De Isabel a 8 de Agosto de 2006 às 13:25
Ah... e não queria deixar de referir que como ontem, embebecida pelas palavras de George Steiner, o entendo em toda a sua complexidade Heideggeniana (não sei se posso falar assim, mas que se dane...), quando ele, enquanto se revela um amante extremoso dos livros e da leitura, é em simultâneo, um homem extremamente angustiado com a soberania da tecnologia e o declínio da "humanística". Será que ainda lemos...a ler?
Encanto-me ainda!


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.