Terça-feira, 3 de Maio de 2005

Homenagem aos Pais Coragem: testemunho!

Pessoalmente devo ser das pessoas que mais feliz fiquei com esta noticia do Formas, acompanhei o drama dele, as depressões, as tristezas... e sempre lhe disse que ter mais um filho iria ser muito bom para o casal, e ACONTECEU! Mais abaixo recordo algumas passagens de um anteror texto que ele escreveu, aí os mais desatentos, esquecidos, ou mesmo idiotas vão entender o motivo todo desta alegria, e ao mesmo tempo receio! Posso ter muitos defeitos, ser emotiva, descontrolada,... enfim aquelas coisas meio descontroladas que nem eu entendo.... mas uma coisa podem ter a certeza detesto injustiças....

[Error: Irreparable invalid markup ('<strongzformas [...] abraÇo>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<p>Pessoalmente devo ser das pessoas que mais feliz fiquei com esta noticia do Formas, acompanhei o drama dele, as depressões, as tristezas... e sempre lhe disse que ter mais um filho iria ser muito bom para o casal, e ACONTECEU! Mais abaixo recordo algumas passagens de um anteror texto que ele escreveu, aí os mais desatentos, esquecidos, ou mesmo idiotas vão entender o motivo todo desta alegria, e ao mesmo tempo receio! Posso ter muitos defeitos, ser emotiva, descontrolada,... enfim aquelas coisas meio descontroladas que nem eu entendo.... mas uma coisa podem ter a certeza detesto injustiças.... <strongZFORMAS PARA TI UM ABRAÇO DAQUELES BEM FORTES,</strong> e que continues assim!</p>
<P><a href="http://bbb.blogs.sapo.pt/arquivo/CRW_3365_RT8 copy.jpg"><img alt="CRW_3365_RT8 copy.jpg" src="http://bbb.blogs.sapo.pt/arquivo/CRW_3365_RT8 copy-thumb.jpg" width="240" height="360" border="0" /></a></P>
<p>"Pois é assim. Vou ser Pai pela 3ª vez, lá para Dezembro ou Janeiro. Não sei bem a altura da concepção (isto é bom sinal). Uma coisa garanto, foi feito com muito prazer. A vida tem destas coisas, uns dias anda-se para baixo outras nem por isso. Isto aconteceu num daqueles dias em que nem por isso. Certinho.

Agora a falar um bocado mais a sério. Nem sei bem como me sinto. Por um lado feliz da vida, nas nuvens. Apesar de não ser uma coisa programada, por todos os motivos e mais algum, é lógico que é muito desejada e por certo vai ser uma criança muito amada. Por outro lado, também sou atacado pelo sentido de responsabilidade. Começo a antever as preocupações, os cuidados, os horários. Enfim, tudo que é inerente a um recém-nascido.

A juntar a isto tudo tenho o júnior, que já se vai começando a aperceber de determinadas coisas. Como irá ele reagir? Perder a exclusividade dos pais, tios e avós não deve ser fácil para aquela cabecinha. Mas alguma solução se há-de arranjar.

Depois, quer queira quer não, sou assaltado pelo receio de nem tudo correr pelo melhor (a vida ensinou-me a ser prudente com os excessos de optimismo). Prefiro “jogar” na defensiva. Estar preparado para o que der e vier, se é que isso é possível.

Mas neste momento quero deixar esses pensamentos para trás das costas e viver o momento. Nem todos os dias se recebem noticias destas, capazes de desencadear um turbilhão de sentimentos que não são capazes de ser descritos, e pelos melhores motivos. Estou ansioso pela 1ª ecografia, para começar a ver. Ansioso por aquela consulta em que se ouve um coraçãozito a bater muito rápido.

Sentir já sinto. É O MEU FILHO. Sinto como se fosse o 1º. Estranho não me conseguir habituar à ideia apesar de já ter vivido isto tudo mais que uma vez.
Para ser sincero agora só me apetecia adiantar o tempo. Nunca mais é Janeiro? Porra que o tempo não passa!!!!!"</p>
<P><a href="http://bbb.blogs.sapo.pt/arquivo/homem copy.jpg"><img alt="homem copy.jpg" src="http://bbb.blogs.sapo.pt/arquivo/homem copy-thumb.jpg" width="246" height="320" border="0" /></a></P>
<P><STRONG>(Arquivo de Fevereiro do Urban Jungle)</strong></p>
<p>Deixo aqui algumas passagens de um texto que me impressionou muito do formasdolhar de alguns meses atras... felizmente sempre há anjos a tomar conta conta de nós!</STRONG></P>

<P>“Fui pai pela primeira vez, está quase a fazer 4 anos. Fui pai duma menina. Nasceu num dia marcante do ano, para mim, 21 de Março. Foi chamada Beatriz – aquela que traz a felicidade. E trouxe. Muita.
“...Tudo corria bem, andava nas nuvens. Tinha tudo. Era feliz, só que não me apercebia, nem sabia dar o valor à felicidade que tinha....”

“...Isto porque no dia 29 de Outubro de 2001, como era usual, deixei a minha filha no infantário. Por volta, das 12H30 recebo uma chamada telefónica para ir ao infantário. Tinha-se passado qualquer coisa com a minha filha. Mas nada de grave, diziam eles. Venha com calma. Achei estranho o tom de voz.

Aquilo que eles apelidaram de nada de grave, era “só” o facto da minha filha ter feito uma aspiração de vómito. Levaram-na para o hospital, onde a conseguiram reanimar, pelo que dizem, após 20 minutos de paragem cardíaca e respiratória. Daí foi transferida para um hospital central, para os serviços de cuidados intensivos pediátricos. Esteve lá das 19H00 de dia 29 até às 12H00 do dia 30. Hora em que lhe tinham que mudar os cateteres que a prendiam à vida. Quando essa troca estava a ser realizada, não resistiu. Acabou por falecer...”</P>
<P>“...Após essa fase mais intensa de luto, a racionalidade foi voltando aos poucos. Muitas vezes com ajuda de medicamentos e longas conversas, geralmente, com o meu pai. Aos poucos o readquirir de objectivos foi voltando, o primeiro dos quais não perder a minha relação com a minha mulher, ser capaz de manter o casamento...”</P>
<P>Afinal formasdolhar tiveste um final feliz, como nos contos de fadas... Um happy ending para esta historia contada no URBAN JUNGLE!</p>
<p><strong>Formasdolhar</strong></p>
<P><a href="http://bbb.blogs.sapo.pt/arquivo/Anj copy.jpg"><img alt="Anj copy.jpg" src="http://bbb.blogs.sapo.pt/arquivo/Anj copy-thumb.jpg" width="249" height="360" border="0" /></a></P>

<P><STRONG>Asas - GNR
Asas sevem para voar
para sonhar ou para planar
Visitar espreitar espiar
Mil casas do ar

As asas não se vão cortar
Asas são para combater
Num lugar infinito
para respirar o ar

As asas são
para proteger te pintar
Não te esquecer
Visitar espreitar-te
bem alto do ar

Só quando quiseres pousar
da paixão que te roer
É um amor que vês nascer
sem prazo, idade de acabar
Não há leis para te prender
aconteça o que acontecer.</STRONG></P>


Impressão Digital Cereza às 19:12
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
|
34 comentários:
De Selvagem Anónimo a 3 de Maio de 2005 às 19:41
Força formas.
Vai correr tudo bem.
Parabéns nino...
Que sejas muito feliz.anasimplesmente
</a>
(mailto:ana.pcf@gmail.com)


De Selvagem Anónimo a 3 de Maio de 2005 às 19:48
Formas amigo, claro q vai correr tudo bem, nem pareces akele chato q me costuma dar ans orelhas e q agradeço por seres assim... Claro q vai tudo correr bem... é erguer a cabeça e ser positivo... É preciso é q venha com saude e vai vir... Tu mereces essa felicidade, pela tua luta, por não teres desistido... e eu por um lado percebo as tuas preocupaçoes com o junior, ate eu por vezes tenho medo e ponho-me a pensar como sera qd tiver mais um sobrinho ? sera q vou meter a flavia de lado ? sera o contrario? sera q vou ser capaz de o amar tanto como ela? sera q ñ serei capaz de lhe amar? é complicado... eu tenho vontade de ter mais sobrinhos e filhos, mas por um lado receio... um abraço [][][]
Criador_Sonhos
(http://criadorsonhos.blogspot.com)
(mailto:miguel24lx@sapo.pt)


De Selvagem Anónimo a 3 de Maio de 2005 às 21:25
formas: PARABENS!!! e quanto aos ciumes e guerras entre irmãos... a cumplicidade entre eles ultrapassa tudo. acredita, k tenho dois em casa! beijo :)diluida
(http://evasoesdemim.blogs.sapo.pt/)
(mailto:diluida@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 3 de Maio de 2005 às 21:32
querido formas sou eu que te digo e não me costumo enganar (cof cof), vai correr tudo lindamente e o teu bébé vai ser lindo e saudável e vais ser o homem mais babado do mundo em 2006! E o maninho vai andar tão feliz por ter alguém com quem brincar mais tarde. A tua vida ainda será mais preenchida. Já tenho a bola de cristal toda ranhosa de tanto esfregar mas ela diz-me muita coisa! Sempre em frente!morgaine
</a>
(mailto:lab_marta@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 3 de Maio de 2005 às 22:20
Formasdolhar, não consigo imaginar, e tenho a certeza que não há neste mundo e nesta vida, provação maior que aquela por que passaste. O facto de tu conseguires olhar em frente, faz-me admirar-te, sem te conhecer. Desejo para ti, meu caro, e para os teus toda a felicidade do mundo. A vida guarda-nos coisas extraordinárias!...flyman
</a>
(mailto:flyman_pegasus@msn.com)


De Selvagem Anónimo a 3 de Maio de 2005 às 22:32
Outra vez a ti, Formas do Olhar, só posso mesmo dar os parabéns e desejar-te, assim como a toda a familia, Junior incluído, toda a felicidade e alegria que há no mundo. Tem piada que a mim, pai três vezes, não me assusta quase nada tudo o que são responsabilidades e dificuldades. Quando olho para os meus filhos, assustam-me, isso sim que me assustam, a insegurança, a incerteza e as ameaças que resultam do estado de desumanidade com que somos confrontados na nossa vida actual. Todos, que somos pais e mães, temos que enfrentar e ultrapassar os obstáculos e perigos que daí decorrem. Para isso é indispensável que sejamos muito atentos, protectores e obstinados nesta nossa tarefa a tempo inteiro de criarmos e amarmos os nossos filhos. Um abraço, MaslowMaslow
</a>
(mailto:manuel_azevedo@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 4 de Maio de 2005 às 08:50
Formas os meus parabéns pelo teu novo rebento. Agora tens é que pensar positivo, seguir em frente e verás que tudo irá correr pelo melhor :)
Desejo as melhores felicidades aos papás. BeijosIce_Princess
(http://iceprincess78.blogdrive.com)
(mailto:catarina.freire@netvisao.pt)


De Selvagem Anónimo a 4 de Maio de 2005 às 10:03
Formas meu amigo...parabens,vem ai mais uma grande alegria para ti e para os teus...tudo ha de correr pelo melhor e que esta criança seja um espelho daquela que tu so nos sonhos consegues agora contemplar...havera sempre um eterna ligação entre todos...pois todos serão um pedaço de ti mesmo e daqueles que partiram e tu tanto amastes...assim sendo ao veres esta criança crescer...veras a criança que ha em ti e outra ainda que esta bem no fundo de ti e que jamais sera esqueçida....havera melhor forma de homenagem a beatriz do que a felicidade desta criança que vai nascer?...penso que não,e sei que tu sabes isso melhor do que ninguem...! um bem haja para ti formasdolhar [[[[[[[[[[]]]]]]]]]]heaven-hell
(http://heavenhell72.blogspot.com)
(mailto:heavenhell72@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 4 de Maio de 2005 às 10:36
Formas! Eu não sou muito boa com as palavras, muito embora não te conheça e as palavras que trocamos serem muito poucas, acredita que, daquilo que tenho lido, posso dizer que te considero uma pessoa fabulosa. Fizeste-me recordar muitas das ansiedades porque já passei e estou a passar.......Deviam haver um manual de instruções :P, com todas as respostas, para as quais, muitas das vezes somos obrigados a descobrir sozinhos. Durante nove meses antes do nascimento essas são mais que muitas, se vai tudo correr bem, se será menino ou menina, se vai nascer perfeito/a, o raio do tempo que não passa.... a primeira eco.... Ao fim de nove meses com o nascimento vem outras, as milhentas vezes que nos levantamos durante a noite para ver se está tudo bem; o medo que adoeçam (esta ainda continua) e quando isto acontece as noites que ficamos ao lado deles, para que nada lhes aconteça. Quando vai comer a primeira papa; quando vai sentar; quando vai nascer o primeiro dente; quando vai levantar pela primeira vez; quando vai começar a andar; quando vai dizer a primeira palavra (a minha disse pai, mas a culpa foi da minha mãe LLLOOLLLL); quando vai sorrir pela primeira vez; quando vai dobrar o riso; é lindo!!!!!!!!!!! começam a andar vem outras, o medo que se magoem; o facto de pensarmos em montes de coisas, nas arestas, as tomadas, nos fornos, nas escadas, nos tapetes, nos tachos e frigideiras ao lume.......enfim!!. Nunca pensei que fosse tão versátil, para conseguir transpor todas as fases que me vão aparecendo. Depois vem a ida para a creche, a ida para a escola primária a ida para a escola básica (eu estou nesta fase), os medos que temos quando os largamos na primeira ida sozinhos à rua (esta foi difícil :P, as vezes que fui atrás dela, para ver se iria correr tudo bem aiiiiiiii!!!), os medos e ansiedades, provocados pelos perigos que estão envolventes nos nosso dias e porque também não os podemos ter debaixo de olho todos os segundos da vida deles, para os protegermos. ok! ok! Eu mãe galinha me confesso!!! :P. Acho que a grande maioria dos pais é assim e não estou a dar novidade nenhuma. Todas as fases que passamos são difíceis, mas tendem a piorar nas nossas ansiedades. Mas é impagável e indescritível aquilo que sentimos, com aquele abraço, aquele beijo e “mãe adoro-te!!!!”. Só peço a Deus que me dê força, coragem, saúde e sabedoria, para a poder criar e proteger, para que cresça e seja feliz, porque se ela for feliz eu serei feliz!!!!!!!!!! Formas, provavelmente não te ajudei muito :P mas tu e todos os outros, pais/tios/avós, sabemos o quanto felizes eles nos fazem!!!!! Por isso vale sempre tudo!!! Beijinhos e relaxa!! Ehehehehehehhhhehehe ***^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 4 de Maio de 2005 às 10:39
Espero que quando todas as palavras se provam poucas, um beijo amigo sirva de algum alento... Formas, carry on!Starry-Night
</a>
(mailto:martiniquex@hotmail.com)


Ah... Comenta-me