Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Urban Jungle

pensamentos, divagações e tangas da selva urbana

pensamentos, divagações e tangas da selva urbana

Urban Jungle

21
Mai05

Carta para a Tex

Cereza

Agora sim, entendo porque a Tex não quer convidar a maioria dos familiares para o casamento! Aviso já que esta carta é complicada de se ler!


a593059r copy.jpg

( Foto antiga das mulheres da familia da Tex, a Adozinda é a de chapéu)





Menina Texazinha



Espero que esta a bá incuntrare de boa saúdinha amaize o paizinho e a maezinha que nóz por cá bamos indo na graça do Sinhore!
Poize num sabe o dezaçoçego que foi nesta casa ele à cousa duma semana!



Á que tempos que o mê Custódio andaba a pedire ao pai um computadore a modos que pra sintreter porque a menina bem sabe que nóz aqui num temos os adbertimentos que vócezes tem aí na xidade.
A bem dizere o adbertimento cu pobo cá tem é ajuntar-se no café do Jaqim Morcela todas as noutes a bubere e a saierem-se-me de lá maize animados quim dia de festa da Padrueira.
A gente os doize eu e o mê óme num qriamos que nosso rapaz tamém andaçe a imborcare e pegamos num dinheirinho cu mê Jacinto tinha ganhado á lerpa i lá cumpramos o cumputadore. Male a gente sabia o que praqí beio.



Foi assim um repente, o rapaz cumessou-se-nos a ficare muto tempo metido no quarto que nem saia pá janta.
Òs depoizes táva sempre a falare de cereija queu inté pençaba cu rapaz taba cum deseijos ei inda por cima num éra tempo delas.



E o desgosto quele nos deu quando diçe que agora éra blogista!! Ai o queu me abespinhei e disse-le: Tás doudo rapaz?! Tu és Custódio de nassença!
O piore foi aqui átrazado! Birou-se pó pai e falou-le uma cousa medonha! Num precebemos nadinha mas éra a modos qassim : Eu quero é Iurbam Jumgale!



Balha-me a Santinha Padrueira! Ia abendo uma desgrácia nesta casa! O mê óme puxou do çinto e ia inxêlo de porradinha num fôra eu deitar-le a mon. Ia sendo um fartote!
Foi inton quele nos diçe cu tal Iurbam Jumgale era assim a modos cu café do Jaqim Morcela onde sa juntaba a jubentude noba e inscrebiam cousas uns prós outros.



A gente lá assussegou e agora támém bamos ás vezes ber o tal coiso. A bem dizere nóz nã precebemos nadinha mas bemos as figurinhas que pra caso são lindas.



Acabo aqui esta cartinha poize tá na hora da janta e o mê óme debe bir esganadinho.
Um abrasso pá menina Texazinha e recumendassões aos paizinhos cu Sinhore os cunçerbe,
desta que sassina
Adozinda



Tex

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2006
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2005
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2004
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D