De a. a 9 de Setembro de 2006 às 04:48
Cereza ...aqui venho eu.Sossegadamente e fora de horas.Quero muito agradecer,mas assim....já passado o tempo...e ainda sempre a tempo de um dia te deixar o prometido.Sei que talvez esta seja uma fase complicada para falar de mim...ou de tudo o que fui vivendo até hoje dentro da Cnb,e talvez por isso não consiga escrever nada que escorra com fluidez.Tenho falado muito de mim ultimamente...não propriamente para os meus,mas sim para "fora"...e isso faz-me sentir demasiado;Ana Lacerda/ Companhia Nacional de Bailado...e tudo aquilo que tantas vezes não encaixa ou não quero que encaixe tantas vezes.São fases...talvez esta queira resistir já faz algum tempo,mas para tudo existe um terminar...e esse talvez esteja a chegar.
As dúvidas existem quando olho o meu futuro já aqui ao lado...mas tudo faz parte de um processo lento e de uma tomada de posição,minha ,apenas minha.Quando existirem as palavras certas por dentro de mim...é porque chegou a altura de te deixar coisas mais bonitas.Foi muito especial o teu gesto Cereza ...nem sabia como te responder a tanta delicadeza e atenção.Não sei como posso explicar...sinto que não mereço o tanto que por aqui me vão dando...é sincero quando o digo,não consigo explicar...e que me envergonho estupidamente,e que me agarro ao medo de não conseguir dar mais e melhor...este é um peso que vou carregando.É uma maneira de estar e de viver...quando sentimos que os outros merecem muito mais do que aquilo que damos.Minha querida e gentil Cereza ...do fundo do meu coração,o meu Abraço mais que sincero. O meu A.braço dado.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.