Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Urban Jungle

pensamentos, divagações e tangas da selva urbana

pensamentos, divagações e tangas da selva urbana

Urban Jungle

19
Jul06

Um dia de trabalho

Cereza
Bemmm... eu não sei o que se anda a passar com a nossa Sociedade Anónima,
mas ontem recebemos 650 visitas!
Nunca tinha acontecido... mas é optimo!
Vamos então abrir esta coisinha "Lilas"
( por falar nisso, acho que vou mudar as cores desta coisa )
vai ser inaugurada pela Tex.
Vão ver que só podia ser coisa dela...
hihihihi
Clea, espreguiçou-se, languidamente, enquanto deitava um olhar
rápido ao relógio na mesinha de cabeceira.
Ser profissional liberal tem os seus privilégios,
flexibilidade de horários é um deles – pensou,
esboçando um sorriso.
Como sempre, acordou bem disposta e cheia de vontade de ir trabalhar.
As colegas achavam que ela era uma “work-a-holic”, mas a verdade,
 é que Clea simplesmente adorava aquilo que fazia.
Adorava.
Dirigiu-se para a casa de banho, pôs a água a correr,
ligou o rádio no máximo e meteu-se debaixo do chuveiro.
Ela gostava de ficar ali saboreando a água quentinha.

Saiu do banho sem pressa de se arranjar.
Vestir-se era para ela um ritual demorado e voluptuoso. Começava por escolher,
meticulosamente, a lingerie, que coincidia invariavelmente com o restante vestuário.
Depois, vinham os adereços, sobretudo pulseiras,
as quais usava em profusão e que a pretexto do mínimo gesto chocalhava com vigor.
Finalmente o perfume.
Cuidadosamente aspergido em lugares estratégicos.

Clea, fazia o trajecto para o local de trabalho,a pé.
Gostava de caminhar e a distância não era muita.
No caminho, parava no café do costume.
Quando entrou, todos os olhares se lhe dirigiram.
Nada que já não estivesse habituada, mas que todavia,lhe dava um enorme prazer.
O empregado aproximou-se, com um olhar guloso e exibindo um sorriso até às orelhas.
- Boa tarde, menina Clea! Cafezinho e bolinho? – perguntou ele,
feito idiota, sabendo de antemão a resposta.
Ela sorriu e em sinal de anuência bateu as longas pestanas.
Depois foi sentar-se na mesa mais perto da janela.
Bebeu o café e comeu o bolo de cenoura com alguma sofreguidão,
já que o jantar de véspera tinha sido frugal.
Quando acabou, levantou-se, ajeitou graciosamente a saia
e encaminhou-se para a saída.
 
De novo os olhares e os comentários em voz baixa.Aparentando indiferença,
sacudiu a farta cabeleira e saiu.
Já na rua, caminhou com vagar,
inspirando o ar fresco do fim da tarde.
Dobrou a esquina e avistou uma colega sua,saindo em serviço.
Acenou-lhe, divertida, pensando que dali a pouco também ela faria o mesmo.
De repente, um carro travou bruscamente junto dela.
Lá de dentro ouviu um “pssst”…
Então, Clea, debruçou-se sensualmente na janela do condutor e sussurrou:

- Para ti, lindo, são 40 euros, serviço completo.

Tex

 

"Ten cents a dance

It's the only price to pay

 Why give 'em more

When it's only love for sale?

 Adam and Eve It's the oldest game in town

 Just a one way street

 To a faded magazine Kiss and tell

Money talks - it never lies

Kiss and tell

Give and take - eye for an eye

Fever - the heat of the night

Dreamer - stealer of sighs..."

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2006
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2005
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2004
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D