Segunda-feira, 30 de Maio de 2005

Letárgica

Sabem aqueles dias em que olhamos para nós proprios, e não vemos esperança nenhuma? É Dificil.
Acabamos sendo vitimas daquilo que achavamos simples e fácil de organizar. Maldita Vida!





demi3 copy.jpg

Não me lembro de me sentir assim desta forma...tão letargica... em toda a minha vida.
Para começar, não me lembro de muita coisa sobre os meus sentimentos, pois parece que eles estão sempre errados, ou de uma certa forma, desviados. Vou fazer o que?!?



Também não é nada demais, ja passei por dias piores. Mas nada no mundo é pior, do que a rejeição, ou simplesmente, a falta de consideração. Pior ainda, é a negação!



Eu sei que entendem!



bad-girl_02.gif

"Sometimes You Can't Make It On Your Own"



Tough, you think you've got the stuff

You're telling me and anyone

You're hard enough



You don't have to put up a fight

You don't have to always be right

Let me take some of the punches

For you tonight


Listen to me now

I need to let you know

You don't have to go it alone



Sometimes you can't make it on your own





Impressão Digital Cereza às 18:36
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
24 comentários:
De Selvagem Anónimo a 30 de Maio de 2005 às 20:07
e também, porque, sem ofensa aos patriotas, este é um país de merda e desde a semana passada que tenho vergonha de ser portuguesa! Morgaihne
</a>
(mailto:lab_marta@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 30 de Maio de 2005 às 21:31
Solidão não é falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo... isso é carência.
Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos... isso é saudade.
Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado... isso é circunstância.
A solidão é bem mais que isto...
A solidão existe qdo nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma.Safira
(http://www.bbb.blogs.sapo.pt)
(mailto:saphireonearth@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 30 de Maio de 2005 às 21:34
Cereza, li as suas palavras e senti em mim a dor das suas palavras. Aqui fica um carinho de alguém que não a conhece mas que já lhe quer bem. Acredite que faz diariamente um bem enorme a imensa gente... vir aqui desabafar é catártico. Experimente! :PPSafira
(http://www.bbb.blogs.sapo.pt)
(mailto:saphireonearth@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 31 de Maio de 2005 às 00:12
cerezita....arrebita pum pum arrebita ...cachopa se quer ser bonita, arrebita, arrebita, arrebita :D


dar valor a quem nao nos dá, é tempo perdido....e até o tempo ja tá a 21% n o podemos desperdiçar minha linda....seeeeeeeeeeeeeempre a andar ;)


laskinha
</a>
(mailto:xana_granja@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 31 de Maio de 2005 às 00:58
"dar valor a quem nao nos dá, é tempo perdido...." é verdade laskinha, mas quero deixar bem claro que isto nada tem a ver com problemas emocionais! LOLcereza
(http://bbb.blogs.sapo.pt/)
(mailto:lis_tv@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 31 de Maio de 2005 às 10:11
Hummmmmmm... agora digo eu: há qualquer coisa no ar... ;) Subscrevendo o comentário da Safira, só quero acrescentar mais uma coisita... Procurar pela nossa alma é uma tarefa difícil e penosa, mas não impossível e muito menos em vão. Quando a encontramos ficamos a saber realmente quem nós somos e o que temos para aprender ainda. O reconhecimento do valor que temos não deve depender apenas da opinião alheia, embora ela seja também importante para o desenvolvimento da nossa auto-confiança. Mas se a auto-confiança não se construir a partir de dentro, do reconhecimento e da aceitação do que somos e do que queremos ser, então facilmente nos deixamos cair no vazio quando somos criticados ou sentimos o afastamento de alguém. E basta que uma única pessoa o faça... e, no entanto, podemos ter outras mil a dizerem-nos o contrário. Eu por mim falo... aliás, o que escrevo aqui na maior parte das vezes serve para eu própria me ler (eheheheheh), pk do dizer ao conseguir fazer vai uma distância considerável... beijos e abracinhos ;)**alic
</a>
(mailto:mceciliabpm@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 31 de Maio de 2005 às 10:33
Mas que é isto? Eu dei permissão para alguem se sentir assim? Aiiiiiiiii. Mas quem manda aqui afinal? Não tinha sido combinado que era eu? ALEGREM-SE irraformasdolhar
</a>
(mailto:formasdolhar@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 31 de Maio de 2005 às 11:14
Mas viver é isto mesmo!!...Renascer...Renascer..Renascer..Estes momentos são apenas o tempo,de arrumar ideias e continuar a caminhar....C´est çá!!!!marta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 31 de Maio de 2005 às 11:55
Mas ké isto, Cereza??!!Ai k te tenho de começar a dar pontapés no fundo das costas sem apelo nem agravo!hihihhiTex
</a>
(mailto:texazinha@iol.pt)


De Selvagem Anónimo a 31 de Maio de 2005 às 14:08
hoje fico-me pelo "parabens marta pelo teu comentario" mesmo isso,sem tirar nem por ;) [][][] & * * *heaven-hell
(http://heavenhell72.blogspot.com)
(mailto:heavenhell72@hotmail.com)


Ah... Comenta-me