhar de uma lembrança no valor máximo de 5 €.



Lua, Driade e Shikote


Impressão Digital Cereza às 03:02
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (37) | Adicionar aos Favoritos
|
Quarta-feira, 26 de Outubro de 2005

^Angels Fly^

Reamonn para dois amigos... Erina e Flyman...Angels Fly


setmefree copy.jpg


Estava aqui a ver videos dos Reamonn, e lembrei-me do concerto que fomos ver no inicio deste verão juntamente com a alic.
Tenho já aqui uma fileira enorme de textos para pôr no UJ, mas não resisti a dedicar-vos esta musica, meus queridos amigos! Adorei estar com vocês. Um beijo...AH, reparem como o baterista trata aquelas "baguettes" neste video...LOLLL... Uma delas está aqui, mesmo á minha frente :)



""Angels Fly":
"Now is the time", she'd say, "to live the dream"
And she told us how she could fly
And she said "no need for goodbyes"
For we'd see her there in the skies where angels
fly Angels Fly
She stayed a while that summers day
Spoke through a smile of how she'd go away
I saw in her eyes her pain
She took my hand and said it'd be ok
And now she's soaring up through the sky
And she takes us all in her flight
And she told us the reasons why Angels fly, Angels fly..."



PS. Paineleiras, paineleiros, comentadores e visitantes já há um novo almoço do UJ marcado... Está a ser organizado pela nossa Lua....voltem daqui a pouco, que ainda hoje deixo aqui novidades!


Impressão Digital Cereza às 03:17
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (26) | Adicionar aos Favoritos
|
Segunda-feira, 24 de Outubro de 2005

A vida real

Não é apenas um texto, ou um romance... é uma história de vida.


080_6540157~The-Kiss copy.jpg


Invoco um sonho e deixo-me levar pela sua aparência, anseio por um destino e deixo-me morrer na subtileza.
Com os olhos vazios, passo algum tempo a sobrevoar o conhecimento da escuridão. Como uma criança nascida na chuva, condeno-me a ficar para sempre gelada por dentro.



Talvez me sinta amada como nunca o fui. Quando te imagino a beijar os meus lábios e poderes finalmente amar-me também, quando desejo fazer parte de todos os sorrisos e secar todas as lágrimas, o meu corpo fica limitado à dor que afinal me abraça e sei que não posso continuar a hesitar. Sabes bem que dei todo o meu ser, dei tudo de mim, fiz o impossível, que era acreditar no possível, poder amar-te para sempre com todas as minhas forças, esperar um novo dia com a certeza de te encontrar.



O silêncio, contudo, tomou conta de mim.
Não vale a pena contar como nos conhecemos, basta dizer que nunca dois olhos chegaram tao fundo como naquele dia… Depois de uma série de jogos acabamos por nos render. Sabes o que mais gostei? Os nossos olhares compreendiam-se, as mãos sabiam por onde, como e quando andar. Ambos sabiamos (e sabemos) que não há no mundo outros seres capazes de nos completar como nós nos completavamos. Há um olhar teu que nunca esquecerei… fez-me sentir viva, amada e desejada. Claro que a seguir a tanta paixao vem a decadencia…



Estou certa de que nenhum de nós conhece agora o sol, sinto-me retida na sombra, não deixes crescer em mim o ódio de te querer ver de novo, sei lá para quê...
Morri no instante em que pensei ter começado a viver, porque não era possível continuar vazia por dentro.
Compreendi a causa do nosso afastamento. Eu sei que me estava a desviar do caminho desejado pela sociedade, mas será que o que sentiamos um pelo outro não valia a pena? Agora que não te vejo, olho para dentro de mim e é como se encontrasse cicatrizes do nosso amor, pedaços de mim e de ti, dantes ligados, agora sem rumo no meu coração.



Chegamos a um ponto onde praticamente nao falavamos. Mensagens que não eram respondidas, telefonemas não atendidos, cartas lidas com dor mas nunca respondidas… Sei que também sofreste com a tua decisão, mas a dor que senti naquela altura era de morte. Passava os meus dias com o pensamento “É noite e não sei onde estás. Queria ter-te a meu lado...”



Dois anos passaram (como é possível que a minha vida tenha estancado durante esse tempo?), foram tempos de loucura em que nunca imaginei que um ser humano pudesse sofrer tanto. Por vezes dizias-me uma ou outra palavra tentando tranquilizar-me. A minha resposta era sempre a mesma “Como pode estar tudo bem se estou sem ti, aqui nesta casa onde não queres entrar, alimentada pela esperança de te encontrar e, apesar disso, vencida pela saudade de te ter perdido.”



Mais tarde descobri o motivo para me teres afastado de ti… Foste pelo caminho fácil, tornaste-te traficante, dos pequenos, quase por brincadeira, mas sabias que não era coisa de miudos e nunca me quiseste perto nem me quiseste contra. Mais meses passaram até que a minha suspeita foi confirmada. Deixaste de me esconder essa tua faceta e resolveste levar-me ao centro de onde tudo acontecia. Contaste-me tudo o que se tinha passado nesses anos (que foram anos de vida perdidos e anos de dor ganhos) e mostraste-me mesmo como tudo era.


Ao fim de tanto tempo voltei a olhar esses teus olhos, que apesar de mais baços ainda deixavam transparecer todo o carinho que por mim tens. Confesso que quando me fui embora chorava como uma perdida. Podia aceitar muitas outras histórias, mas aquela não podia estar a contecer. Como se nao bastasse voltaste a fazer de mim a tua confidente. Nem imaginas o quanto eu sofria quando me dizias que tinhas estado outra vez detido. Coisas leves, mas que marcam a tua vida.



Não aguentei mais e contei a uma pessoa da tua família. Desde que conheci a tua mãe que soube que tinhas ali uma amiga, mas que tu não querias confiar (talvez por saberes o quanto ela também iria sofrer). Quando contei fi-lo porque já não tinha forças para continuar a suportar sozinha aqueles teus segredos. Pensei que assim te poderia esquecer de vez, tirar-te da minha vida…



Todos os dias me interrogo se foi a decisão certa, se não teria sido mais corajoso e digno vencer o orgulho, domesticar a raiva e controlar o ciúme, renovar o meu amor por ti. Não fui capaz, talvez a outra que não tivesse gostado tanto de ti fosse mais fácil continuar, pôr-se em causa, modificar-se.



Mas aconteceu o que eu não estava à espera. A tua maior amiga pediu-me algum conforto e eu não fui capaz de lhe dizer que não. Claro que disto nunca soubeste… Quando a tua família toda ficou a saber pensei que me ias odiar com toda a tua força. Mas não! Apenas disseste que eu te tinha traido, mas que não me conseguias odiar nem me desejar nenhum mal.



Os anos passam e a nossa história parece nunca ter fim, tu não me deixas esquecer-te e talvez eu não queira que me esqueças… Os anos passam e eu não me consigo apaixonar por mais ninguém… Os anos passam e eu tenho a certeza que nunca ninguém te irá amar como eu amei e que nunca serei amada como fui. Mas mesmo assim gostava de voltar a sentir o calor da paixão e o conforto de um olhar…



A dúvida terrível em que vivo, o dilema que me assalta todos os dias é afinal saber se tudo poderia ter corrido de outra forma, se apesar de tudo o que se passou conservaste alguma ternura por mim...
Percorro a cidade e vejo-te em cada esquina....
De tudo o que em ti amei e não me deste, ficou só agora a cor dos teus olhos, essa luz que me iluminará para sempre...


_Eu_



Impressão Digital Cereza às 20:28
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (27) | Adicionar aos Favoritos
|
Sábado, 22 de Outubro de 2005

A "Metáfora" da Guerra

Uma lição de vida no excelente livro: "A arte da guerra". Foi escrito há cerca de 2500 anos atrás pelo general Sun Tzu, com o objectivo de dividir os seus conhecimentos sobre as estratégias de guerra. Só que o livro tornou-se numa espécie de referência nos mais diversos sectores da nossa sociedade...para políticos, administradores, gerentes de marketing, técnicos de futebol...etc


Sun Tzu era um filósofo, foi nomeado general pelo Rei Ho Lu , da província de Wu. "Diz-se que sob o comando dos dois, os exércitos de Wu venceram todos os confrontos por duas décadas."
O autor deste livro expõe de uma forma quase poética mas racional a importância de planear e motivar para a guerra.


Para atingir uma meta, o autor ensina... "é necessário agir em conjunto, conhecer o ambiente de acção, o obstáculo a ser vencido e, é claro, conhecer seus próprios pontos fortes e pontos fracos."


coe copy.jpg


"Conhece-te a ti próprio e ao teu adversário e em cem batalhas vencerás cem; Se te conheceres mas não conheceres o teu adversário, em cem batalhas vencerás cinquenta; Se não te conheceres nem conheceres o teu adversário, em cem batalhas não vencerás nem uma."


pointer.gif


in: A arte da guerra


Pergunto eu: Não será de facto assim no DIA a DIA???!!!


Impressão Digital Cereza às 16:34
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (45) | Adicionar aos Favoritos
|
Sexta-feira, 21 de Outubro de 2005

Confissão

Que lindo texto este! Também eu tenho inveja disso tudo Lena.


15.jpg


Eu pecadora me confesso...Sou uma invejosa. Perdoem-me os jovens a quem invejo a juventude, os velhos a quem invejo a experiência. As igrejas a quem invejo a tranquilidade, os mares a quem invejo a vastidão. Não concebo nada que eu não inveje.



Os Kilimanjaros e os Saharas, as Patagónias e os Ayers Rocks, põem-me verde de inveja. Os gorilas do Uganda aliam-se aos leões no Quénia e matam-me sem me tocarem. As vinhas do Douro e as planícies do Alentejo, parece que fazem de propósito para me tocar no ponto I e activar a inveja. E como me dói... As pedras do chão da Praça Vermelha, a voz melosa do Leão da Tunísia a contar as aventuras quando era trapezista, a chama das velas que acendo, a aldeia das Velas em S. Jorge, todos os óculos de sol de todos os oculistas, a capacidade do disco do meu computador, o nevoeiro, o Sol e a Lua, a vida desconhecida noutros planetas, o Gagarín, o Mozart, o Einstein, o Vasco da Gama, o Alexandre, o Aquiles... até as cartilagens das asas dos pássaros eu invejo! E o fundo do mar, como será o fundo do mar, que dirá o fundo do mar, qual será o fundo, do fundo do mar...?


Dano-me e enraiveço-me... eu queria ser o fundo do mar! Mas também queria um farol e invejo as capitanias dessa costa fora por terem faróis e eu não ter! Ah... e o chapéu do Indiana Jones, como o invejo, sinto que seria capaz de o roubar! E os dicionários! Deuses dos Olimpos, são cofres de riqueza incalculável com tantas combinações possíveis e todas maravilhosas... porque não posso ser um dicionário...? E uma palmeira... daquelas enterradas na areia quente das praias do Pacifico... ai, que inveja... Rebento de inveja quando ouço vozes a falar outras línguas. Fico roída com os templos dourados da Tailândia, seca de inveja com a verdejante Amazónia…



Isto mata-me pouco a pouco... era tão fácil ter inveja das pessoas que me rodeiam e dos bens materiais que eles possuem...



Lena


Impressão Digital Cereza às 01:25
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (26) | Adicionar aos Favoritos
|
Quarta-feira, 19 de Outubro de 2005

Um Crime!

Acho que quase toda a gente já recebeu este mail com um artigo do jornalista Miguel Sousa Tavares... mas achei-o de tal maneira interessante e escandaloso, que achei por bem, o publicar aqui! Já agora aviso os "paineleiros" do UJ, que já há muitosssss textos em lista de espera :)... o que é EXCELENTE!


EUROS.jpg



Uma história de 2 aeroportos:

Áreas:

Aeroporto de Málaga: 320 hectares

Aeroporto de Lisboa: 520 hectares

Pistas:

Aeroporto de Málaga: 1 pista

Aeroporto de Lisboa: 2 pistas

Tráfego (2004):

Aeroporto de Málaga: 12 milhões de passageiros, taxa de crescimento, 7 a 8% ao ano

Aeroporto de Lisboa: 10,7 milhões de passageiros, taxa de crescimento 4,5% ao ano


Soluções para o aumento de capacidade:

Málaga: 1 novo terminal, investimento de 191 milhões de euros, capacidade 20 milhões de passageiros/ano.O aeroporto continua a 8 Km da cidade e continua a ter uma só pista.


Lisboa: 1 novo aeroporto 3.000 a 5.000 milhões de euros, solução faraónica a 40Km da cidade



É o que dá sermos ricos com o dinheiro dos outros e pobres com o próprio espírito
Ou então alguém tem de tirar os dividendos dos terrenos comprados nos últimos anos.
Ninguém investiga isto?



E sabem quem é o dono dos terrenos da Ota..... Pois é... o Dr. Mário Soares, sabem agora porque é que ele se vai recandidatar ?!!
Porque o negócio com o Cavaco na presidência poderia ser inviabilizado.


De: Miguel Sousa Tavares


QUE ME DIZEM?


Impressão Digital Cereza às 23:36
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (39) | Adicionar aos Favoritos
|

Mais que marketing!

Ora não entendi ainda se isto foi escrito pelo nosso "querido" Watergod, ou se alguém lhe enviou o texto... De qualquer maneira aqui vai!


indomaveis copy.jpg



Sou viciado na minha profissão, o Marketing, e ao contrário da maioria não
aprecio futebol. Mas à minha maneira dei por mim a pensar no fenómeno.

Há dias, no Metro, vi um senhor com paralisia cerebral a coxear pelo cais
fora, com a boca aberta e os olhos tortos, a mão suspensa junto ao peito e
com um boné e uma t-shirt vermelha do benfica, que dizia "Ser do Benfica é
ser Diferente!". O que é uma grande mentira! Pois é, o mau marketing é
característico do Benfica.
O Sporting tem mais classe, tem cartazes que dizem "o regresso dos
indomáveis" ao melhor estilo de hollywood e provavelmente alusivo às
dificuldades do Peseiro em controlar o balneário da equipa. O Benfica tem o
Media Market e o Fernando Mendes.

O sporting tem a Game Box. O Benfica o Kit Novo Sócio.

A claque do Sporting chama-se Juve Leo, em latim erudito. A do Benfica
chama-se NoNameBoys, o que é verdade, visto que a maior parte são ilegais ou
marginais sem documentos. O único latim erudito que o Benfica tem está no
logo (uma roda de bina com uma águia e muitas mais coisas) e num perfume que
se chama "Unum"...

O Sporting tem presidentes com curriculum, o Benfica tem presidentes com
cadastro.

O estádio do Sporting é uma obra do pós-modernismo, uma obra de autor. O do
Benfica é uma uma 'cesta' vermelha grande que baste para acomodar o numeroso
povão.

O ídolo do Sporting chama-se Sá Pinto. O do Benfica chama-se Mantorras. Os
adeptos do Sporting pronunciam esMãn-tora logo seguido de uma gargalhadinha
amarga. Os Benfiquistas pronunciam
"VaiMantooooôrrasVAIVAI!VAICARALHO!AHhhFOda-se".

Os cânticos do Sporting são coisas em francês, cheias de allez, como "Todo o
estádio a cantar, todo estádio a dançar, lá lá lá lá lá allez Sporting
allez, allez Sporting Allez, só eu sei, porque não fico em casa..." Os do
Benfica são "S.L.Bêeee. S.L.Bêeee S.L.B. S.L.B. S.L.B. Golrioso S.L.Bêee
Glorioooso SLBêee" ou então "BENFICA *tum tum tumtum* BENFICA *tum tum tum
Tum* BENFICA"

Conclusão: A comunicação do Sporting é muito superior ao produto ! No
Benfica a comunicação é muito fraca, mas suficiente para o segmento-alvo !</strong>



Um Marketeer


WaterGod



Impressão Digital Cereza às 03:29
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (25) | Adicionar aos Favoritos
|
Segunda-feira, 17 de Outubro de 2005

Maria Madalena: Prostituta, ou a eleita?

Era este o texto que há ando há mais de um mês para publicar... Custou um "cadito", depois de ler o livro, tive de ver alguns documentários, e fazer alguma investigação... acho que me tornei uma perita no assunto que vou expor!


Eu gosto de modas... gosto de estar a par delas... mesmo que não seja uma “addicted”
Falo de moda porque?É que desta falhei...é que só agora li o código Da Vinci. Confesso, gostei, e muito! É de facto um policial, escrito de maneira simples, e sem grandes floreados. Portanto aqui vai um grande lençol!


Mas o mais importante deste policial é que toca em assuntos que nos fazem pensar e abrir novos horizontes, mais que não seja para uma saudável discussão!


homb copy.jpg


Na verdade depois de o ler, comecei a tomar mais atenção ao assunto, vendo documentários jornalisticos e lendo algumas coisas sobre Maria Madalena , o Santo Graal e as pinturas de Leonardo, especialmente "A Última Ceia".


Comecei a tentar entender até ponto estas teorias (já antigas) podem ser credíveis... Ao ler o livro não é possível dizer; "Ah mas isto é mentira, não aconteceu!" Não aconteceu porque? Porque a Bíblia diz que não aconteceu, porque a Igreja diz que não aconteceu? Onde estão as provas de um lado e do outro. Cheguei à óbvia conclusão de que não há verdade absoluta, e que cada um de nós irá chegar a conclusões diferentes.


madalena.gif


No livro para além de Leonardo Da Vinci, a personagem que mais me fez pensar foi a Maria Madalena! O chamado sagrado feminino! O papel da mulher na igreja católica, e consequentemente na sociedade!


Quem foi Maria Madalena?


Maria Madalena, segundo o nosso imaginário, e segundo nos fizeram crer...foi uma prostituta arrependida que passou a seguir Jesus. Estudiosos afirmam que Maria Madalena pertencia a uma linhagem real da dinastia de Benjamim e que tinha um “caso”, ou melhor, era casada com Jesus.. apoiando a teoria na pintura de Vinci “A Última Ceia”, em lendas, livros sobre o tema e nos recentes “Dossiês Secretos” e sobretudo nos evangelhos gnósticos. Gnósticos porque Jesus está dentro de cada um de nós, não há igrejas... há um profundo saber do Homem e do Mundo, "os livres pensadores"!


Segundo Tomé:
"O reino está dentro de vós e também em vosso exterior. Quando conseguirdes conhecer a vós mesmos, sereis conhecidos e compreendereis que sóis os filhos do Pai vivo. Mas se não vos conhecerdes, vivereis na pobreza e sereis a pobreza."


(A Igreja Católica mandou destruir os Evangelhos que poderiam "baralhar" as pessoas em relação á vida de Cristo... mas uma cópia desses evangelhos foi encontrada no Egipto, na aldeia de Nag Hammadi em 1945. A Igreja tem feito um grande esforço para reunir e destruir esses documentos... porquê não se sabe.. mas começamos a desconfiar porquê.)


hunzinger copy.jpg


Segundo o evangelho (gnósticos) de Filipe, Maria Madalena era a companheira de Jesus, ele a beijava com frequência e a amava mais do que a todos os apóstolos. Segundo alguns historiadores a palavra companheira, na época significa exactamente esposa. É claro que nem todos concordam a respeito disso. Há quem defenda que pode significar apenas parceira, mas o que quer que seja, revela que Jesus e Maria tinham um relacionamento próximo. “Ele a beijava com frequência”. Bem, se o que está escrito é verdade, devemos considerar essa atitude um tanto quanto estranha, é que na época as mulheres (judias) nem sequer tocavam um homem que não fosse o seu marido. Mas existe um problema nesta afirmação. Os documentos são extremamente velhos e estão extremamente danificados. Historiadores afirmam que há um buraco onde estaria escrito “boca”. Há espaço para algumas palavras como “pé”, “bochecha”, “testa”, enfim, não se pode saber ao certo onde Jesus a beijava. Mas que beijava, beijava...


"E a companheira do Salvador é Maria Madalena. Cristo amava-a mais do que a todos os discípulos e costumava beijá-la com frequência na boca. O resto dos discípulos ofendia-se com isso e expressava sua desaprovação. Diziam a ele: Porque tu amas mais do que a nós todos? "


gnostic-gospels-med1.jpg


Pedro como primeiro apóstolo sentia-se ameaçado pela preferência de Jesus a Maria. A partir dos apócrifos, acredita-se que Jesus, na verdade, deu a Maria Madalena a função de edificar e dar continuidade à sua igreja, e não a Pedro.
É aqui que começo a pensar realmente duas vezes... Porque razão Maria Madalena não podia ser de facto uma dos apóstolos de Jesus? Porque era uma mulher? E é aqui que está a bomba.... Imaginem uma mulher a exercer um papel tão importante como esse.
A Igreja Católica é essencialmente masculina. As funções mais importantes só podem ser exercidas por homens.


O papa é homem, bispos são homens, Deus é uma figura masculina, Anjos são homens, Jesus era homem, A mulher vem de uma costela do homem, a mulher levou o homem ao pecado. Segundo o Génesis, as mulheres devem submeter-se a seus maridos!! Sofremos no parto a fim de pagar nosso pecado cometido ao induzir o homem ao erro. As mulheres não podem nada, os homens podem tudo. Como ficaria a Igreja se fosse provado que Maria Madalena era a mais importante discípula de Cristo? Como ficaria a Igreja se tivesse ocultado este segredo durante séculos?


De resto nos Evangelhos de Maria Madalena e de Felipe, encontra-se a nítida valorização da mulher, pois em ambos se vê que Jesus fazia revelações privilegiadas a Maria Madalena por ser ela quem mais estava em sintonia com os ensinamentos do Mestre.


jesus_prostituee copy.jpg


Agora gostaria de tocar num ponto muito importante. De onde surgiu a ideia de que Madalena era prostituta? Da Bíblia? Não. Em momento algum a Bíblia diz que Madalena era isso. De resto reparem bem... Maria Madalena é a mais fiel seguidora de Cristo, não o renegou, ela acompanhou-o ao longo do calvário da cruxificação (enquanto os restantes apostolos se escondiam assustados) ela foi a primeira pessoa a quem apareceu após ressucitar. Tudo isto sim é dito na Bíblia. Analisando esses poucos dados, podemos avaliar de forma mais sensata o seu papel diante de Jesus.


Segundo a Bíblia, Jesus expulsou dela sete demónios. O que isso significa? Na época, devido ao pouco conhecimento científico, não se sabia muito a respeito de doenças. O facto de ele ter expulsado dela 7 demónios, pode significar que a curou de doenças, pois eram consideradas demoníacas. Como sempre, tudo o que não se conhece, se teme. Essa é uma suposição, não estou dizendo que é a verdade, mas faz sentido. Mas, o que quer que isso signifique, não foi por isso que Maria ganhou a fama de prostituta... Fácil, o Vaticano disse um dia que Maria Madalena era uma prostituta. Acredito que não foi com de a rotular desta maneira... mas para todos entenderem... que até os mais pecadores podem ascender ao reino do Senhor!


Madalena foi a primeira a ver Jesus ressuscitado e a quem ele ordenou que espalhasse a notícia aos outros. Ora, isso faz dela uma mulher importante! Ou será que ser a primeira a receber a mensagem de Jesus é pouco?
Madalena é pouco citada na Bíblia, mas o seu papel nos evangelhos gnósticos é muito mais relevante. Ela mesma possui um evangelho.
A verdade é que foi o Vaticano que "escolheu" os evangelhos escritos pelos apostolos, que fariam a Bíblia... Alguns deles ficaram de fora. (os gnósticos ) Parece-me a mim que isto dá que pensar!


Rossetti1 copy.jpg


O Santo Graal


A lenda do santo Graal é bastante conhecida e tema de muitos filmes. A lenda mais conhecida diz-nos que o Santo Graal é o cálice utilizado por Jesus durante a última ceia, quando é estabelecida a Eucaristia. Ele oferece a taça aos seus discípulos dizendo “Este é o meu sangue”.


O que os estudiosos nos dizem é algo bastante perturbador. Eles alegam que na verdade, o Santo Graal não é um objecto, e sim uma pessoa. O facto de ser considerado um cálice, é na verdade uma metáfora.


Antigamente, os símbolos de feminino e masculino eram representados por rudimentares simbolos como o /\ para o masculino, e o feminino, exactamente o oposto \/, a representação de um útero, ou seja, um cálice.
O Cálice com o sangue de Cristo seria uma metáfora para um útero, que teria sido supostamente fecundado por Jesus. Esse útero conteria a linhagem de sangue de Jesus. E a mulher em questão, seria Maria Madalena.
O Santo Graal, é, segundo o Código da Vinci, a prova de que Jesus casou-se com Madalena, e deixou descendentes, e que no túmulo de Madalena, e junto aos seus ossos estão uma série de documentos secretos que são capazes de destruir todo o fundamento da Igreja Cristã.


Isso é apenas uma teoria, não há provas que possam confirmar essas afirmações, mas também não há maneira de provar que estão erradas.
Como Brown diz, a história é escrita pelos vencedores. Disso ninguém dúvida... é por isso, que ninguém tem como saber com certeza o que foi que aconteceu exactamente na vida de Jesus. É certo que ele existiu, mas a história de sua vida, assim como sua aparência física e local de nascimento, permanecem um mistério. De resto há grandes lacunas na Bíblia sobre a vida de Cristo, que podem ser preenchidas com informações contidas nos Evangelhos Gnósticos.


O Priorado de Sião


Na primeira página do livro O Código da Vinci, Brown afirma que o Priorado é uma sociedade secreta europeia fundada em 1099 e que existe de fato.
Para comprovar a existência dessa sociedade Brown cita os pergaminhos conhecidos como “Dossies Secretos” descobertos pela Biblioteca Nacional de Paris em 1975. De fato esses documentos foram, mas algumas pessoas defendem a tese de fraude, já que não se pode ter certeza da origem de tais pergaminhos.


Segundo o livro, esta sociedade é formada pelas famílias descendentes de Jesus Cristo e Madalena e foi criada para garantir a sua sobrevivência, pois corriam constante perigo em virtude do medo da Igreja de que o mundo descobrisse a verdade. Entre os grãos mestres dessa sociedade estariam Sir Isaac Newton e Leonardo da Vinci.


autoritratto_leonardodavinci copy.jpg


Leonardo da Vinci - A Última Ceia


Leonardo, como suposto membro do Priorado de Sião, sabia de toda a verdade. Mas, obviamente não podia falar sobre isso abertamente. Por isso, deixou pistas em suas pinturas, para os que têm olhos verem.


A principal pintura é a Última Ceia (feita na parede de um refeitório de um mosteiro em Milão). Esta pintura trata do momento em que Jesus anuncia a seus discípulos que será traído, e ainda por cima, sabe quem é o traidor. Além disso, faz parte desse mesmo momento a instituição da Eucaristia, já que foi durante esta última ceia que Jesus anunciou traição.


Bem, sabendo disso, podemos imaginar o que encontraremos na pintura de Leonardo. Jesus sentado à mesa com os 12 apóstolos, estes por sua vez em estado de choque, pães e um cálice. Mas não é isso que observamos na pintura. Reparem na foto:


obraleo17 copy.jpg


Primeiro que não há um cálice, e sim algumas tacinhas de vidro bem miudinhas, assim como os pedaços de pão. Bem, a grande questão é: Leonardo esqueceu-se do cálice de cristo?? Do Santo Graal? A Teoria da Conspiração afirma que o Graal está lá, ao lado de Jesus. No lugar onde deveria estar sentado o apóstolo João, encontra-se Maria Madalena.
De fato, podemos observar que as feições do indivíduo são incrivelmente femininas.Além disso está vestido com as cores inversas às cores de Jesus. Jesus está de vermelho com um manto azul, enquanto “Madalena”está de azul com um manto vermelho. Podemos notar também que estão unidos pelas mãos enquanto suas cabeças se afastam, formando um perfeito \/, o símbolo do cálice, do feminino.


vinci18 copy.jpg


Podemos notar também que, enquanto todos os discípulos estão gesticulando, espantados, “discutindo”, Jesus e “Madalena”, parecem estar em outro planeta, calmos, serenos, alheios ao que está se passando na mesa.


Alguns estudiosos, dizem que é um absurdo acreditarmos que trata-se de uma mulher no lugar de João. Na verdade trata-se de um rapaz muito jovem, da figura do Estudante, um rapaz de barba feita e traços finos, mas definitivamente um rapaz.


Há um outro elemento um tanto estranho no quadro. Brown diz que há uma “mão”sem dono segurando uma faca. De fato há a faca, mas é bastante óbvio que é Pedro quem a segura. O porque dessa faca, eu realmente não sei... mas segundo um jornalista norte americano:


“...além do que, essa mão não é desprovida de corpo. Tanto um esboço preliminar feito por Leonardo quanto as primeiras cópias de A ultima Ceia mostram que a mão e o punhal pertencem a Pedro – uma referência a uma passagem no Evangelho de São João em que Pedro brande uma espada em defesa de Jesus”.


leo_colt1 copy.jpg


Segundo Brown, a faca seria uma ameaça a Madalena, pois Pedro está visivelmente olhando para ela com indignação. Realmente Pedro está indignado, sua expressão é de raiva e a faca não parece estar ali para defender Jesus.
Cabe a cada um acreditar na que lhe pareça mais convincente.


Enfim, acredito que não possamos chegar a conclusão nenhuma. Mas definitivamente devemos parar para pensar que nada é inquestionável, nem mesmo a fé.


Eu já fui a vários sites sobre estes assuntos, mas sem dúvida o mais informativo e que pode ajudar a entender um pouco melhor este meu texto, está em http://www.misteriosantigos.com/jesus_mmada_davinci.htm



Impressão Digital Cereza às 23:36
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (70) | Adicionar aos Favoritos
|

PARABÉNS Á NOSSA LASKA!

Laskinha fazes anos e não dizes nada???????? E depois dizes que esquecemos sempre de ti!!! Sua malvada!!! Assim nem consegui preparar nada para ti! Bolas!


De qualquer maneira PARABENSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS LASKINHAAAAAAA, QUE CONTES MUITOS E MUITOS E MUITOS....... e muitos anos de vida na nossa companhia!


PESSOAL toca a dar os parabéns á nossa Laska! Peço até aos que costumam vir cá, e não comentam... para deixar uma palavra a esta menina super bem disposta, para ela depois não me bater! Toma lá a minha prenda... um aquário com uns lindos peixinhos lá dentro!


more_12_pis copy.jpg


PARABÉNS LASKINHA E BEIJOKAS DO PESSOAL TODO!


Impressão Digital Cereza às 13:46
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (29) | Adicionar aos Favoritos
|
Domingo, 16 de Outubro de 2005

Se me queres….

No caminho para casa, depois do almoço de aniversário do UJ, um momento de reflexão da Pataniska


loft04 copy.jpg


Se me queres…


…oferece-me… o luar reflectido nos teus olhos…


…surpreende-me…ao acordar… com uma papoila no meio do branco dos lençóis…
…convida-me…para sentirmos nos pés a areia molhada…e no rosto …o vento de um entardecer de Outono…


…lê-me… Maria Teresa Horta…numa manhã de chuva…enquanto me acaricias a nuca…
…canta-me…ao ouvido….e com voz rouca…”as cantigas do bandido”…



Se me queres….nunca deixes de me fazer sorrir….



E …se tudo isto não te chegar…E…se me queres…. Oferece-me mas é uma semana de férias TI numa praia algures no Pacífico Sul!!!...Eu que nem sou esquisita…



PataniskaLight


Impressão Digital Cereza às 23:58
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (17) | Adicionar aos Favoritos
|

Ultimas 3 letras, 3 nomes 3 faces

E para acabar com os nomes, cá ficam as ultimas 3 letras!


Jennifer_Lopez_i_The_15613a copy.jpg


V, de Valdemar a Viviana


Valdemar – Nome germânico que significa “famoso pelo seu poder”.



Valdo – É um nome teutónico que significa “Governa, o monarca”.



Valentim ou Valentina/o – Nomes latinos que significam “forte, saudável”.



Valéria – É uma variante de Valentina.



Valter - Nome muito usado no Brasil. Porém já existem muitos meninos portugueses com este nome. Costumam ser bons comunicadores, mas preguiçosos.



Vanda - Nome germânico que significa “protectora dos vândalos” ou "peregrina".
Indica uma pessoa com grande possibilidade de desenvolvimento espiritual, que só consegue triunfar quando concilia o lado material da vida com os anseios místicos.



Vanessa - Designa um tipo de borboleta e indica uma mulher que gosta de conforto e harmonia. Vanessa é dedicada mas um tanto ou quando volúvel, o que faz com que tenha
frequentemente novas paixões. Nome inglês. Supõe-se que tenha sido o escritor Jonathan Swift (autor das “Viagens de Gulliver”) quem o inventou em honra a uma amiga e o popularizou no poema “Cadenus and Vanessa”.



Vânia - As meninas que foram baptizadas com este nome são possessivas e ansiosas.



Vasco - Significa "corvo pequeno" e refere-se a um homem calmo e controlado, que só perde a calma que o criticam injustamente.



Venância/o – É um nome latino que significa pessoa que é “caçadora e gosta de caçar
veados”.



Venceslau – É um nome eslavo e significa “coroado de glória”.



Ventura – É um nome latino que significa “o que terá felicidade”.



Vera - Geralmente, são pessoas que têm uma noção clara dos problemas da vida.
Além do mais, têm bom senso e são cuidadosas na forma de lidar com as pessoas de quem gostam. Vera significa "verdadeira". É um nome latino que significa “verdadeira, fé, fidelidade”.



Verónica – É uma variante de Berenice. Significa “a que trás a vitória”.



Vicenta – É um nome latino que significa “conseguiu a vitória”.



Vicente – É um nome latino que significa “o que terá felicidade”.



Victória – É um nome latino e a variante de Vicenta.



Victorino – É um nome latino que significa “pequeno vencedor”.



Vilma – É um nome germânico, variante de Guilhermina e significa “a que protege de firme vontade”.



Violeta – É um nome latino que significa “a modesta”.



Virgílio – É um nome que deriva do latim e significa “o que tem gentileza e frescura”.



Virgínia/o – É um nome latino que significa “puro e simples”.



Vital, Vidal, Vitalício ou Vitaliano - São nomes que variam do latim e significam “jovem e forte”.



Vítor - É um homem sensível, amável, harmonioso e que transmite muita paz.
Este nome significa "vencedor".



Viviana – É um nome celta e significa “a pequena”.


Alexande copy.jpg


X, de Xavier a Xerazade



Xavier - "Casa nova" é o significado deste nome que caracteriza uma pessoa cuja atitude de desconfiança e frieza não facilita a sua vida. Xavier também é ambicioso, sério e severo. Porém, no fundo, é um homem sensível.



Xerazade - É um nome pouco habitual entre nós. Caracteriza uma pessoa com uma certa tendência para a melancolia. Talvez por isso seja sonhadora.


Ci5kS copy.jpg


Z, de Zacarias a Zulmira


Zacarias - É o nome de um homem que estabelece metas para si próprio e trabalha árduamente até alcança-las. Geralmente, consegue tudo aquilo que deseja e não se importa de partilhar as suas conquistas com a sua companheira. Zacarias tem, origem hebraica e significa "aquele de quem Deus se lembrou".



Zaqueu – É um nome hebraico que significa “puro, inocente”.



Zahira– É um nome árabe que significa “a que floresceu”.



Zara– É árabe que significa “está cheia de flores”.



Zita - É uma mulher terna, caprichosa, submissa, protectora e egoísta. Zita é uma derivação de Felicitá e trata-se de uma pessoa que vive ligada a memórias da infância.
É um nome persa que significa “mantém-se virgem”.



Zeferino - É agressivo quando é contrariado ou quando as coisas não lhe correm como tinha planeado. É corajoso e orgulhoso.



Zuleica – É um nome árabe que significa “mulher formosa e roliça”.



Zélio/a - Possuidores de grandes alterações de humor. São pessoas que preferem a rotina à mudança.



Zulmira - Significa "excelente" e indica uma mulher inteligente e determinada, que sabe aquilo que quer, e que tem uma especial aptidão para as artes.



em: Http://AnjoDGuarda.PT.VU
By Rui Fernandes



Impressão Digital Cereza às 18:22
link do post | Rugir | "Ouvir" Rugidos (11) | Adicionar aos Favoritos
|

av_fever01.gif

.Urbanidades Recentes

. Aberto: Rui Pedro e Anoré...

. FIM

. Porque eu? porque isto? p...

. Mulher

. Hannibal - Rising

. ...

. Voltaste meu amor...

. Falling

. ...

. Uma brincadeira...

. SuGeStÕeS:

. Pedofilia ou Amor

. coragem!

. Feliz Natal

. Ainda Tango...

. Destaque no sapo: poema d...

. Sonho § Realidade

. Do Flyman

. (...)

. Parabens Lua

av_jml12.gif myarms-yourhearse.gif

.Selvas já Visitadas

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

10MM.gif

.Procura no UJ

 

.Posts Favoritos

. Falling

. Destak

. UJ no DN

. Putas, Prostitutas (os) e...

. Casos Reais: Putas, Prost...

. Maria Madalena: Prostitut...

. "Schindler português"?

. Dedicado ao meu Pai!

. Caso de Vida

. Os BrancosNegros ou Negro...