45 comentários:
De Selvagem Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 09:21
De tudo só ficam três coisas:
A certeza de que estamos sempre começando.
A certeza de que é preciso continuar.
A certeza de que seremos
interrompidos antes de terminar.
Portanto devemos fazer:
Da interrupção um novo caminho.
Da queda, um passo de dança.
Do medo, uma escada.
Do sonho, uma ponte.
Da procura, um encontro.“
(Fernando PessoaCarlos
(http://vagueando.blogs.sapo.pt/)
(mailto:c_m_a_n_u_e_l@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 11:08
Cerezita,eu tenho-te admirado por essa força/paciência que tens tido...Todos nós temos dias,alturas da vida em que nos sentimos mais em baixo...eu própria ando a tentar fingir que não ando numa dessas(e o que mais irrita,é que olho á volta e tenho quase tudo pa ser/estar feliz),mas adiante....O que me dói quando aqui chego,o que mais me custa,é ver o numero de visitas sempre e somar e os comentários sem aparecer....Era bom que todos interiorizassem isto :Vimos cá pelos textos,e pela troca de palavras nos comentários,se todos os que deixam comentários,o deixassem de fazer, não havia esta troca entre nós...É ISTO QUE NOS MANTEM!!!ESTA TROCA,ESTE DAR E RECEBER....Mais sérios,mais brincalhões,mais baboseira menos baboseira ..mas digam o que vos passa pela cabeça...PARTILHEM.Tentem imaginar,o fim do blog,como sendo hoje...e vejam como se sentem....(eu andava com vontade de dizer isto há imenso tempo...e agora não deixo beijos porque namapatece :PP)É a tal coisa.....Só sentimos a imensidão da importância das coisas,quando elas nos faltam...Ainda bem que colocaste este textos Cereza...O blog realmente tem textos fantásticos.....já merecia o livro...Não sou de ´´lamechices``e este carinho que tenho por ti Cereza,eu sei que não o mostro.... mas, por muitos anos que viva,não vou esquecer os momentos que me proporcionaste aqui.Para ti Cereza,um abraço bem apertado....;)*marta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 11:55
Cereza querida....grande pontaria tu tens!!!
Imagina que dei comigo esta noite a sonhar com vocês...com nosso futuro encontro...
Lembro-me que esse "almoço" do sonho foi uma confusão...e minha aflição era terrível.
Daí estar de acordo contigo. Todos passamos por fases...e poderemos até parecer ausentes. Mas confesso que estou viciada neste blog e nesta gente doida que conheço e que já fazem parte da minha vida.
Daí a minha tristeza de não estarmos mais presentes, até no nosso canal.
Mas de certeza que continuo aqui bem ou mal!!!!! beijos que aquecem o coração .Majoca/SaloiaLoira
</a>
(mailto:manejorge@netcabo.pt)


De Selvagem Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 12:32
Que bom que hoje há tanta coisa para ler weeeeeeeeeeeeeee!

Ó ruiva :))tu não te abespinhes que isto é só mais uma fase entre tantas...às vezes é só a preguiça que se instala (falo por mim,)não significa afastamento ou desinteresse.
E a Marta falou em algo que eu já ando a pensar há que tempos: para quando o livro?
Ai até parece que já estou a
ve-lo, cheinho de textos e fotos lindas, que tinham piada se tiradas pelos autores dos textos. E a sessão de autógrafos?!Isso é que ia ser! lol
Bora lá pensar nisso :))
Beijufinhas mil**********
Tex
</a>
(mailto:texazinha@iol.pt)


De Selvagem Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 14:57
Cereza pois é, há dias em que nem sequer podemos ou devemos pensar e muito menos sair de casa, estamos mergulhados numa escoridao tão profunda que nem a luz ao cimo do túnel conseguimos ver. Este é o estado da depressão continuada mas olha uma coisa: repara no sol olha bem para ele fixa - o intensamente fecha os olhos e lembra-te da forma como se esconde num final de tarde. Por vezes triste por deixar que a sua luz de vida a tudo que existe triste por se ter escondido atrás de tantas nuvens que lhe aparecem no seu percurso. Agora abre os olhos e vê como ele reaparece no dia seguinte cheio de esplendor com força e energia para fazer mais um percurso e enfrentar de novo todos os obstáculos como se as agruras do dia anterior não tivessem existido. Lembra-te em transforma a tua vida todos os dias no nascer do sol... Pois também vou tentar fazer o mesmo, e fica aqui um grande beijo e um abraço bem apertado.lua_de_avalon
</a>
(mailto:ermelinda_1955@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 15:19
Mega post! :) Ai.. Eu não posso (não tenho como) ouvir a musica mas gosto muito dela.
Parece que é assim mesmo que as coisas são às vezes, acontecem, não se entendem e mudam. Por isso é que mudam. E melhoram :) Eu admito não ser nada assidua aqui, mas é porque ainda estou sem net. Mas isso vai mudar!
Os textos de Shakespear.. Como são verdadeiros.. Bem. Beijinho * Sukkub
(http:/sukkub.blogspot.com)
(mailto:merylin.ruth@gmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 15:21
O Poema "Cerejas, meu amor" o autor é Renata Pallottinilua
</a>
(mailto:ermelinda_1955@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 15:34
"Tenha sempre presente que a pele se enruga, o cabelo embranquece, os dias convertem-se em ano... mas o que é importante não muda.

A tua força e convicção não tem idade.

O teu espírito é como qualquer teia de aranha.

Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida.

Atrás de cada conquista, vem um novo desafio.

Enquanto estiver vivo, sinta-se vivo.

Se sentir saudades do que fazia, volte a fazê-lo.

Não viva de fotografias amareladas...

Continue, quando todos esperam que desista.

Não deixe que enferruje o ferro que existe em você. Faça com que em vez de pena, tenham respeito por você...

Quando não conseguir correr através dos anos, trote.

Quando não conseguir trotar, caminhe.

Quando não conseguir caminhar, use bengala, mas nunca, nunca se detenha!!!"

( Madre Teresa de Calcutá )

RS
(http://dhet/ljyt)
(mailto:Nelia@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 18:33
Cerezola....Eu pecadora me confesso, andei cheia de trabalho, como alguns sabem, andei a trabalhar em média 10/12 horas "non stop", foi desgastante, mas gratificante tb. Ter visto e sentido o resultado final foi excelente. Nesses dias à volta de 2 3 semanas, vim cá só mesmo "espreitar"...raramente saia comentário. Agora q pensava q estava mais "livre" tou de atestado até sábado!!! Mas imaginem q mesmo assim tive q gramar com uma reunião das 14.30 ás 18h (com febre e dores de cabeça....qdo morrer levo um louvor colado na testa!!!!) Mas nem quero imaginar q o Blog acabe!! Aqui venho rir....me enfurecer, aqui venho conhecer pela escrita, nickos e nickas, até dou aqui por mim de lagriminha no olho.... Cerezola, é o desgaste do Inverno, do frio da chuva, qdo as Andorinhas começarem a chegar...e as papoilas a florir (vi hoje papoilas!!!!! :))) ) Vais ver q começamos todos com outra vontade, ou com mais vontade :)) Mil beijões Cerezola....e quem é q já não teve dias assim??? Eu pracase gostava hoje de me deitar e só acordar linda e sem rugas como a Lili Caneças!!!!!
PatanisKa
</a>
(mailto:sissacc@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 19:10
EHEHEHE Paty!!!Bora todas mazé deitar,para amanhã acordarmos ´´Lilis cabaças`` LLooLL Sabem que mais...o tempo tem influencia sim!!!Isto é só esperar que passe....Beijões,abrações e outros q tais :)PPPPPPmarta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


Ah... Comenta-me