De Selvagem Anónimo a 11 de Fevereiro de 2006 às 17:15
É interessante ver como ainda hoje em dia as mulheres lutam contra a Lilith que têm (ou podem ter) em si. Seja porque se auto-limitam (por razões de educação familiar, por circunstâncias sociais - ainda há por aí muitos sítios onde o 1º objectivo de vida de uma mulher é casar, ter filhos e assumir o papel de dona de casa -, por razões religiosas/morais, etc), seja porque não souberam crescer individualmente, de uma forma independente daquilo que insistentemente ainda nos é inculcado. Se somos mulheres de carreira, descuramos a família e corremos o risco de estarmos menos presentes na vida dos nossos filhos; se optamos pela família e por ficar em casa a tomar conta dos filhos, somos arcaicas, submissas e não temos ambições.
E sexualmente cabe a cada uma de nós descobrirmo-nos e fazermo-nos descobrir pelo nosso parceiro. Sejamos ou não uma Lilith em potência, procurar o prazer e dar prazer não é vergonha nenhuma... seja na posição de missionário ou a fazer festas ao patinho (esta é para o Garpa :D)!China-Girl
(http://cartografiaemocoes.blogspot.com)
(mailto:littlechinagirl@iol.pt)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.