29 comentários:
De Luca Brava a 9 de Agosto de 2006 às 18:15
És um estúpido do CARALHO. Se andas a pagar tudo o que dizes e sabes que és práticamente o único e te achas um herói, um esperto, fica sabendo que és um g'anda tóino. Depois se ainda tens papel para seguros de saúde e filhinhos em colégios privados, fico cheio de pena que tenhas de te vir queixar em público (experimenta ler a frase sem o "queixar"....) mas deves andar a gamar nalgum lado. Olha bem para ti e evita fazer figuras de IDIOTA sem hábitos de educação. Paneleiro de merda.....


De Selvagem Anónimo a 20 de Junho de 2005 às 22:35
E concordando plenamente com a Tex, concordo plenamente com o texto!!!
Eu não pago as contas cá em casa, mas pelo caminho que as coisas vão, quando chegar a altura de EU pagar as contas, não sei se o vou querer fazer cá. Só espero que isto melhore, porque sinceramente é um abuso!
**********Bárbara (Narag)
(http://www.naragturg.blogspot.com)
(mailto:barbara10sofia@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 20 de Junho de 2005 às 22:46
Tem toda a razão... eu vejo tb pela CM Lisboa... vejo bem os gastso desnecessarios q fazem, so em termos de viaturas... Os senhores vereadores andam de Peugeots 607 automaticos, alugados claro, pagam-se durante usn anos e depois ñ sao de ninguem, dinheiro deitado a rua... ja para ñ falar na frota toda opel astras e enfim... ja o corpo de segurança pessoal da psp, deicou os velhinhos lancias para andarem com opel vectas gts... carros nada baratinhos... sao so alguns exemplos...Criador_Sonhos
(http://criadorsonhos.blogspot.com)
(mailto:miguel24lx@sapo.pt)


De Selvagem Anónimo a 20 de Junho de 2005 às 23:20
Pois, o País anda mesmo uma desgraça autêntica, com esta situação económica que nc + se vê resolvida é ver quem não pode arcar com mais e mais impostos enqt que os ministros e afins continuam c o seu "pequeno" ordenado... pq n baixam eles os ordenados que eles recebem e deixam as pessoas que já recebem pouco em paz!!! Eu vejo o que se passa aqui no Hospital, é despedir pessoas apenas para não as passarem a efectivas, contratar estagiários apenas pq não lhes pagam o ordenado (deixam isso p o Estado) é só tentar arranjar maneira de poderem meter algum ao bolso mas enfim... isto anda tudo =, são as câmaras, os hospitais...
******'s CerezaIce_Princess
(http://iceprincess78.blogdrive.com)
(mailto:catarina.freire@netvisao.pt)


De Selvagem Anónimo a 20 de Junho de 2005 às 23:45
Todo o cidadão mais avisado, se depara quotidinamente, com os exemplos que vêm de cima... os grandes sacrifícios de que a inimputável classe política nos é capaz de demonstrar... Tenho um processo de carácter urgente no Tribunal de Trabalho de Lisboa... há doze anos, em primeira instância, sem que até agora tivesse havido julgamento... depois pedem-nos respeito pelas instituções! Eu só me posso reformar aos 65 anos, aliás tal e qual como os deputados e afins, não é?... depois querem que o povo os eleja! Eu não falho uma eleição, mas muitos acham que a abstenção é a melhor resposta. Virando-lhes as costas, os políticos ficam mais livres para fazer o que lhes dá na gana, proteger os seus interesses, ou não será? Será que o aumento do IVA não contribui para a retracção da economia? Será que o consumidor vai-se borrifar no aumento, e contribuir para financiar a despesa descontrolada das contas públicas? A quantidade desmesurada de dinheiro deitado fora? Mal gasto?! Numa escola junto a mim, substituiram-se dezenas de monitores de computador bons e a funcionar por outros TFT, sendo os antigos colocados no armazém a ganhar pó, e a escola não sabe se tem verba para renovar os contratos dos auxiliares de educação?!!! Refreiem esta sangria de dinheiro, de exemplos aos milhares, e não se controlará o défice?! Começo a pensar se o voto continua a ser a arma do povo... se não será apenas um modo de um grupo que dele se serve para governar a sua vidinha... George Orwell afinal estava enganado... não é preciso uma ditadura para legitimar que haja uns porcos mais iguais que outros!... Joaquim Letria, em Fevereiro de 2000, escreveu: "Desgovernados andamos nós, cidadãos, contribuintes, obedientes munícipes, tementes eleitores, a maioria a dar sinais de estar cansada de desempenhar o papel de parvo que os políticos desejam para nós e os funcionários nos atribuem desde o início deste fascismo democrático." Actual, não? Cada vez mais... até quando?... O Povo está, a cada dia que passa, mais sufocado, mais maltratado, e não vê resultados! O estado da nação? Uma panela de pressão (ou depressão)... flyman
</a>
(mailto:flyman_pegasus@msn.com)


De Selvagem Anónimo a 20 de Junho de 2005 às 23:46
Ora aqui está um post que nos traz de volta à triste realidade do país que temos. Mas comentar artigos politicos para mim só tem um termo e uma definição " os politicos de hoje em dia , sejam lá eles de que quadrante forem não passam de meros proxenetas da sociedade tal e qual os chulecos que vivem `a custa das mulheres ditas prostitutas. O politico de uma forma bem mais habil é o proxoneta da sociedade pois vive dos votinhos que os otários deixam nas urnas na melhor das intenções ditas democráticas. O triste é que apanhando-se lá no poleiro esquecem-se de quem os lá colocou sacando o mais que puderem aos tristes portugueses pagantes. Sim que há varios tipos de portugueses , há os que pagam e não bufam e ha os que só tem que ter um cartão de militante do partido e se o partido ganhar lá vêm as concessões. A propósito de concessões este governo já indigitou 1079 novos directores e estamos em crise dizem eles. A crise está mesmo para quem não tem o cartão militante mágico pois para esses que o possuem a vida vai de vento em popa. Já repararam que tanto se falou no retirar as subvenções aos politicos e no entanto já voltaram atrás, ja repararam que a grande maioria nem vota sequer e no entanto consegue-se tantas maiorias pelo metodo de Hondt??? Porque será que os abstencionistas como eu e como a maioria nao teremos voto na matéria e não indagam o porquê de tanta abstenção, è que os abstencionistas não são aqueles que não votam por mera falta de tempo ou por mer esquecimento é mesmo uma maneira de se protestar , protesto esse que logo os senhores proxonetas convertem em vitórias eleitorais. JATGO
</a>
(mailto:jatgo@sapo.pt)


De Selvagem Anónimo a 21 de Junho de 2005 às 00:04
Jatgo: o problema se calhar passa por aí. Se a percentagem da abstenção, votos brancos e nulos, correspondesse a igual número de assentos na Assembleia da República, se calhar o respeito e o cumprimento das promessas, já eram observados... digo eu...flyman
</a>
(mailto:flyman_pegasus@msn.com)


De Selvagem Anónimo a 21 de Junho de 2005 às 00:24
Só me ocorre uma coisa inteligente para comentar este texto : Shit! Um beijo, o AnjoMaslow
</a>
(mailto:manuel_azevedo@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 21 de Junho de 2005 às 07:21
Ai ler este post às 7 da manhã ...e eu na escola , continuando uma semaninha animada graças à minha "querida" ministra, me faz rever tudinho desta treta toda...sem qualquer esperança de melhoras desta situação. Um beijo para todos e um bom dia...Majoca
</a>
(mailto:manejorge@mail.telepac.pt)


De Selvagem Anónimo a 21 de Junho de 2005 às 07:59
é verdade... e os cabrões tiram por mês aquilo que eu tiro por ano para estarem sentados numa merda de uma cadeira a bater palmas e a fazerem papel de ursos. O meu tio por exemplo, deputado do PS que não faz a ponta de um corno e que se limita a estar presente numa assembleia para chegar ao fim do mês e tirar um ordenado que mais ninguém tira a não serem esses cabrões...sinceramente, pior do que estamos impossivel. os ricos cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres.
devil_girl
(http://...)
(mailto:joana_ribeiro19@hotmail.com)


Ah... Comenta-me