Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Urban Jungle

pensamentos, divagações e tangas da selva urbana

pensamentos, divagações e tangas da selva urbana

Urban Jungle

07
Fev05

Anjo? Ou apenas uma Criança?

Cereza

Mais um assunto para pensar, mais um caso de vida... desta vez do "nosso" Sonhador.



Calling-thumb copy.jpg

Sei que muitos pensarão que o post que aqui é colocado, pode ser lamechas, ou impróprio ao blog, eu respeito as vossas opiniões. Pois as opiniões não se discutem, respeitam-se, pelo menos eu penso assim.
Mas o que pretendo com ele são apenas duas coisas… Uma, falar de um problema que em Portugal existe em grande número, o Suicidio . A segunda, partilhar com vocês e ao mesmo tempo homenagear a pessoa, que neste momento não tem mais que 6 anos e que com apenas 3, evitou que eu fizesse parte das estatísticas dos jovens que se suicidaram em Portugal…

Pois isso mesmo, eu poderia neste momento fazer parte dessas tristes estatísticas, quis o destino que a minha sobrinha nascesse e evitasse esse “acto de cobardia”.

Eu penso que todos nós temos um “anjo” ou o que cada um quiser chamar, ele não tem de existir quando nós nascemos, pois ele surgirá quando mais precisarmos. Ela nasceu, quando eu vivia uma situação difícil, rescaldo da separação dos meus pais e uma situação geral a nível familiar nada fácil.
O primeiro grande feito dela foi assim que nasceu, foi conseguir meter-me a falar com o seu pai, meu irmão, pois eu na altura estava chateado com ele e nem nos falavamos…



Picture.jpg


(A carinha da "anja" do Sonhador - Há coisinha mais linda?)



Ela com apenas 6 anos, é desde há muito a minha razão de viver, o motivo porque aqui estou e por ela, uma promessa fiz, promessa essa em que eu jamais tentarei alguma estupidez que acelere a minha “partida”. Pois da maneira como eu preciso dela, ela precisa de mim e o Amor que tenho por ela, não me permite que eu faça algo que a possa magoar ou até mesmo sofrer…

Cada vez que penso nisto, cada vez que partilho este tema, me emociono, choro de emoção, sinto-me o homem mais feliz do mundo por ter alguém como ela…

O episódio mais marcante de todos os que se passaram entre mim e a minha sobrinha, são duas situações muito iguais… Imaginem estar numa ponte, sim numa ponte, em que basta dar um passo em frente e… passam a ser mais um numero nas tristes estatísticas, e quando o vão fazer, param, abrem os olhos e dão por vocês a ouvir uma voz. Sim, eu ouvi uma voz das duas vezes e em ambas não a reconheci. Parei, não sei se assustado, se curioso ou se ambos. Da primeira vez, limitei-me a ir ate a praia e esquecer aquilo, já da segunda vez, cheguei a casa e percebi donde vinha e de quem era a “voz”. Quando entrei em casa vi um ambiente de preocupação na cara da minha mãe e avó, preocupados com a minha sobrinha, posi estava estranha e não sabiam o que ela tinha, pois estava bem, ate há umas horas antes, horas essas que coincidiam com exacto momento em que eu “parei”. Entrei em casa e olhei para ela e ela sorriu-me e abraçou-me … eu apenas me agarrei a ela e chorei e a seguir ao ouvido lhe agradeci.

Eu e ela desde muito cedo que temos uma grande cumplicidade, somos tudo um para o outro, é com ela que eu vou ter sempre que estou mal, muitas vezes, ela surpreende-me e chega ao pé de mim antes de poder ir ter com ela, ela percebe, e sente quando eu estou mal.

Para finalizar, e voltando ao tema do artigo, o Suicídio entre os jovens… Ainda hoje, não estou melhor e não vou mentir, ainda me passam as vezes a ideia da ponte e me interrogo senão seria mais fácil, mas lembro-me da promessa, da minha sobrinha, do meu ANJO.



Imagem221.jpg


(Estou-te a ver tio!)



O suicídio não resolve nada, é como disse em cima, é um acto de cobardia, é mais fácil fugir aos problemas do q enfrenta-los. Fugir não nos resolve os problemas, apenas os adia e os torna maiores.

Eu procurei o acto de cobardia para resolver isso, mas ainda bem q fui “impedido”.

Hoje, não sou totalmente feliz, mas tenho algo que é melhor que qualquer tesouro, maior que qualquer bem material que o dinheiro possa comprar no objectivo de dar felicidade, tenho o AMOR de uma pessoa que me faz viver, e me salvou…



r4b1 copy.jpg



F. a ti te estou eternamente grato…
Criador de Sonhos



Thursday´s Child - David Bowie



Sometimes I cried my heart to sleep
Shuffling days and lonesome nights
Sometimes my courage fell to my feet

Lucky old sun is in my sky
Nothing prepared me for your smile
Lighting the darkness of my soul
Innocence in your arms

(Throw me tomorrow..oh,oh)
Now that I've really got a chance
(Throw me tomorrow..oh,oh)
Everything's falling into place
(Throw me tomorrow..oh,oh)
Seeing my past to let it go
(Yeah, throw me tomorrow..oh,oh)
Only for you I don't regret
That I was Thursday's Child



16 copy.jpg

28 comentários

Comentar post

Pág. 1/3

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2006
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2005
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2004
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D