De isabel a 13 de Julho de 2006 às 11:00
Fico descansada em saber que o PP se dedicou a pintura!


De Justin a 13 de Julho de 2006 às 12:33
Dedicou-se á pintura, felizmente pra todos. Mas isso não significa que enha deixado de pensar! penar de maneira simples sem floreados.


De isabel a 13 de Julho de 2006 às 13:36
Gostei muito da sua abordagem carissimo justin, mas falta-lhe a palavra texné (arte em grego-tecnica) e de poiesis ( poesia-do verbo poiéo -fazer). Gosto pessoas quando me dizem coisas bonitas, com flores (os floreados com perspectiva) de preferencia.
Gardenias sao perfeitas.


De Justin a 13 de Julho de 2006 às 15:08
Carissima Isabel, não gosto de palavras caras e sobretudo desnecessárias. Não tenho que provar aos outros que sei isto e aquilo. Gosto das coisas simples. E por isso mesmo nao tenho pretensões a pseudo intelectual, nem provar nada a ninguém quando escrevo. Tem um resto de bom dia.


De isabel a 13 de Julho de 2006 às 18:40
Isto de falar grego, tem os seus inconvenientes, referia-me ao PP, nao ao caro colega. Nao me recrimine por isso.


Aprecio sobretudo a ceramica eximia do PP. A pintura transcende-me, os desenhos a tinta nanquim sao pura gula para o olhar... mas como homem PP era quadrado como a sua pintura, para ele as mulheres eram utilidades, ate que Francoise Gilot se cruzou, num breve espaço da sua vida e espetou-lhe com a porta na cara. Mas nao aprendeu, nem a pintar uma...

Ah e confirma-se que tive, um bom dia, so far.
Julgo estar perante um cavalheiro, salvo-me por hoje.



Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.