38 comentários:
De Selvagem Anónimo a 19 de Setembro de 2005 às 01:26
... eu já conhecia este mail, mas sempre que o leio, o raio do bicho emociona-me fortemente....a amizade é algo a que dou muito valor, considero-a mesmo a essencia da vida...sem a amizade creio que mais nenhum dos valores pode evoluir ... sendo eu de uma familia religiosa frequentei desde sempre a casa do padre, e um dia depois de uma zanga com a minha irmã ( na altura em que já tinhamos idade para ter juizinho) e de ir a chorar ter com ele a dizer-lhe que a odiava e que não conseguia ser amiga dela, o padre João ( que Deus o tenha), tentou-me explicar a palavra amizade através de uma frase de S. Francisco de Assis que nunca mais esqueci... "Começa por fazer o que é necessário, depois o que é possivel e, de repente estarás a fazer o impossivel"............ é certo que com a " cabrita" da minha irmã esta choça n funcionou , mas desde aí comecei a "dar" aos meus amigos o que eles precisam.... um sorriso, um abraço, uma palavra, um afago.....pois acredito piamente que são nestes pequenos gestos sinceros que está a verdadeira essência da amizade e a rampa de lançamento para gestos muito maiores..... a todos um beijinho do fundo do coraçao, desta que ladra ladra mas não morde ;) laskinha
</a>
(mailto:xana_granja@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Setembro de 2005 às 01:27
obrigado pela música cereza , é uma das minhas preferidas ;) **************laskinha
</a>
(mailto:xana_granja@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Setembro de 2005 às 09:18
Este texto é uma bonita lição de vida. muitas vezes não nos apercebemos do impacto que as nossas acções podem ter para com os outros. Às vezes somos muito mais importantes do que imaginamos...Safira
</a>
(mailto:saphireonearth@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Setembro de 2005 às 10:34
"Ninguém pense que não tem importância alguma" - é uma frase de alguém que sabia mesmo o que dizia. Todas estas histórias nos emocionam, não é? E que tal começarmos a olhar também para as pequenas histórias que nos repetem lições como esta e às quais normalmente não entregamos tanta importância. Talvez se fizermos todos um exercício diário de olhar um pouco mais para os outros, que nos rodeiam cada dia, em detrimento de tanto olhar para os nossos próprios umbigos, possamos então vir contar histórias destas na primeira pessoa. Um beijo, o AnjoMaslow
</a>
(mailto:manuel_azevedo@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Setembro de 2005 às 10:58
Eu sou um pouco estranha..Não consigo chamar de querido/a,ou amigo/a alguém,não sou beijoqueira,para dar um abraço,é por impulso...Mas se me baterem á porta eu abro,se me pedirem os braços eu dou...porque para mim ter um amigo,é sentir...é bastar saber que ele está,quando o chamamos...marta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Setembro de 2005 às 11:34
Descobrimos essa irrefutável verdade ao perceber o quanto são raras essas preciosidades que chegam de repente na vida da gente e devargarzinho se alojam em local especial e essencial da nossa existência. No decorrer dos anos, encontramos vários tipos de anjos: Alguns são sonsos, vão se apoderando do nosso carinho como quem não quer nada, até que, quando percebemos, já lhes dedicamos nosso afeto integral... Outros são mais atirados; já chegam mostrando claramente com seus olhos sinceros o quanto nossa amizade é importante para eles... Alguns chegam necessitando de curativos nos ferimentos causados por amigos que não eram anjos... Outros chegam para sarar nossos próprios ferimentos... Alguns são leves e divertidos; nos mostram a alegria da vida... Outros, não menos honestos, nos mostram a seriedade com que a vida deve ser enfrentada... Alguns têm suas qualidades tão à mostra, que a um primeiro olhar já sabemos a que vieram... E quanto à lua que já a conheço há 17 anos nem calculam como ela é ...generosa??? é muito pouco para descrevê-la aqui... Parabens lua por teres mandado este texto para ser lido... BeijosMina--
</a>
(mailto:Mina@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Setembro de 2005 às 13:35
Temos de dar valor à amizade...ajudar os amigos kd eles precisas e nunca virar-lhes as costas por mais banal k seja o pedido.
Apesar de nos sentirmos bem kd somos valorizados por akilo k somos...DEVEMOS SER SP VERDADEIROS E NÓ PROPRIOS...é o k EU SOU!
Kto à Lua Dourada...ela é....hihihi...terrivelmente AMIGA!
(fui obrigada a escrever isto...)
Beijos Grandes!!!Raio de Sol
</a>
(mailto:nelia.nora.gip@universidade-autonoma.pt)


De Selvagem Anónimo a 19 de Setembro de 2005 às 14:20
Se um dia virem alguém com asas podem ter a certeza de que não se trata de um anjo. Os anjos, os verdadeiros não possuem asas....é a fé que os sustêm o ar!Tex
</a>
(mailto:texazinha@iol.pt)


De Selvagem Anónimo a 19 de Setembro de 2005 às 14:28
Eu já tinha lido este texto e ele é simplesmente demais, tal como a Safira diz... Uma bonita lição de vida... A amizade é um alicerce para todos nós e devemos cultivar sempre....Seja um amigo de você mesmo através dos
seus pensamentos, palavras e ações.
Não seja seu próprio inimigo ao ter
pensamentos negativos e ao fazer acções
erradas.
Com humildade, entenda os sentimentos dos
outros e torne-os seus amigos. Quando tornamos
Deus nosso amigo
Ele então nos ensina a sabedoria de ter esses
sentimentos.
A fundação da amizade é ser capaz de sustentar
o eu.
Assim posso trazer benefício a mim e aos outros .... Beijos a todos ... e tu Raio de Sol Eu obriguei-te a escrever isso... sua malandra ... mas prontos um jinho para ti
luadorada--
</a>
(mailto:ermelinda_1955@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 19 de Setembro de 2005 às 14:35
Às vezes, se saíssemos da indiferença em que vivemos, se olhássemos em volta, poderíamos ajudar tanto... Às vezes, pequenas palavras ou até mesmo um sorriso podem ajudar o dia de outra pessoa. Neste exemplo, ajudaram a vida. :) Angela
(http://www.lightbubbles.blogspot.com)
(mailto:lightbubbles@gmail.com)


Ah... Comenta-me