Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Urban Jungle

pensamentos, divagações e tangas da selva urbana

pensamentos, divagações e tangas da selva urbana

Urban Jungle

06
Set05

Duas letras, dois nomes... O / P

Cereza

Duas letras, dois nomes, duas faces....

girl_liv_tyler011.jpg

O, de Octávia a Otilia

Octávia/o ou Octaviano – É um nome de origem latina que significa “o oitavo filho da família”.

Odete – É a forma francesa do nome de origem germânica “Odon” e significa “propriedade,
riqueza, senhorio”.

Ofélia – É um nome de origem grega e significa “a caridosa, a que socorre”.

Olegário – É um nome de origem germânica e significa “o que domina com a sua força e com a sua lança”.

Olga - É um nome de origem eslava e significa “a sublime” ou "feliz" e refere-se a uma pessoa inteligente, dotada de uma forte imaginação. Por vezes, deixa-se levar pelos sonhos.

Olinda – É um nome derivado do germânico que significa “a protectora da propriedade”.

Olívia – É um nome de origem latina que significa “a que traz a paz”.

Omar – É um nome derivado do hebraico e significa “o eloquente” e deriva do árabe “o que
tem larga vida”.

Ondina – É um nome derivado do latim e significa “donzela das ondas”.

Onofre – É um nome derivado do germânico e significa “defensor da paz”.

Oriana – É um nome composto por “Oria” que deriva de Áurea – Ouro – e Ana que significa
“compaixão”.

Orquídea – É um nome originário de Itália que significa “formosa como a flor”.

Óscar - É um nome que indica uma pessoa tímida, que sofre muito no movimento de expor
os seus sentimentos. Óscar significa "lança dos deuses".

Osmar – É um nome de origem germânica e significa “o que brilha como a glória de Deus”.

Osmundo – É um nome de origem germânica e significa “o protector divino”.

Osvaldo - É um nome de origem germânica e significa “o governante divino”.Normalmente, é um homem muito falador e extrovertido.

Otelo – É um nome derivado do germânico e significa “o senhor poderoso”.

Otilde ou Otília – É uma variante do nome de origem germânico “Odila” e significa “a que é
dona de quantiosos bens”.

AmidalaRedDrummer1024x768-4.jpg

P, de Palmira a Purificação

Palmira – É um nome latino que significa “a que vive na cidade das grandes palmas”.

Pamela – É um nome grego que significa ”que usa chapéu de palha”.

Pancrácia/o – É um nome grego que significa “que tem todo o poder”.

Pascoal – É um nome latino que significa “o que nasceu nas festas pascais”.

Pastor – É um nome latino que significa “o que cuida das suas ovelhas”.

Patrícia - Significa "fidalgo/a" ou "de nobre estirpe" e indica uma mulher que sabe valorizar-se e que exige muito de si própria, revelando-se eficiente em tudo o que realiza.

Paula/o - A menina corre o risco de não se destacar das outras, pois só presta atenção
àquilo que lhe suscita interesse. Paula significa "pequena". Já o menino que tem o nome Paulo, com o mesmo significado da vertente feminina, revela ser uma pessoa com um optimismo contagiante e muito ambicioso.

Paulina/o – É um diminutivo de Paula/o.

Pedro - São rapazes simples e extremamente disciplinados que procuram uma realização
intelectual. Tem tendência para monopolizar as atenções. É um nome que deriva do latim e
significa “que é firme como uma rocha” ou "pedra".

Petra – É um nome latino que significa “firme como uma rocha”. É também a forma feminina de Pedro.

Piedade – É um nome latino que se refere a essa virtude “piedosa, religiosa”.

Pilar– É um nome que deriva do latim e significa “pilar, alicerce”.

Pio – É um nome latino e significa “o que é piedoso e observador das regras morais”.

Plácida/o – É um nome latino e significa “o que é manso e sossegado”.

Policarpo – É um nome grego e significa “produz abundantes frutos”.

Pompeu – É um nome grego e significa “o que encabeça a procissão”.

Pôncio – É um nome grego que significa “vindo do mar”.

Porfírio – É um nome sírio que significa “o vestido magnificamente de cor púrpura”.

Preciosa – É um nome latino com o significado de “que possui grande valor e preço”.

Priscila – É um nome latino que significa “de outra época, a antiga”.

Próspero – É um nome latino que significa “o que tem fortuna”.

Prudência/o – É um nome latino e significa “que trabalha com juízo e sensatez”.

Pulquéria – É um nome latino que significa “a formosa”.

Pura – É um nome latino e significa “a que não tem mancha”.

Purificação – É uma variante de Pura

05
Set05

Teatro de marionetas

Cereza

Não estou a ser pressionada, nem a ter uma "over reaction", nem tão pouco estou acho que estou a ser monotona! Só eu sei, o que se passa neste blog. Vai fazer 1 ano, no dia 1 de Outubro que acompanho aqui várias "vidas" vários "sentimentos"...muitas magoas, alegrias, odios e também muitos momentos de felicidade! ( Não sei se me faço entender ) Mas o UJ tornou-se nisso mesmo... um lugar onde as emoções, os sentimentos, o virtual e a realidade se confundem. Por isso digo muitas vezes: criei um monstro! Mas nunca num sentido pejorativo, apenas como desabafo!

Acreditem que já pouco me interessa se comentam ou não, se gostam ou deixam de gostar do UJ... Já lá vai o tempo em que isso era uma dor de cabeça.

Agora que fique bem claro, que esta "convulsão" no blog nada teve a ver com a Starry. Ela é maior e vacinada, e sabe concerteza o que deve fazer da vida dela. Apenas dei a minha opinião. Desaparecer da net, nunca foi remédio para nada. Se alguém foi menos correcto conosco, a solução mais eficaz é ignorar essa pessoa, fazer de contas que ela não existe! Acreditem que é o melhor que fazemos.

Não disse que o blog tinha acabado... já fiz isso por duas vezes, e prometi a mim mesmo que não voltarei a faze-lo... Quando acabar, apaga-se e ponto final. Não há mais conversa.

Não sou fantoche, nem marrioneta de ninguem. Estou agressiva? Pois estou! E depois? O blog também serve para isso! Nunca em tempo algum escondi que sou uma pessoa temperamental, obstinada, e com atitudes repentinas!

Talvez por isso este texto da nita_ não poderia ter chegado a melhor hora. Uma “menina” de 19 anos, que escreve maravilhodamente e tem mais maturidade que a maioria das pessoas que conheço. Não foi escrito para esta ocasião.... mas dá para perceber que por vezes não passamos de simples marrionetas nesta vida....

dedicate-01-04 copy.jpg

Teatro de marionetas (Ou a história do pinóquio do século XXI)

Lembro-me perfeitamente. Alias todas as manhãs acordo com a sensação que ainda lá estou. De cabeça baixa, seguro por uns fios muito finos.
Lembro-me dos dias em que sorria forçado, em que mexia muito os braços quando só me apetecia estar parado.
Lembro-me das histórias inventadas, das frases ensaiadas, dos intervalos corridos, da pressa toda de agradar a gente que eu nem conhecia.

Andava assim… Sempre com a cabeça baixa, como um menino triste. E quando as cortinas abriam e o publico aplaudia eu fazia de conta que sorria. E inventava mais uma história qualquer, previamente ensaiada e fazia de conta que era feliz.
Quando o publico era preenchido por crianças contava histórias de encantar, outras vezes de rir. E eles acreditavam que eu vivia assim e que era feliz.
Quando a plateia estava cheia de adultos inventava uma tragédia e fazia-os chorar (sim… é esquisito, mas as pessoas grandes gostam de chorar).
Como se qualquer coisa superior tivesse total poder sobre mim e eu obedecia.
Quando no final do dia se fechavam as cortinas, apagavam-se as luzes, a minha cabeça ficava caída, seguravam-me uns quantos fios finos, umas amarras da vida de quem finge sempre que é feliz.

Hoje sei que não adianta ensaiar sorrisos. Nem inventar histórias com finais felizes. Sei que não adianta arranjar uma maneira de me mexer muito.
Hoje sei que não adianta sorrir quando só me apetece chorar. Sei que ninguém quer saber das minhas verdadeiras histórias. Porque não são de encantar. Sei que a vida é bem menos bonita quando não é inventada, mas mesmo assim é bem mais sincera, bem mais justa e isso compensa todas as lágrimas.

Hoje larguei os palcos. Desatei amarras. Chorei sozinho num canto de luzes apagadas.

Há alturas em que ate as marionetas se cansam de mentir…

Nita_

burmese-maiden copy.jpg

David Bowie - Thursday's Child
"All of my life I've tried so hard
Doing my best with what I had
Nothing much happened all the same


Something about me stood apart
A whisper of hope that seemed to fail
Maybe I'm born right out of my time
Breaking my life in two


(Throw me tomorrow..oh,oh)
Now that I've really got a chance
(Throw me tomorrow..oh,oh)
Everything's falling into place
(Throw me tomorrow..oh,oh)
Seeing my past to let it go
(Throw me tomorrow..oh,oh)
Only for you I don't regret
That I was Thursday's Child
Monday, Tuesday, Wednesday born I was..."



03
Set05

Mensagem da Starry Night

Cereza

Eu sinceramente não acredito no que se anda a passar! Starry fiquei muito infeliz com a tua decisão, mas eu já há muito tinha reparado que andavas diferente... muito calada e triste! Não sei o que te levou a tomar esta decisão, mas tenho dificuldade em aceitá-la. Nada merece que tomemos atitudes radicais, nem blogs, nem amigos nem homens! Agora em relação aos outros blogistas: a verdade é que tenho reparado que alguns "paineleiros" que adoravam vir cá, subitamente desaparecerem... aconteceu alguma coisa que eu não saiba? Ao menos a Starry teve a coragem de deixar umas palavras... mas... e os restantes? Sinto-me decepcionada. Logo hoje que ía deixar um post a dizer que tinha cá o meu sobrinho e que estava felicissima... enfim, façam o que entenderem, não deixo nomes porque voces sabem que sao, fiquem bem! Calculo que não vai haver almoço no dia 1 de outubro...lamento, mas parece que não há já ambiente para isso. Starry adoro-te, mas odeio o nick que tens no messenger!Por favor, volta rápido.

jgarner-w-1103-02 copy.jpg

"Cereza e caros e caras bloguitas,

Nunca gostei de despedidas. Ao longo da minha vida e em todas as vezes que tive de partir, fi-lo sempre pela calada e, se assim foi, foi apenas para que aqueles que possivelmente viriam a lamentar a minha ausência, não percebessem o quanto eu gostaria de ter ficado.

Desta feita, eu tenho mesmo de partir, pelo que em nome de tudo o que aqui foi partilhado, senti-me no dever de vos deixar uma palavra de agradecimento por todo o carinho com que ao longo destes meses me presentearam.

Neste espaço fantástico de partilha tive momentos de leitura com tanto de esclarecedores como de assustadores, tendo tido, na qualidade de, embora discreta, mas boa observadora, imensas oportunidades de perceber nas entrelinhas coisas que eu teria preferido que os meus olhos nunca tivessem lido.

Este blog não é um blog qualquer, é um onde se sente e pressente a alma de quem aqui vai registando pedaços de si. Para mim, tudo começou e tudo acabou com este blog. Eu, de consciência tranquila, fiz a minha parte, verti pelo Urban Jungle pedaços da minha alma, enganando-vos a todos com a verdade.


Deixo-vos! Faço-o com o coração totalmente destroçado, mas é inevitável que o faça. Espero que me perdoem esta partida brusca e, certamente, incompreensível para a grande maioria de vós, mas torna-se impossível ficar, na medida em que o meu estado de saúde - física, mental e emocional – se encontra a precisar de cuidados urgentes.

Entre vós e convosco passei momentos muito gratificantes, os quais transportarei comigo, com a precisão que só a memória permite, na esperança de que me possam servir de bálsamo na cura da dor para que só o tempo é o melhor e mais eficaz remédio.

Fiquem bem e que Deus vos proteja hoje e sempre!
Eu voltarei!"

Starry Night

av_iwy09.gif

WHITE FLAG:
"...I will go down with this ship
And I won't put my hands up and surrender
There will be no white flag above my door
I'm in love and always will be


I know I left too much mess and
destruction to come back again
And I caused nothing but trouble
I understand if you can't talk to me again..."
And if you live by the rules of "it's over"
then I'm sure that that makes sense


01
Set05

Serenata de Satã

Cereza

Palavras do Suicial sobre este poema de Eça de Queiroz:
Este poema andava perdido há muito, mas é um belo poema! Pode parecer um poema triste e algo morbido mas é de um poeta português bastante bom e dado a lutas: Eça de Queirós! Nem mais!

Talvez exista uma mensagem de revolta sentimental pela vida ou talvez uma mensagem mais animadora do que parece! Eu acredito nisso!


crimsoncloake copy.jpg

SERENATA DE SATÃ ÀS ESTRELAS:

Nas noites triviais e desoladas,
Como vos quero, místicas estrelas!...
Lúcidas, antigas camaradas...
Gotas de luz no frio ar nevadas,
Pudesse a minha boca inda bebê-las!

Não vos conheço já. Por onde eu ando!...
Sois vós místicos pregos duma cruz,
Que Cristo estais no Céu crucificando?
Quem triste pelo ar vos foi soltando
Profundos, soluçantes ais de luz!

Ó viagem nas nuvens desmanchadas!
Doces serões do Céu entre as estrelas!
Hoje só ais, ou lágrimas caladas...
Ai! sementes de luz mal semeadas,
Ave do Céu, pudesse eu ir comê-las!

Triste, triste loucura, ó flor's da cruz,
Quando vos eu dizia soluçando:
-Afastai-vos de mim cardos de luz!-
Pudesse eu ter agora os pés bem nus
Inda por entre vós i-los rasgando.

Hoje estou velho, e só, e corcovado;
Causa-me espanto a sombra duma estola;
Enche-me o peito um tédio desolado;
E corro o mundo todo, esfomeado,
Aos abutres do céu pedindo esmola.

Eu sou Satã o triste, o derrubado!
Mas vós estrelas sois o musgo velho
Das paredes do Céu desabitado,
E a poeira que se ergue ao ar calado,
Quando eu bato com o pé no Evangelho!

O Céu é cemitério trivial;
Vós sois o pó dos deuses sepultados;
Deuses, magros esboços do ideal!
Só com rasgar-se a folha de um missal,
Vós caís mortos, hirtos, gangrenados.

Eu sou expulso, roto, escarnecido;
Mas vós já ninguém vos quer as leis
Oh! velho Deus, oh! Cristo colorido!
Lembrai-vos que sois pó enegrecido
E cedo em negro pó vos tornareis.

face-hot-02 copy.jpg

Eça de Queirós, 29 de Agosto de 1869 - Pub. em Revolução de Setembro

Suicidal Kota

Confesso que não conhecia esta faceta de Eça de Queiroz. Quando o Suicidal me enviou este poema fiquei fascinada...é sublime!

01
Set05

Corto, amarra-te ao bolo de anos!

Cereza

Mais um dos nossos meninos faz anos... é caladinho, tem sotaque francês, e é a simpatia em pessoa! Que contes muitos amigo Corto Maltese!

width=100%>align=center>

vbeckham-id-0104-01-02 copy.jpg

Agora aqui vai a nossa prenda: No canal UJ fizemos uma espécie de Brainstorming, e surgiram-nos as seguintes frases ehehehe

1. "parabéns corto... amarra-te ao teu aniversário e chicoteia as tristezas"
2. "não deixes que a venda te feche os olhos à felicidade"
3. "algema-te ao bolo, deseja um fato de cabedal super apertado e guarda as velas para os futuros prazeres carnais...
Agora é só escolheres a que preferes!

ttl-we-03-03 copy.jpg ttl-we-03-05 copy.jpg

Deixo aqui um poema que o Corto aprecia bastante...escrito por uma amiga dele.

vira(me)revira(me)torce(me)distorce(me)retorce(me)dobra(me)desdobra(me)ata(me)destapa(me)amarra(me)amassa(me)prende(me)mastiga(me)castiga(me)ordena(me)cinge(me)estreita(me)impede(me)submete(me)repreende(me)estende(me)desenrola(me)curva(me)volta(me)enrola(me)contorce(me)embrulha(me)flecte(me)

ajoelha(me)enrosca(me)contrai(me)espreme(me)retorce(me)obriga(me)força(me)esforça(me)explora(me)marca(me)aperta(me)oprime(me)comprime(me)escorja(me)demove(me)coage(me)separa(me)une(me)trespassa(me)invade(me)pune(me)emenda(me)açoita(me)condena(me)adestra(me)treina(me)entranha(te)(em mim)


Madalena bozetti in: http://www.bozetti.blogspot.com/

Pág. 3/3

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2006
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2005
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2004
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D