Domingo, 6 de Novembro de 2005

Menina Texazinha

Alguém me traduz?


p7098 copy.jpg


Menina Texazinha,

Increbo-lhe a dar-lhe nobas cá da Ameijoeira do Arregaça, pruqe a menina num põenhe cá os cotos bai pa maise de mezes.

Poize a vila tem tido muta animasson, primeiru por conta das ileissões pa Junta! Ganhou o sinhor Dótor Almerindo qé muto boa peçoa e muto amigu do pobo! Beja lá qele inté andou a ofresser salpicões çem pedire nadinha! Aquele ome inté debia ganhare o tal prémio Móbel.

Maze já se sabe qá genti muto inbejosa e oube algums qe fizeram a desfeita de num asseitar !

Deziam eles, qe por cosa do salpicão iamos alebar cu porco na Junta!
Despoizes foie o Jaqim Morcela qe abriu um ristorante! Qe lindeza, inté tem daqeles candieiros xeios de pendiricalhos de vidru a pendere do teto.

Quem lhe miteu a ideia foie o filhu, o Tóne Morcela, qe estebe a istudare no istrangeiro. Veio muta gente de fora á inaugurasson e nozes támem fomos cumbidasdos pruqe açim comá çim inda semos parentes pru lado da Ti Mila Gargainera.

Ele eram madamas todas bem paramentadas, ele era joves muto bem apeçoados .
Oube um qinté botou faladura cumigo , mase eu num precebi gande coisa pruqe ele só dezia qe ali é qu comere era opífaro, ora eu de musica num percebu e sabia lá su rapaz tocaba opífaro.

Foi pena é qás tantas o Jaqim Morcela e o filhu desemtemderão-se pru cosa do slógane ou lá como raio se xama aqilo. Num sei pruqê, era bem bunito “ No ristorante do Morcela bai tudo pra gamela” .

Cá en caza támém andamus muto cuntentes pruqe o mê Custódio arranjoue uma moça qé um primor. Tirando a bubudeira crónica e a pouca buntade de trabalhar, a mossoila vesse logu qé boa peçoa num desfasendo.

Agora qe já passou a animasson anda tudo num currupio por mor da tal gripe nas abes. A gente estaba era abituada á gosma na bixarada, mas gripe nunca soubiu tal. Istu tamos no fin do mundo! Balha-me a Santinha qa mim ninguén me tira qé tudo castigos por os omes irem á Lua mexer no qe tá qeto.

E cum esta me ficu qe já se me tou atrazada pa lida.
Um abrasso pá menina Texazinha e recumendassões aos paizinhos cu Sinhore os cunçerbe, desta que sassina

Adozinda



Tex


Impressão Digital Cereza às 22:47
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
11 comentários:
De Selvagem Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 08:00
lololol... é bonz acordare e lere estas cousas. e para quemacorda sempre de mau humor, estes textos são o melhor remédio matinal. beijinhosdevil_girl
(http://..)
(mailto:joana.patrici@sapo.pt)


De Selvagem Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 08:42
eeheheheh, também gostava de ler a tradução, mas já estou como devil, ler estas cousas pela manhã é o melhor remédio Tex lollllll. jokas luadourada--
</a>
(mailto:ermelinda_1955@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 10:00
Tex, quando fores de visita à Ameijoeira do Arregaça, por favor convida-me... isto parece mal, fazermo-nos convidados, mas eu adorava conhecer a Adozinda... pf não te esqueças... faço minhas as palavras anteriores: boa disposição precisa-se para começar o dia e a semana. Obrigada!Lena
</a>
(mailto:bonecarussa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 12:45
Raparigada!Istaindes cumbidadas para para uma visita ao ristorante do Jaqim Morcela!
O Custódio é q vos bai adorare!lolol

Beijufinhas pa todas :)*********Tex
</a>
(mailto:texazinha@iol.pt)


De Selvagem Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 12:48
Tex, um bem haja, amiga. Essa Dona Adosinda, que o Altíssimo a mantenha fresca por muitos e muitos anos, é como um edital plantado no pelourinho da pequena urbe. Que bom. Também eu estava com saudades de saber novas da Ameijoeira. Muito me apraz que o Doutor Alemrindo tenha ganho as eleições, até porque os chouriços são magnificentes. Claro que quem recebe um chouriço, tem que pagar com um porco. Não é só na Ameijoeira, não é? Um restaurante! Eu sabia que os Morcelas iam longe, não fossem eles de sangue coalhado. Espero que o Toni esteja um belo rapagão, já que, quando partiu, era meio enfezado. Folgo em saber que se fez um homem ilustre. Estou que nem posso de contente por saber que presente à inauguração, além de todas essas aperaltadas senhoras, esteve alguém capaz de pronunciar "opíparo" sem que se lhe torcesse a lingua. Obviamente que a Dona Adosinda, e eu o teria feito se estivesse no seu lugar, devia ter-lhe mandado logo com um murro bem mandado na tromba, depois logo se ia ver o que quer dizer opíparo. Finalmente, além de lamentar profundamente o desaguisado entre os Morcelas, espero que não tenham partido muita louça (claro que teria sido muito pior se a peleia tivesse sido entre as Morcelas e não entre os Morcelas, do ponto de vista da louça, claro), fico muito feliz pelo ranhoso do Custódio ter encontrado a sua cara metade. Espero que, além de bem bebida e pouco dada a esforços, como ele, aliás, tenha também um bigode a condizer. Foi uma lufada de ar fresco, acredita, ter recebido notícias da Ameijoeira, logo no princípio da semana. Um beijo, o AnjoMaslow
</a>
(mailto:manuel_azevedo@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 17:40
E agora pergunto eu o que faria a Dona Adozinda se o seu ilustre esposo lhe oferecesse um conjunto de lingerie vermelha... Seria uma verdadeira lufada de ar fresco na Ameijoeira do Arregaça!! :P Tss tss, bad Safira! :PSafira
</a>
(mailto:ana.f.ferreira@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 17:47
Ola Cereza!! Ainda tas lembrada de mim? Passei por aqui.. continuo sem net e tal.. Tens umas imagens lindissimas como sempre.. Estas sempre a ultrapassar te :) Muito bem! Podias era tirar esse link para o meu antigo blog.. já nao existe.. Bem, fica bem linda! :) e continua.. Beijo Sukkub
</a>
(mailto:merylin.ruth@gmail.com)


De Selvagem Anónimo a 8 de Novembro de 2005 às 12:48
Ai,Adozinda,Adozinda!!Só tu!!!......;))Um beijooooo Texmarta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 9 de Novembro de 2005 às 01:16
Saudades tenho eu da Mila, essa linda canconeteira do meu rico mercado do Bolhão. :PPPP Ok, foi uma private joke, mas o operador da grua das minas da Panasqueira vai perceber perfeitamente. lllllooooollllformasdolhar
</a>
(mailto:formasdolhar@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 9 de Novembro de 2005 às 12:16
Cuase éi pressizo faser leteras pra entendere eista mensage... mas lá que tá gira, lá iço tá...flyman
</a>
(mailto:flyman_pegasus@msn.com)


Ah... Comenta-me