28 comentários:
De Selvagem Anónimo a 13 de Fevereiro de 2006 às 07:20
Concordo plenamente contigo Flyman, nem diria melhor, apenas
acrescento uma pitada: somos alvo de todo o tipo de repressões, nomeada-ou principal-mente sexuais. Este personagem é, para mim, nada mais nada menos que a liberdade de expressão sexual em si e por si, o liberta-se das amarras ridiculas que nós utilizamos ainda hoje para reprimir a mulher, essa ameaça fatal a este mundo de máquinas sem nexo. Seja sob o pretexto Lilith, ou outro qualquer, continuem assim MULHERES, a exclamar quem são. Parabéns pelo texto. :)esquizo
</a>
(mailto:alexandre_alfeirao@bluewin.ch)


De Selvagem Anónimo a 13 de Fevereiro de 2006 às 10:30
Não há mulheres submissas!!!Nem a Eva o foi...Excelente post Cereza...Este fim de semana,dei por mim a olhar para cada mulher,na procura de alguma referencia de submissão...Em alguns casos pode existir aparentemente...Mas a Lilth,está lá!!Disfarçada por vezes....mas tá!!!marta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 13 de Fevereiro de 2006 às 15:12
Marta, a Lilith pode lá estar, o que eu não creio - principalmente nas comunidades rurais - mas está de um modo geral, disso não tenho dúvida nenhuma, muito, muito recalcada... Vejamos a situação de uma mulher e de um homem solteiros, desimpedidos, descomprometidos, esclarecidos, no meio da nossa sociedade/mentalidade urbana portuguesa: Ele, vive sozinho, um verdadeiro bon-vivant gosta de sair à noite, não consegue viver sem mulheres e sempre que vê uma que lhe agrade, mais se parece com um predador. Agora, ela vive sozinha e gosta de sair à noite, gosta muito de homens, sem querer comprometer-se com nenhum. Façam os vossos juízos sobre a forma como os vêem e interpretam o estilo de vida dos dois, em tudo idêntico. Lembrem-se como são vistos pela comunidade mais próxima que conhece os seus hábitos. E já agora, qual é a quantidade de exemplos de um e outra, verdadeiramente assumidos perante a comunidade, nesta tendência? Marta, a Lilith está tão recalcada, não concordas?... :)flyman
</a>
(mailto:flyman_pegasus@msn.com)


De Selvagem Anónimo a 13 de Fevereiro de 2006 às 15:32
Cereza, ontem num jantar de aviadores e aviadoras, não se falou de aviões nem de trabalho. O tema foi Lilith e Eva. A surpresa da história para quem a não conhecia, e posiocionamento de cada um em relação a este assunto valeram a refeição, só por si. Sabe muito bem esquecer o trabalho e falar de outras coisas, principalmente quando se está com colegas de profissão. :)flyman
</a>
(mailto:flyman_pegasus@msn.com)


De Selvagem Anónimo a 13 de Fevereiro de 2006 às 17:14
...principalmente quando se está com colegas de trabalho, porque normalmente não se fala de outra coisa, senão trabalho... lolflyman
</a>
(mailto:flyman_pegasus@msn.com)


De Selvagem Anónimo a 13 de Fevereiro de 2006 às 18:49
Claro Fly,tens razão!!Não levei á letra esta personagem mitica....Mas falando de mulheres ´´normais``.a submissão não se impõe,por muito que eles pensem que mandam,elas conseguem quase sempre´´ manipular``(no bom sentido,é claro!!)...e quando aparece um predador,o que mais gozo dá ás mulheres é deixa-los a falar sozinhos quando eles já pensam que o ´´caso está no papo``(e por vezes falam sózinhos durante anos sem se darem conta....LLLooLLL).E não é preciso chegar ao contacto fisico,bastam as relações do dia a dia....E é verdade sim, a cereza conseguiu pôr-nos a pensar neste assunto....Eu apesar de não ter tido tempo de comentar...andei com este tema na cabeça...marta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 15 de Fevereiro de 2006 às 10:06
flyman, esse paralelismo que fazes em relação à religião e aos seres de outras dimensões como conveniências inventadas para explicar algo (diria até justificar de forma esfarrapada sob um ponto de vista preconceituoso), tem toda a razão de ser. Mas não cometas a injustiça de o limitar ao papel da mulher na sociedade. Ou ao "género" de Deus (masc/fem). É a própria existência de Deus!!!! / / / / / Em relação às mulheres já se sabe que a combinação vencedora é serem uma Lilith na cama e uma Eva na sala! looollllllllllllll E posto isto, feliz dia de S. Valentim (outro mito conveniente :PP)WG
</a>
(mailto:a@a.com)


De Selvagem Anónimo a 15 de Fevereiro de 2006 às 10:07
Mas alguém me sabe dizer por que carga de água não consigo comentar a partir de casa?!?!?!?!?!?! Aaaiiiiiiii a brincadeiraaaaa!!!!!!!!!!!!WG
</a>
(mailto:a@a.com)


Ah... Comenta-me