24 comentários:
De Selvagem Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 00:30
"A mágoa era pelas oportunidades perdidas – o longo e o vazio das noites; a frustração das palavras quando eu queria beijos." como eu te percebo, ainda à dias passei pelo mm, keria dormir e n csg pensando no vazio k sentia cá dentro, relembrando as palavras proferidas kd na realidade não as keria ouvir preferia antes k a conversa fosse outra...
Mt bom o texto, tá excelente!! Parabéns à autora...
Ice_Princess
(http://)
(mailto:catarina.freire@netvisao.pt)


De Selvagem Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 00:49
Também eu, quando o sono me abandona, penso...penso demais... penso como por vezes nos sentimos manipuladas... mas são apenas pensamentos meus!"...e no fim só sentia aquela dor imensa..."
Desculpa, mas eu hoje sinto odio!
Starry o teu texto está lindo como sempre!sinto-o! cereza
</a>
(mailto:lis_tv@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 02:17
Há poucas horas eu dizia ... A noite tem magia ... Mas também tem momentos negros como ela o é. Ou seja , não há bela sem senão ... Starry sempre que leio palavras como as que tu deixaste, penso: Como podem as pessoas ser felizes se carregam o que deviam ter feito e não fizerem, no que deviam ter dito e não disseram, no que podiam ter recebido mas nao receberam e quem sabe se alguma souberam receber . Como têm força pra continuar e sobreviver? O que deixam passar e que nem dao por isso. E, o tempo passa e o vazio cada vez se torna maior e quando as noites sao escuras como breu, imagina-se, sonha -se. Adormece-se e quando acordamos nada de novo aconteceu, apenas mais uma insonia, masi uma noite em claro no meio de tanta escuridão ...constancinha
</a>
(mailto:ola_cusca@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 02:41
Acende-se na alma, com um brilho intenso, uma luz que passa a reinar sobre o luzeiro que formam todas as noites em branco que esperei por ti! - Recordação de todos os abraços que demos e antecipação do encontro dos nossos corpos. Alguém me diz se é também insónia quando, vigilante, nos dias que tardam a passar, também espero por ti? Um beijo, deste teu anjo, MaslowMaslow
</a>
(mailto:manuel_azevedo@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 02:55
Oh, como eu te percebo!!! Tantas noites sem dormir por causa dum sonho por realizar! Lamento ter que dizer isto, pois posso ser lamechas e não dar importãncia a pessoas que estão piores que eu... mas a vida não tem sido generosa para mim! Já perdi muitas noites a fazer contas e dar voltas à cabeça para chegar ao beco onde me encontro. Ás vezes não basta lutar por objectivos, mesmo que sejam relativos, ou fúteis até... é preciso sorte e, isso infelizmente, só acompanha poucos, ou pelo menos não me tem acompanhado! E o sonho torna-se pesadelo porque me persegue... enquanto não o enfrentar! Sim, porque, se um sonho teu pode ser uma ambição, pode tornar-se numa necessidade! E aí prevalece quem for o mais preserverante!Suicidal_kota
</a>
(mailto:cromokamikaze@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 09:58
Deixo-te apenas um beijo Starry.Das minhas noites´´opacas`` nem quero falar.O texto está magnifico...marta
</a>
(mailto:martax_30@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 10:03
Starry!espetacular. Não consigo escrever mais nada :(. Fiquem bem^Erina^
</a>
(mailto:paula_m_sousa@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 11:08
Acordado
Que tenho eu que não descanso? Senti um torpor demasiado agitado, como se fios de vida me estivessem fugindo, escorrendo por entre os dedos duma mente demasiado pesada...os olhos, sempre se traduzem nos olhos todas as convulsões da alma, suplicam pela paz! Demasiado cedo acordei e, esta madrugada, pintei com cores ocres toda a vida à minha frente.



Que tenho eu que no adormecer agito a dor da vigília?

Planos de irracionalidade envoltos em pensamentos demasiado hostis.

Traz-me a catarse, inteligência. Traz-me a paz.

Maslow
</a>
(mailto:manuel_Azevedo@hotmail.com)


De Selvagem Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 12:43
Eu as vezes tenho dificuldade em dormir, sim... não sei se insonias mas nunca mais do q 4 horas, é uma festa qd durmo mais q isso. Weeeeeeeeeeeeeeeeeeeee - Sobre este tema, Insónias, está um filme no cinema q dizem q é excelente, eu ainda o quero ir ver, é "O maquinista" vejam... já agora só para informar q mudei de blog, se quisderem é so clicar no meu nome aqui no coment q vao la parar mas ele ainda esta a "crecer" jinhos e abraçosCriador_Sonhos
(http://criadorsonhos.blogspot.com)
(mailto:miguel24lx@sapo.pt)


De Selvagem Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 13:23
Até há algum tempo atrás, era uma pessoa com bastantes compromissos a nivel academico. Estava sempre atarefado com coisas a resolver tanto a nivel da Associação de Estudantes como da Tuna, que hoje em dia presido. Alem de tudo isto, tinha os meus proprios problemas ... Quando fui operado, passei noites em branco a pensar em tudo e mais alguma coisa. Tornou-se habito para mim ficar acordado uma ou duas horas quando me deitava. Até tenho um bloco de notas e uma caneta ao lado da cama onde por vezes escrevo. Uma historia, uma letra para uma musica, um poema, uma carta, uma frase ...Fonz
</a>
(mailto:malcato@hotmail.com)


Ah... Comenta-me