Segunda-feira, 12 de Setembro de 2005

A sereia

Não sei mais como definir a nossa Morgaine, não sei mais que palavras usar para elogiar todas as suas qualidades. Sabem, por vezes gosto de imaginar as pessoas como figuras mitologicas... talvez porque aqui imaginamos as pessoas á nossa maneira. A morgas já foi bruxinha, já foi anjo... mas hoje decidi que é sereia.


Quando o meu sobrinho de 3 anos esteve cá a passar uns dias comigo, ele disse-me algo que nunca vou esquecer.... nas nossas brincadeiras, dava por mim a beija-lo e a olha-lo nos olhos com um enorme sorriso de felicidade.... ele dizia-me: Tia, pareces uma Sereia! Uma Sereia...pensava eu.. que coisa mais linda, que comparação mais romântica!


Uma sereia vive num mundo só seu, meio mulher meio peixe não sabe ao certo onde pertence. Ela é meiga, bela...e segundo os poetas enfeitiça marinheiros e pescadores com os seus cânticos... no entanto vive só! Não deve ser fácil ser uma Sereia! Não sou poetisa, nem tenho jeito para textos de encantar... para tal teria pedido ao Maslow, ao Abel, à nita à Narag e a muitos outros, para escreverem esta introdução... mas quis ser eu, porque conheço bem a Morgaine... conheço pessoalmente... já ri e chorei com ela, e apesar de tanta dor e sofrimento... ela tem sempre um sorriso para todos nós!


r59rr.jpg


Teu Riso


Tira-me o pão, se quiseres,
tira-me o ar, mas não
me tires o teu riso.

Não me tires a rosa,
a lança que desfolhas,
a água que de súbito
brota da tua alegria,
a repentina onda
de prata que em ti nasce.

A minha luta é dura e regresso
com os olhos cansados
às vezes por ver
que a terra não muda,
mas ao entrar teu riso
sobe ao céu a procurar-me
e abre-me todas
as portas da vida.

Meu amor, nos momentos
mais escuros solta
o teu riso e se de súbito
vires que o meu sangue mancha
as pedras da rua,
ri, porque o teu riso
será para as minhas mãos
como uma espada fresca.

À beira do mar, no outono,
teu riso deve erguer
sua cascata de espuma,
e na primavera, amor,
quero teu riso como
a flor que esperava,
a flor azul, a rosa
da minha pátria sonora.

Ri-te da noite,
do dia, da lua,
ri-te das ruas
tortas da ilha,
ri-te deste grosseiro
rapaz que te ama,
mas quando abro
os olhos e os fecho,
quando meus passos vão,
quando voltam meus passos,
nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria.


de: Pablo Neruda


(Apaixonado por uma bela Sereia...)


"You're Beautiful"

You're beautiful. You're beautiful.
You're beautiful, it's true.
I saw your face in a crowded place,
And I don't know what to do,
'Cause I'll never be with you.



Yeah, she caught my eye,
As we walked on by.
She could see from my face that I was,
Fucking high,
And I don't think that I'll see her again,
But we shared a moment that will last till the end.



You're beautiful. You're beautiful.
You're beautiful, it's true.
I saw your face in a crowded place,
And I don't know what to do,
'Cause I'll never be with you.
You're beautiful. You're beautiful.
You're beautiful, it's true.






Impressão Digital Cereza às 18:32
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
29 comentários:
De Selvagem Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 00:07
Parabens Amiga Morgaine, continua com essa beleza interior, e que brilha a todo o momento e por tudo... Beijos e felicidades volto já... luadourada--
</a>
(mailto:ermelinda_1955@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 00:12
em 36 anos, esta foi a prenda mais bela que já recebi...... thank you! ********* para vocês terei sempre um sorriso.morgaine
</a>
(mailto:lab_marta@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 00:19
Parabéns Menina! Parabéns Mulher! Parabéns Marta :) Felicidades... Muitas... Todas! :) *Dríade
</a>
(mailto:paulino_correia@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 00:46
Marta eu fiquei comovida,com o post da cereza...ÉS TU!!Enfeitiçaste-me,entendes os meus silêncios,fazes-me falar das minhas meias palavras....adoro-te pronto!!!.Que essa força em ti nunca se acabe..ela tem sido exemplo para mim.Obrigada por seres com és.Mil beijos de parabéns ;)marta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 01:00
marita, o teu comentario, foi publicado no texto MEGA RAVE. este espaço hoje é apenas para a morgaine! tens lá a minha resposta. Quem quiser poderá lá ir lê-lo. obrigadacereza
(http://bbb.blogs.sapo.pt/)
(mailto:lis_tv@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 01:33
Não posso ficar insensível à beleza das palavras da Cereza, e ao momento em si; a marta merece tudo isso! Traz uma alegria a este blog, que se nota logo a sua falta quando não está por perto. Hoje passa mais um aninho para esta pequena, é tempo de alegria, e, com ela vamos erguer as taças de champagne...Saúde!frisco
</a>
(mailto:frisco@sapo.pt)


De Selvagem Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 03:10
Ora então boa noite e assim :D
Cá estou eu de volta ( eu disse que voltava para parabenizar outros aniversariantes, não foi? E por acaso já reparei que estou em falta com outros :$, mas depois vou lá :D)
Hoje é a vez da bruxinha, sereiazinha (ou o que seja) Morgaine :D
Morgaine eu conheço-te um caditoxinhozinho melhor do que tu a mim, pois já li muitas coisas tuas e gostei muito de as ler. Mas tirando isso, se calhar sou das pessoas "daqui" ( não sei mto bem se me posso considerar daqui :) ) que te conhece pior. Mas para desejar a felicidade e tudo de positivo e de bom a alguém, não é necessário um grande ou profundo conhecimento do outro, pois não? :)
Basta que os bons sentimentos existam em nós e os saibamos transmitir aos outros da forma como os sentimos (digo eu). :)
Ora sendo eu uma monstra mas de bons sentimentos, deixo aqui os meus Parabéns sinceros e que os teus (julgo pelo que li, serem 36) aninhos te reservem tudo de bom. E que os sofrimentos fiquem de vez guardados no passado. Para o teu presente e futuro, desejo que ambos te reservem muitas alegrias e momentos de grande felicidade!
Muitos parabéns Morgainezita e sê muito feliz! :D*************Monstra
</a>
(mailto:monstra@iol.pt)


De Selvagem Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 07:42
Para ti, Marta, um beijo e um abraço, com mil desejos de que o mundo, a vida e as pessoas sejam sempre justos e generosos contigo, que bem o mereces! Amiga, que contes muitos e que a gente esteja cá para ver e comemorar contigo! Mesmo com todas as imperfeições, a vida é bela, sendo que a única atitude aceitável, é mesmo querer tudo dela! Starry-Night
</a>
(mailto:martiniquex@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 10:22
Eu já tive o prazer de conhecer a Sereia pessoalmente... Conheço a sua história mais ou menos, mas pelo tudo o que sei, por tudo o que ela passou, passa, sofreu e tudo isso... Pela sua força, o seu esforço, a sua mão, o seu ombro, sempre pronto para o próximo... Claro, o seu sorriso, sempre para todos, mesmo quando estava menos bem... Cereza, ela sim, como dizes, merece este texto... Sereia Morgaine, MULHER não de M grande, mas com todas as letras grandes, Parabéns e obrigado por todo o aopio que dás as pessoas e que tambem a mim já deste... Não me esqueci ainda das rosas... :)Criador_Sonhos
(http://criadorsonhos.blogspot.com)
(mailto:criadorsonhos@gmail.com)


De Selvagem Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 10:24
Morgaine, o meu computador do office solidarizou-se contigo, permitindo-me hoje abrir a página dos comentários para te deixar um grande beijo de PARABÉNS! Que continues a ter essa força de vontade que move montanhas e que espalha admiradores por este país fora. Beijo grande! AnaSafira
</a>
(mailto:saphireonearth@hotmail.com)


Ah... Comenta-me