De flyman a 30 de Outubro de 2006 às 15:14
Assim?!...

Pois mesmo quando queremos muito desaparecer, por vezes, há sempre um encontro que pode acontecer.

Ontem, numa das maiores cidades do mundo encontrei pessoas que não via há anos. Quatro encontros fortuitos, a tempos diferentes, sem nada em comum a não ser a cidade onde se deram, do tamanho de uma grande maçã.

Andar por Nova Iorque e encontrar amigos ou conhecidos que já não se vêem desde há muito, é na verdade algo muito extraordinário.

Não que eu ou elas quisessemos desaparecer... Mas se eu ou elas quisessemos desaparecer, estavamos entregues nas mãos da "divina providência" (e depois até estavamos acompanhados, logo, não desaparecidos...). Sem dúvida!

Esse é um facto incontornável. O que queremos está dependente de tantos factores desviantes da nossa vontade, que a vida acaba por ser uma surpresa contínua. Mesmo o querer desaparecer.

Querem outro exemplo? Ainda esta manhã, encontrei por acaso uma familiar minha, que já não via há mais de um ano e que vive a mais de 100 kms de mim, a passar de carro à porta da minha garagem quando eu ia precisamente a sair... assim por acaso... ela estava em trabalho e nem me passava pela cabeça encontrá-la... fizemos uma festa rápida, perguntamos pelos nossos e seguimos as nossas vidas, porque não podiamos ficar para ali a falar... tinhamos de desaparecer novamente da vista um do outro, porque eu tinha de levar a minha filha à escola e ela tinha compromissos profissionais. O encontro deu-se. Mesmo quando ela tinha o objectivo de desaparecer... ou não aparecer para não perder tempo... e foi engraçado... ela atrás de mim a apitar, a fazer sinais de luzes, e a gesticular frenéticamente. Eu a pensar que a rapariga estava histérica por eu ter saído da garagem e ter ficado à frente dela, e depois pelo retrovisor aperceber-me quem era...

Por isso... desaparecer não é só querer, é poder e conseguir, que a surpresa do encontro pode estar logo a seguir!...

Aos comentadores desaparecidos, uma palavrinha: MAIS TARDE OU MAIS CEDO SERÃO ENCONTRADOOOOOOOOOOSSSS!!!!! Mesmo aqueles visitantes que não comentam por não terem encontrado ainda o comentador desaparecido que há em si... LOLOL

Cereza: ROXYMUSIC?! Brian Ferry?!... Eta revivalismo aí!!!!

Que bom! :)


De Anonima a 30 de Outubro de 2006 às 16:26
Flyman,
Sem dúvida q tens toda a razão.
Sou uma pessoa, geralmente optimista, alegre, bem disposta. Em condições normais nunca pensaria em desaparecer, e se proventura o pensasse n ficaria tempo suficiente gravado na minha memória para o escrever....eu q nem gosto de escrever.
Mas....cada vez mais acredito q nada acontece por acaso.
À minha enorme vontande de desaparecer no dia 27, foi-me "devolvido" o terem-me encontrado no dia 28.
Foi bom. Encontrei-me.

Gotei mto de te ler Fly

Beijos


De Majoca a 30 de Outubro de 2006 às 18:31
Pois eu não quero desaparecer...náaaaa...posso meter nos desejados desaparecimentos, uns kilitos:PPP as parvas das rugas e todas as neuras indesejadas. O resto quero tudinho a que tenho direito . Bejos a todos porque não estou nada desaparecida....MAS TENHO SAUDADES DOS DESAPARECIDOS!!!!!!!!!!!!!!


De Happy Birthday a 31 de Outubro de 2006 às 03:14
Happy Birthday to you -Happy Birthday to You , Happy Birthday to you, Happy birthdayyyyyyyyy, happyyyyyyyyy Birthday dear Saloia-loira .
We dont hear the music but it 's there :)))
A kiss, a big one


De Majoca/SaloiaLoira a 31 de Outubro de 2006 às 16:31
OH doiidaaaaaaaaa beijo eheheh e obrigadoooooo


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.