Quinta-feira, 6 de Julho de 2006

MEC: Que se lixe!

Terrivelmente deliciosa esta crónica do MEC!
Que se lixe
MIGUEL ESTEVES CARDOSO

Pronto. Que se lixe. Levem lá a taça, que a gente continua cá, se não se importam. Vamos ali fazer um piquenique com os alemães e voltamos já.
 
Poça, já se sabia que tinha de ser com o raio dos franceses e que Portugal jogar mal ou bem seria irrelevante. Mas tanto?! A ironia, muito francesa porque é daquelas pesadas e óbvias que não têm graça nenhuma, é que Portugal jogou muito bem e a França não jogou nada. Aliás, quanto melhor jogava Portugal, mais aumentava a probabilidade da França ganhar. É azar. É esse o termo técnico, exactamente.
 
Não foi só o árbitro, embora este tudo tenha feito para ser a estrela principal da partida. Não, é o azar que os franceses dão. Mesmo quando estão cabisbaixos e amedrontados, cheios de vontade que o tempo passasse e os poupasse, dão azar.
 
E porquê? Porque os portugueses também dão azar aos franceses, coitados. Dão-lhes o azar de pô-los a jogar mal. E o azar de fazerem figura de tontos e medricas. Os franceses também não mereciam tal azar. Tanto mais que cada jogo com eles traz uma vingança pré-fabricada: depois desta meia-final, já ninguém poderá dizer que Zidane e os "bleus" renasceram milagrosamente. Onde? Quem? Não, o milagre foi só um: o de não terem perdido.

Em contrapartida, os franceses dão aos portugueses o azar de perder. Bonito serviço. Assim não dá gosto; não se pode trabalhar; nem há condições para jogar; é escusado. E quando jogarmos outra vez com os franceses, vai acontecer a mesma coisa. O azar existe e o azar reincidente e metódico, no caso da França, existe mais ainda. Antes fosse ao contrário? Talvez não. Mais vale perder como perdemos, a jogar como campeões, do que ganhar a jogar como os franceses, como perdedores natos, receosos e trapalhões, sem saber o que se passa ou o que se vai passar. Fizeram má figura e ganharam. Que os italianos lhes sejam leves!

Dirão uns que não faz mal, que já foi muito bom chegarem às meias-finais. Mas não é verdade. Para chegarem às meias-finais foi preciso pensarem que podia ser campeões do mundo. E agora custa um bocadinho - um bocadinho nobre e bonito mas muito custoso - voltar atrás. Se a esplêndida selecção portuguesa tivesse pensado que bastaria chegar às meias-finais nem tinha ganho ao México e muito menos à Holanda e à Inglaterra.

Foi bonito saber, como ficou sabido e comprovado, que não é assim tão difícil Portugal ser campeão do mundo. O próximo Mundial, em 2010, parece muito mais apetecível por causa disso. É ganhável - como era este. Não se pode subestimar a segurança que o Mundial 2006 trouxe à selecção. Já não se pode falar em sonhos como se fossem delírios. Não: os sonhos agora passaram a objectivos, altamente práticos e alcançáveis. É obra.
Portugal já não é o "outsider" que era nos primeiros dias do mês passado. Por muito que isso custe aos detractores e inimigos (que utilizaram esse estatuto marginal para nos marginalizar ainda mais), a partir de agora Portugal é não só um campeão potencial como um campeão provável.

Tanto crescemos que finalmente ficámos crescidos, adultos, senhores. É bom que os outros senhores do futebol comecem a habituar-se à presença e à ameaça constantes dos novos senhores. Porque os antigos menininhos portugueses, que eram tão giros e que tanto jeitinho davam, desapareceram para sempre.
Este Mundial já está ganho. Que se lixe. Venha outro!
MEC
6/7/2006

Impressão Digital Cereza às 17:48
link do post | Rugir | Adicionar aos Favoritos
10 comentários:
De veinha a 6 de Julho de 2006 às 21:32
nao vi o jogo mas todos dizem ke o arbitro nao marcou nenhuma falta aos franceses e marcou todas as faltas e penalties aos portugueses....

isto do futebol, tal como esta nas entrelinhas do miguel esteves cardoso, esta tudo pre planeado )entre-aspas) - os arbitros arbitram nao segundo o movimento ou o acto do jogador mas segundo um grande conjunto de valores, ideiaas e crenças (incluindo a selecção em que este jogador está incluido).

É por estas e outras razoes que odeio o futebol e so vejo futebol quando é para apoiar a nossa selecçao nos mundiais e nos europeus.

Infelizmente, nos portugueses , tal como o Scholari, jogamos sem estratagemas, sem joguinhos, jogamos justo, limpo, somos honestos. E é isso que nos leva longe mas que nos deixa também a meio....

Deixo aqui umprimentos a todos os membros da selecção e a quem está nos bastidores para a apoioar e claro ao Scholari. (De certeza que não vão ler istomas pronto)


De WG a 6 de Julho de 2006 às 21:54
"Infelizmente, nos portugueses , tal como o Scholari, jogamos sem estratagemas, sem joguinhos, jogamos justo, limpo, somos honestos." => Esta é tão hilariante que nem preciso de explicar porquê.

Se calhar é por causa dos nossos estratagemas habituais, de jogar sujo, de simular faltas e agressões, de fazer faltas e agressões, etc, que às vezes situações como a do pretenso penalty sobre o Cristiano Ronaldo não são assinaladas.
Veja-se o disparate do Postiga a atirar-se para a piscina na área francesa, como excelente exemplo.
Mesmo assim, em relação à situação do Ronaldo, aceito que um árbitro não assinale penalty.
Provavelmente na mesma situação 90% dos árbitros não interpretaria aquele contacto como passível de grande penalidade (e 99% deles se fosse Portugal vs França).


De Safira a 8 de Julho de 2006 às 20:57
WG: LLLOOOOOOOOOLLLLLLLL


Ah... Comenta-me

av_fever01.gif

.Urbanidades Recentes

. Aberto: Rui Pedro e Anoré...

. FIM

. Porque eu? porque isto? p...

. Mulher

. Hannibal - Rising

. ...

. Voltaste meu amor...

. Falling

. ...

. Uma brincadeira...

. SuGeStÕeS:

. Pedofilia ou Amor

. coragem!

. Feliz Natal

. Ainda Tango...

. Destaque no sapo: poema d...

. Sonho § Realidade

. Do Flyman

. (...)

. Parabens Lua

av_jml12.gif myarms-yourhearse.gif

.Selvas já Visitadas

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

10MM.gif

.Procura no UJ

 

.Posts Favoritos

. Falling

. Destak

. UJ no DN

. Putas, Prostitutas (os) e...

. Casos Reais: Putas, Prost...

. Maria Madalena: Prostitut...

. "Schindler português"?

. Dedicado ao meu Pai!

. Caso de Vida

. Os BrancosNegros ou Negro...