De abel a 24 de Agosto de 2006 às 22:22
Sou mais ou menos da época de sessenta, embora tivesse sido observador atento de cantores ou músicas de anos antecedentes por ter trabalhado como operador numa Emissora de Rádio Difusão. Para além dos Beatles, por serem incontornáveis, apreciava também outros grupos do género da época (The Animals, Rolling Stones, etc.) e cantores como Dean Martin, Bing Crosby, e o inevitável Nat King Cole. Apreciava muito a Shirley Bassey, talvez por influência dos filmes que já falei, mas era admirador da Connie Francis, cuja voz para mim muito bonita que cantava muitas das músicas de Nat King Cole, algumas delas em Português.
Tive uma sorte diferente da vossa… porque meu pai não me ensinava fosse o que fosse nem me permitia muitas veleidades. Trabalho e… o cinto Salazar… eram as suas preocupações quanto à pedagogia, problemas de patriotismo… Por isso, a descoberta do mundo envolveu-me aos 16 anos e tive de sair da terra onde nasci, uma espécie de fuga ao destino da pesca que me esperava. Para ir às matinées (não cinema) tinha eu que me desenrascar quanto ao dinheiro para tal futilidade… Um dia talvez conte como o fazia.
No entanto, como militar e em férias, em vez de ir a casa, ia a Luanda assistir às plumas, às coristas e aos Strep teases na calada da madrugada. As Boites não tinham Tum… Tum… Tum… e mais Tum… (batuque). As boites às 4 e cinco horas da manhã eram os sítios ideais para diversão e assistir às cenas de pancadaria, com cenas de ciúmes à mistura entre eles e elas. A Cereza fez-me lembrar esse agradável passado. Mais tarde, já fora do serviço militar, com outro colega, conduzíamos até Luanda (cerca de 1000 km), a partir das 18 horas (largada do trabalho) de sexta-feira para passar o fim-de-semana. Segunda-feira, às 8 horas estava no serviço, por vezes a cair de sono, após uma viagem no Dakota. O colega aparecia com o carro na terça-feira. De quinze em 15 dias repetíamos a cena. Cenas de cotas… Acho que a Madona não me lavava tão longe…


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.