Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2005

A primeira vez!

"O primeiro concerto... hummm... tenho estado para aqui a pensar... Acho que foi num espaço reservado para 50 pessoas... Acho que conhecem o conjunto musical: ROLLING STONES!!! Fui buscá-los a Berlim logo a seguir ao concerto que lá tinham dado! Chegaram ao avião ainda com a roupinha de palco, improvisaram uns reposteiros que dividiram o avião em 5 ou 6 partes, mudaram de roupa, sentaram-se e arrancámos para Lisboa. Eu, como chefe de cabine do voo, dei-lhes as boas vindas e umas ofertas da companhia. Depois do mata-bicho (o Keith Richards não deu hipótese ao bicho, com uma garrafinha de Jack Daniels só para ele... eheheheh), não é que o Mick Jagger vem pedir para cantar ao microfone (P.A.-Public Adress lol) do avião?!!! Então lá veio ele e mais outros da comitiva, e lá fizerem uma cantata ali mesmo junto a mim e ao resto do pessoal da tripulação, só pelo gozo de cantar... e nós não estavamos a acreditar na singularidade do momento. A Mandy Smith, companheira da altura do Bill Whiman, ainda foi à carteira de uma colega minha buscar o baton para pintar as beiças... Enfim, gente fina... lol Isto foi em Junho de 1990 num voo da Air Atlantis, especialmente fretado pela banda... Único!..."

flyman
@ dezembro 7, 2005 03:04 PM



Quem não se lembra do primeiro concerto a que assistiu? Eu nunca me vou esquecer!




bryan-ferry.bmp

As primeiras grandes bandas só começaram a chegar a Portugal alguns anos após o 25 de Abril. Até então restava imaginar como teria sido o "tal" concerto dos Pink floyd, dos Genesis, Supertramp... nas suas tournés pelo mundo. Claro, Portugal passava sempre ao lado.



Quando ainda era uma "teenager inconsciente" uma das grandes bandas que sonhava poder ver um dia, eram os Roxy Music... mais pelo vocalista claro! Lembro-me como se fosse hoje - ainda vivia em Faro - chegar ao café e dizerem-me "Cereza" o Brian Ferry vem cá! Claro que não acreditei...impossivel! Um concerto em Portugal, não podia ser! Lá me disseram para ir ver o cartaz na montra de uma loja... e lá fui eu a correr! Bingo!! Os Roxy vinham mesmo a Portugal, e ainda por cima o concerto era no estádio do Farense (era Verão, e o Algarve estava replento de gente, a passar férias...para variar)!



Nunca mais me vou esquecer... eram 17 horas de um sabado, um calor de "morte" e lá estava eu numa fila enorme, para entrar no Estádio do Sporting Club Farense! Consegui ficar lá mesmo á frente, bem perto do palco... nos dias seguintes não conseguia pensar noutra coisa!



Depois disso, foi a dezenas de concertos. Rolling Stones, Prince, Tina Turner, Joe Cocker... enfim... alguns nem me lembro bem deles... mas Roxy ficará para sempre na minha memória!

E tudo isto a proposito porquê? Porque num dia destes, no UJ assim que se falou de concertos, foi tudo ao album de recordações... Por isso "Let´s take a walk down memory lane" e recordar o vosso primeiro "concerto"! Lembram-se da emoção de ir ver uma das vossas bandas preferidas ao vivo? Contem! Toca a aquecer para o almoço no dia 10...

Já agora, para quem ainda não sabe... foi alterado o restaurante... falem com a Lua ou com a Driade!

Até lá..."Don´t stop... don´t stop the dance"!


roxy copy.jpg


"Mama says: truth is all that matters
lying and deceiving is a sin.
Drifting through a world that's torn and tattered;
Every thought I have don't mean a thing.
Don't stop
dont' stop the dance.
Don't - mama says - don't stop the dance.

Mama says: love is all the matters

beauty should be deeper than your skin.
Living for the moment
lips and lashes;
Will I ever find my way again ?
Don't stop
don't stop the dance.
Don't - mama says - don't stop the dance.
Don't stop
don't stop the dance.

Mama says: only stormy weather

don't know why there's no sun in the sky.
Footsteps in the dark come together..."



Impressão Digital Cereza às 02:55
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
31 comentários:
De manel a 14 de Março de 2009 às 17:39
O meu primeiro Concerto, a sério: http://photos1.hi5.com/0000/179/164/62Y753179164-02.jpg
Tinha 16 anos. Mt bom
Bilhete original;)


De Selvagem Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 09:49
Não vos vou contar nada de muito emocionante LOLOLL O primeiro concerto a que fui deve ter sido aí há uns 15 anos atrás, altura em que eu era a maior fã de Bruce Springsteen lá do infantário... bom, já não devia ser infantário, talvez fosse escola primária...! Enfim... Lembro-me tão bem da excitação, da ansiedade, o que me fartei de pedir aos meus pais para me levarem... :) Cheguei ao estádio de Alvalade imensas horas antes, e era a primeira que entrava num estádio. Foi uma experiência e tanto... poder ver toda aquela gente a entrar, todos crescidos, e íam ver o mesmo que eu! Os meus pais eram de facto uns tipos muito "fixes"! Quando vi o Bruce entrar em palco nem quis acreditar, aquilo foi mágico. O meu pai teve de me por às cavalitas porque, quando a malta selevantou, ali a anã não via nada. Enfim... foram aí uns 30 minutos de sonho, à espera de ouvir "Born in the U.S.A."... e teria ouvido, não tivesse eu sido vencida pelo cansaço. Ao final da primeira meia hora do concerto já eu dormia, como uma justa, ocupando os lugares dos meus pais e de um amigo, que cantavam e pulavam pertinho de mim. Para falar verdade, nem me lembro como fui para casa, possivelmente ao colo... mas adorei e nunca me vou esquecer do meu primeiro concerto!Safira
</a>
(mailto:ana.f.ferreira@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 10:03
Neste campo considero-me uma pessoa de sorte e de elevada experiência!! Um dia ofereceram-me uns bilhetes pra ir ver o Elton Jonh: tive uma trombofleubite e fikei em casa. Noutra ocasião comprei bilhetes já nem sei pra quê: parti um joelho uma semana antes. Noutra ocasião ainda, depois de muita insistência por parte duns amigos, fomos a Alvalade (ver kem...?) Quando íamos a entrar revistaram os sacos e viram que levávamos sandes em papel prata... kiseram abrir os nossos deliciosos pãezinhos, foi uma confusão enorme mas lá conseguimos entrar. Porém, perdemo-nos dos outros todos (num havia telemóveis...) e ficámos fora do sitio... também ficámos fora de nós quando, antes do espectáculo, ao fazerem a onda, um tipo à nossa frente que levou binóculos, levantou os braços e acertou com aquilo na cabeça do meu marido... tão a imaginar...? cabeça aberta, sem sandes, perdidos na multidão... olha lá e se nos fossemos embora...? e fomos concertar pra outro lado que num digo que num tem nada a ver com este assunto... /// Portanto, já sabem, se kerem relatos de alguém experiente em concertos... falem comigo... que eu mudo de assunto... LOLLLbonecarussa
</a>
(mailto:bonecarussa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 10:08
"Consegui ficar lá mesmo á frente, bem perto do palco..." a sério?? :PPP. Não vou contar nada acerca deste assunto, porque nunca fui a nenhum concerto desse tipo. Lembro-me de dizer que se um dia o Phill Collins viesse a Portugal o iria ver, mas quando ele veio eu estava muito grávida e sem condições de me meter em apertos e não fui. Disse para comigo, que quando ele voltasse novamente o iria ver, acontece que ele veio novamente cantar, mas coincidiu com o dia de aniversário da minha filhota, claro que voltei a não ir, mas se tivesse ido sei que teria adorado!! Outra pessoa que nunca veio a Portugal e que eu gostaria de ouvir cantar ao vivo era a Barbra Streisand, que voz que aquela mulher tem... gosto muito de música, qualquer que seja o tipo, mas admiro muito estas duas vozes :).^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 10:08
O meu primeiro concerto foi Paulo Gonzo (que eu até nem gostava) e os Silence Four (que eu venerava). Foi no pavilhão Rosa Mota e fui levada de surpresa. Estava lá sentada a pensar que ia ver mais um jogo de andebol, quando comecei a ver aquelas luzes todas. Bem, foi do melhor que há! Entretanto já fui a mais alguns de pouco interesse, mas lembro-me bem em 2004 ter ido feita tola sozinha pra Vilar de Mouros e ter ouvido quase em transe o Peter Gabriel. Nesses dias fiquei desiludida foi com o Bob Dylan que parecia que a qq momento não ia aguentar e cair para o lado. E depois há os concertos da queima que são do melhor. Há uma banda portuguesa que eu adoro ver ao vivo, que são os Clã, pq têm uma energia fenomenal. Quanto ao próximo concerto vai ser para a semana... vou ver Anathema aqui na Finlândia. Foi uma prenda de Natal que dei a mim. Eu bem que pedi aos meus amigos e cheguei a escrever no meu blog se eles não me queriam dar uma prenda de anos adiantada... é que os Rolling Stones vão estar no Estádio do Dragão no dia dos meus anos. Mas pelos vistos ninguém ficou convencido... :( Vidas! Vanessa
(http://triptofinland.blogspot.com)
(mailto:mina_aeternus@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 10:46
Bem queria dizer algo, mas não poxo e sabem porquê???? Nunca fui a nenhum concerto :))))... Mas uma coisa é certa prometeram que iam fazer um no dia 10 no nosso almoço ihihihhi e mais não digo :)))luadourada--
</a>
(mailto:ermelinda_1955@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 10:54
Lembro-me do 1º concerto que não fui..Genesis em 75!!Era menor, e fui proibida,chorei que nem uma perdida.. LLooLL Depois resolvi o assunto e fui a imensos...txiii já foi há tantos anos,vi Simple Red ao pé do Rui Rainho aiiiii...Vi James Bronw,e estive com os musicos no bar do pavilhão de cascais,no Restelo tb vi alguns,enfim...E as noites do cascais jazz,eram maratonas,isso sim!!!Para contrariar,o ultimo que vi,foi um espectaculo de ópera hall-La Traviata,no pavilhão atlantico,que foi simplesmente fantástico!!!E não vou dizer mais nada...q só tenho 20anitos,e vi muito pouca coisa:PPmarta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 11:01
Ahhh Cereza!!Mas o Brian Ferry,para além de ser giro,giro,giro...andava sempre bem acompanhado...acho que era todo o conjunto que me fazia sonhar.AAAAIIII SUSPIRO*ehehehemarta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 11:06
Esqueci-me de dizer que tive a sorte de ir de graça à maioria dos concertos. Ganhava os bilhetes em concursos. Até cheguei a ser gozada, passavam a vida a dizer-me aos ouvidos: sorte no jogo, azar no amor. E eu importada! Também me esqueci de uma parte gira, que me lembrei depois de ver o comentário da Lena. No último concerto dos Da weasel no Coliseu do Porto (que tb ganhei o bilhete) eu estava com uma ruptura no joelho. Desistir de ir ao concerto nem pensar! Então levaram-me pra um lugar sentado, perto lá dos big boss. Que chatice... :)Vanessa
(http://triptofinland.blogspot.com)
(mailto:mina_aeternus@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 11:07
A minha vida por motivos vários: estupidez natural, karma, azar destino,e mais qualquer coisa q ainda n descobri... parou aos 20 anos e recomeçou aos 39. Até aos 20 n ia a lado nenhum desses pk me podiam raptar...dos 20 aos 25...não ia...acho tb pk me podiam raptar...depois ainda tive para ir ver os Rolling Stones...adoeci com robélua, q por acaso era um exantema provocado por um medicamento...dos 28 aos 39...acho q o mais próximo q eu fui de um concerto, foram os bailes dos santos populares...era bom...exelente... comia uma patanisca bebia uma bejeca....e aturava as bebedeiras do meu ex e dos amigos dele...Ainda fiz várias tentativas para irmos os dois a concertos....mas coitado do ex... não tinha tempo, tinha q estar com a barriga encostada ao balcão do café a dizer babuzeiras e a beber "minies"! Enfim...aos 39...Sudoeste!!...Espectáculos no CCB (2 e pk n paguei q me arranjaram convite)!!... ainda comprei bilhetes para o SEAL...pois...andava toda contente... mas foi cancelado. Mas embora adore concertos e até fui ver a Tina...o Eros....o Joe Coker. O espectaculo q mais adorei foi no CCB "Tango Metropólis". Ouvir aquela orquestra onde o bandoléon parecia q chorava a tocar Piazzola...foi das coisa mais linda q eu vi/ouvi, comovente mesmo...e as lágrimas cairam-me desta vez de alegria e comoção :))) PatanisKa
</a>
(mailto:sissacc@hotmail.com)


Ah... Comenta-me