Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Urban Jungle

pensamentos, divagações e tangas da selva urbana

pensamentos, divagações e tangas da selva urbana

Urban Jungle

21
Jun06

Karma

Cereza

Antes de fazer uma introdução ao post de hoje, consegui finalmente apos longas e longas pesquisas encontrar o video da musica "wicked soul". Está no post "apenas um momento..." Vale a pena ver, porque no fundo tem tudo a ver com o texto da tridente. Basta desligar a musica, e clicar no video.... AGORA SIM...

 

Há dias em que vida nos pesa mundos e fundos. Tudo nos magoa, tudo nos decepciona... O texto é da Maria. **  

 

 

"Batten up the hatches, here comes the cold
I can feel it creeping, it's making me old
You give me so much love that it blows my brains out

Summer rain,dripping down your face again
Summer rain,praying someone feels the same
Take the pain killer, cycle on your bicycle
Leave all this misery behind..."

                 

Sei que os meus pensamentos não tem futuro e , no entanto, o tempo que perco a pensar acaba por ser uma crueldade. Li há tempos que o meu karma era aceitar os outros como eles são.  Interroguei-me várias vezes e para não variar caí nesta letargia , a do pensamento e porque razão terei eu de aceitar os outros e eles não? As minhas aspirações a santa não são nenhumas até porque seria uma enorme monotonia sê-lo mas tento que a vida tenha e continue a ter uma ordem lógica apesar de me passarem a vida a dizer que isso é uma utopia.

 

Assim, em vez de deixarmos que os anos passem com alguma graciosidade somos confrontados a todo o momento com pessoas que não sabem nem querem caminhar ao nosso lado. Sofrem por não serem capazes de viver num mundo simples , assente em valores e princípios que nunca lhes foram dados que as conduzem a actos  que transpiram inveja e uma incapacidade de serem simples. A humildade não passa de algo fútil e a pobreza de espírito tolhe-lhes os pensamentos e acções.

 

Ninguém nos pergunta porque não vivemos numa frenética correria contra tudo e todos e no momento em que falamos somos abafados como se nos tratássemos de um estorvo social?

 

Quem sofre  da patologia da mentira compulsiva para alcançar o que não é capaz  de alcançar honestamente, não tem tempo para parar e fazer perguntas. Torna-se mais simples apontar o dedo e acusar e  cortam pela raiz o resultado da própria vida que adquiriram sabe-se lá à custa de quem.

 

Perdem a essência da comunicação e o perfume da alegria de ver as coisas simples da vida, tornando-a numa “coisa” subversiva, escura e selvagem. Parecem caçadores de prémios ou simplesmente juízes comprados pelo sistema, que condenam sem apelo ou agravo os mais incautos, devotando-nos ao ostracismo, ao pensamento ignóbil de tentar saber o porquê da sentença.

 

Existem muitas pessoas que vendem a mentira por não saberem que a verdade será sempre acima de tudo a vencedora. Percorrem caminhos à custa do esforço dos outros tentando viver numa coexistência falsa, sem qualquer coerência e tolerância para quem os rodeia.

 

Hoje,  disseram-me:

 

- Tens um olhar tão triste .

 

Respondi que  não, era impressão dos olhos que me viam.

 

Menti.

 

Espero, afogada em recordações, que este tédio nauseabundo desapareça depois da trovoada que se faz ouvir. Que o céu fique arrumado por uns tempos, porque a realidade da vida é um sonho transformado em pesadelo onde o tempo é vida e a vida pouco tempo tem de vida.

 
Maria

Comentário em Destaque:

De PatanisKa a 22 de Junho de 2006 às 18:49

Há muito lobo vestido com pele de cordeiro... Lamentavelmente fui ingénua o suficiente para ter aberto a minha casa a gente q não merecia a minha amizade nem a minha hospitalidade. Lamentavelmente nunca pensei q alguém q eu considerava meu amigo fosse contar fosse o q fosse q se tinha passado dentro da minha casa... Felizmente tenho o bom senso de não "armar barraca", seguir em frente... e o meu lema é: "só me chateia quem eu quero e quem eu dou importância para tal" . Em situações destas ou idênticas, só tenho uma arma - a indiferença.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2006
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2005
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2004
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D